Hating Evil: Thrash/speed com influências de Slayer e Kreator

Resenha - Rotten Inside - Hating Evil

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

7


Praticando um thrash/speed metal "old school" e cheios de influências de death metal, o HATING EVIL foi formado em 2008, e após alguns problemas de formação, finalmente libera seu primeiro registro, denominado "Rotten Inside", um EP de 07 faixas ultra-agressivas, brutais e velozes.

Por óbvio, quem se aventura por esses meandros da música pesada não busca por experimentalismos e modernidades, ou mesmo por criar algo novo ou diferente. E o caso do HATING EVIL não é diferente, pois o som dos caras traz influências escancaradas de SLAYER e KREATOR, seja na parte instrumental, seja nos vocais agressivos de Renan Machado.

publicidade

Contribui também para o clima old school do disco a produção suja e crua (e até por isso bem aquém do que o mercado atual pode proporcionar), fazendo o ouvinte realizar uma verdadeira viagem de volta aos anos 80 durante a audição de pedradas como "Rotten Inside", "Hell Avenger" e "Spiritual Decadence" (com instrumental bem trabalhado, e ótimos riffs, sendo a melhor faixa disparada do material).

publicidade

Sem dúvida não é uma banda com pretensões de mudar a vida de ninguém, mas apenas de produzir música pesada feita com garra e paixão. E nesse sentido, lograram muito êxito, mostrando que possuem potencial, inclusive já estando preparados para o lançamento do primeiro full length.

Rotten Inside - Hating Evil
(EP - 2014 – Nacional)

Tracklist:

1. Rotten Inside 03:25
2. Hell Avenger 03:41
3. Pentagram 03:02
4. Armor of God 04:20
5. Desperate Humanity 02:55
6. Spiritual Decadence 03:11
7. Now Yell 03:08

publicidade


Outras resenhas de Rotten Inside - Hating Evil

Hating Evil: Um trabalho cristão extremamente bruto e agressivo



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Sonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejadosSonho de Consumo
Os 10 palcos de shows mais desejados


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin