Perceverance: Primeiro full-length dos italianos thrashers!

Resenha - Dark Mechanism - Perceverance

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

8


Este é o primeiro full-length deste quarteto italiano. Antes a banda, que foi formada em 2008, lançou apenas o EP "Persistence in Time" (2011). Interessante que o som do Perceverance abrange várias facetas de apenas um subgênero do Metal, no caso o tão aclamado Thrash Metal.

O começo do trabalho é bombástico, e já nos leva aos áureos anos 80, com o Thrash Metal furioso e direto de Prepotence, que em pouco mais de dois minutos quase bota tudo abaixo. Mas, a coisa muda (um pouco) no decorrer da audição do trabalho. Já que a banda mostra variação de ritmo e certa versatilidade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Isso fica evidente já na terceira composição Trapped In A Corner que é mais cadenciada e mostra até certo ‘groove’. Os solos melódicos com passagens de guitarras gêmeas dá ênfase à qualidade da música. Aliás, sendo bem justo, há uma boa dose de NWOBHM no som do grupo, principalmente se focarmos nas guitarras.

Mentally Dead, Speed That Kills, Cronos e a faixa título também se destacam. A produção do trabalho também ficou ideal para o estilo. Se você aprecia um Thrash Metal técnico, mas com pegada agressiva, com certeza o Perceverance é a banda exata para ser apreciada.

http://www.facebook.com/pages/Perceverance-Official/18654351...
https://soundcloud.com/perceverance-1

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lista: clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1Lista
Clássicos do rock e do metal que ninguém aguenta mais ouvir - Parte 1

Mike Portnoy: a reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream TheaterMike Portnoy
A reação ao ouvir garoto de 8 anos tocando cover do Dream Theater


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Cli336 Goo336