Igor: Músico português que não convence no Rock

Resenha - Uma Casa de Bonecas - Igor

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar Correções  

publicidade

2


A princípio devo esclarecer que se este trabalho não tivesse uma veia ‘rocker’ no mínimo, não o estaria resenhando. Afinal, o trabalho aqui apresentado apresenta-se dentre várias vertentes da música e uma delas é o Rock. Sim, não só a capa causa estranheza, mas o som também.

Totalmente fora dos padrões, até mesmo da música underground brasileira, este segundo trabalho do português Igor é indigesto, com poucos momentos interessantes. Mesmo notando a ousadia, a qualidade dos músicos e a estrutura das composições, o negócio aqui é pra quem tem paciência.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Elementos que vão desde a darkwave, passando pelo techno/industrial, música típica regional se mesclam com pedaços de Rock que flerta até com o gótico. O álbum é conceitual e cheio de vinhetas, além de ser cantado na língua pátria.

Igor é um ótimo cantor, com um timbre variado e a banda que o acompanha mostra um talento incomum executando com maestria seus instrumentos. Mas a música em si passará longe de agradar o público ‘rockeiro’, pelo menos no que se diz respeito a peso e pegada.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sim, há momentos interessantes, principalmente para quem tem uma mente mais aberta. Os arranjos são muito bons, e quando músicas como Nine Dos Meus Quinze Anos e a melancólica Bailarina Sem Futuro dão as caras, o negócio fica mais fácil de ser digerido. Outro fator a ser mencionado é a bela produção, muito equilibrada, na medida certa. Mas, infelizmente está mais para o lado de lá da música do que para o lado de cá.

http://www.facebook.com/igor-oficialpt
http://www.reverbnation.com/igorbanda

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Black Sabbath: a passagem de Ian Gillan pela bandaBlack Sabbath
A passagem de Ian Gillan pela banda

Dr. Sin: Agora todo mundo lamenta? Vão se foder!, diz Regis TadeuDr. Sin
Agora todo mundo lamenta? Vão se foder!, diz Regis Tadeu


Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo336