Stryper: "Second Coming" com faixa bônus para o Japão

Resenha - Second Coming - Stryper

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jefferson Guedes Giammelaro
Enviar correções  |  Ver Acessos


Este CD é praticamente um "Best Of - Early days" da banda, com toda a certeza foi um tiro certo pois revitalizaram alguns clássicos, e mais que isso trouxeram para um CD de estúdio praticamente toda a energia de uma atual apresentação, de um set-list da maioria dos shows, este trabalho trouxe os clássicos para atual forma da banda, com gravações de mais de 20 anos, correram riscos, mas estes foram superados...

Stryper e Narnia: Profissionalismo, técnica, carisma, energia e simpatiaGosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempre

Nesta resenha também podemos conferir a faixa bônus lançada na versão japonesa do CD.

Este CD é muito legal para os antigos fãs, que gostam de ouvir a banda e ver que atualmente ainda conseguem fazer o que faziam a mais de 20 anos atrás e abre para os novos fãs, pois essas músicas soam muito originais e atuais.

Começando a análise pela qualidade da gravação, obviamente é melhor, não erraram em nada na mixagem, masterização, o trabalho final é um muito bom.

O encarte do CD também é muito bom, nada de especial, com todas as letras e fotos atuais da banda, muito legal para ter na sua coleção.

A maioria das músicas que foram regravadas, a maioria dos solos são os mesmo, temos gritos mais intensos e também alguns gritos novos feito por Michael, abaixo vou comentar apenas algumas que vi detalhes diferentes

"Loving You" - a música por mais que seja muito próxima do original ficou mais pesada, e muito energética...

"Soldiers Under Command" - Talvez um dos maiores clássicos da banda, ficou ligeiramente mais rápida e pesada, os ótimos gritos permaneceram e foram acrescentados mais alguns... ficou excelente...

"Makes Me Wanna Sing" - quem foi ao show em São Paulo, vai entender, ela soa muito próxima ao que a gente viu na apresentação

"First Love" - Talvez muitos não entendam o porque desta música estar no CD, primeiramente ela é uma ótima balada e o STRYPER precisava de uma balada no CD, "Honestly" não há como fazer ficar melhor, já é consagrade, mas "First Love" ficou infinitamente melhor que na gravação original, tanto a entrada do vocal que no original parecia uma mulher cantando de tão agudo, quanto os arranjos, nesta versão é uma "Power Balad" fantástica... nota 10 pela escolha de melhorar uma música muito bela.

"Surrender" - o grito inicial era uma incógnita se hoje conseguiria soar tão bom, mas realmente superou as expectativas..

"The Way" - Simplesmente ficou muito energética e mais pesada!

"More Than a Man" - fecha as regravações com chave de ouro... gritos, solos fantásticos...

"Bleeding from Inside Out" - Música boa, que poderia muito bem estar em um CD como "Murder by Pride" ou "Reborn", mas não atinge um status para estar dentro de um CD clássico da banda.

"Blackened" - música acima da média, com vocais de apoio muito bem efetuados, solos e riffs mais marcantes, grito, potência e um final veloz, essa sim caberia com perfeição em alguns CDs mais pesados e inclusive teria um bom espaço no novo "No More Hell To Pay "

Curiosidades:

Na versão em japonês deste CD, conta com a faixa "Together As One", para escutar em "stream" acesse o link

http://songs.to/#!pl=a6554f04c75918371989072af7990eed804015e...

obs: A resenha crítica foi elaborada na versão americana do CD que é a que eu possuo.

Track list de "Second Coming":

1. "Loud 'N Clear" (3:46) - The Yellow and Black Attack 1984/1986
2. "Loving You" (4:27) - The Yellow and Black Attack 1984/1986
3. "Soldiers Under Command" (5:08) - Soldiers Under Command 1985
4. "Makes Me Wanna Sing" (2:50) - Soldiers Under Command 1985
5. "First Love" (5:22) - Soldiers Under Command 1985
6. "The Rock That Makes Me Roll" (4:53) - Soldiers Under Command 1985
7. "Reach Out" (5:24) - Soldiers Under Command 1985
8. "Surrender" (4:18) - Soldiers Under Command 1985
9. "To Hell with the Devil" (4:06)- To Hell with the Devil 1986
10. "Calling on You" (3:41)- To Hell with the Devil 1986
11. "Free" (3:41) - To Hell with the Devil 1986
12. "The Way" (3:37) = To Hell with the Devil 1986
13. "Sing Along Song" (4:23) - To Hell with the Devil 1986
14. "More Than a Man" (4:33) - To Hell with the Devil 1986
15. "Bleeding from Inside Out" (3:44)
16. "Blackened" (3:08)

17. "Together As One" (4:45) - Soldiers Under Command (Faixa Bonus edição Japonesa)

capa versão Japonesa:

STRYPER é:
Michael Sweet - Vocal e guitarra
Oz Fox - Back-vocal e guitarra
Robert Sweet - Bateria
Timothy Gaines - Baixo


Outras resenhas de Second Coming - Stryper

Stryper: o retorno do ataque amarelo e pretoStryper: Álbum é focado na releitura dos seus maiores sucessos




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Stryper"


Stryper e Narnia: Profissionalismo, técnica, carisma, energia e simpatiaStryper: veja repertório de apresentação da banda na Argentina

Tourniquet: banda cancela turnê que faria com Stryper e Narnia pelo BrasilTourniquet
Banda cancela turnê que faria com Stryper e Narnia pelo Brasil

Hair metal: os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling StoneHair metal
Os 50 melhores álbuns de todos os tempos, segundo a Rolling Stone

Stryper: guitarrista Oz Fox revela que seu tumor cresceuStryper
Guitarrista Oz Fox revela que seu tumor cresceu

Stryper: em 1988, menos peso e mais melodia

Stryper: canção do Black Sabbath é mais cristã que nossas cançõesStryper
Canção do Black Sabbath é mais cristã que nossas canções

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Sebastian Bach: o Stryper é uma bosta!Sebastian Bach
O Stryper é uma bosta!


Gosto Musical: artistas falam do que devia ser banido para sempreGosto Musical
Artistas falam do que devia ser banido para sempre

Headbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humoradoHeadbangers
O preconceito mostrado em vídeo bem-humorado

Ultimate Guitar: as 28 canções mais sombrias de todos os temposUltimate Guitar
As 28 canções mais sombrias de todos os tempos

Black Sabbath: mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill WardBlack Sabbath
Mais uma do Tony Iommi pra cima do pobre Bill Ward

Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsRolling Stone
Revista elege melhores faixas de álbuns ruins

Ozzy: qual a música mais assustadora da história para ele?Ozzy
Qual a música mais assustadora da história para ele?

Separados no nascimento: Michael Kiske e Lord Varys (GoT)Separados no nascimento
Michael Kiske e Lord Varys (GoT)


Sobre Jefferson Guedes Giammelaro

Um cara que gosta muito de música e que sabe que ela pode ser muito mais que apenas sons (ou barulho), mas sim algo que pode mudar vidas. Casado, cristão, guitarrista, colecionador de CDs e um cara que gosta muito de divulgar, reviver e ajudar na caminhada de novas e antigas bandas que não são apenas passageiras, mas que acrescentem algo na jornada... Buscando voltar à essência! Twitter: @je_ggg.

Mais matérias de Jefferson Guedes Giammelaro no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336