Farscape: Compilação traz 14 faixas gravadas em datas distintas

Resenha - For Those Who Love to Kill - Farscape

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo M. Brauna
Enviar correções  |  Ver Acessos


Já são quinze anos de estrada, doze trabalhos de estúdio e, entre eles, três 'full lengths' - 'Demon's Massacre' de 2003, 'Killers on the Loose' de 2006 e 'Primitive BlitzKrieg' de 2013. Em minhas mãos chegou uma compilação que leva o nome do EP 'For Those Who Love to Kill' de 2008 acompanhado de lançamentos anteriores que fez do disco um perfeito 'menu' de opções.

Metallica: Ulrich comenta sobre seu maior erroPink Floyd: o maior concerto de rock já produzido

Ao todo são quatorze faixas gravadas em datas distintas. As quatro primeiras são canções que compõem o EP que carrega o título do álbum. Em novembro de 2007 as gravações desse registro foram concluídas no 'Astral Music Recs.', pela produção de Leon 'Necromaniac', Leonardo Rodrigues e colaboração da própria banda. Janeiro de 2008 saiu seu lançamento pelos selos 'Urubuz Records' e 'Encore Records'. Na Europa os alemães da 'No Colours Records' ficaram com os direitos de relançamento. O 'Thrash Metal' violento que a banda faz carrega nos riffs uma velocidade perfeita com vocais insanos. São muito latentes as influências do 'Thrash Metal' germânico, mas o grupo faz uma homenagem ao THE EXPLOITED (banda escocesa de Hardcore) numa versão de 'Politicians', onde WITCHCAPITOR (guitarra/vocal), WHIPSTRIKER (baixo) e POISONHELL (guitarra) dividem os vocais em cada parte.

As três faixas seguintes, 'Thrash Until You Drop', 'Electric Fist' e '666 on Your Grave' fazem parte da coletânea que une VICTMIZER, ETERNAL PAIN, BETRAYED e FARSCAPE, lançada em dezembro de 2005. Em 2007 saiu um pequeno 'split' com SODOMIZER, 'The Horror Can't Stop' onde apresentaram a faixa 'Foward Into the Past'. Posteriormente essa mesma música foi agregada ao EP 'Thrash Until You Drop', como mostra o 'track list' dessa compilação.

A partir daqui a banda escancara de vez as influências de KREATOR. Os cinco sons pertencentes à demo 'Doctrine Sickness' (primeiro registro, gravado em janeiro de 2001) exprimem uma pegada maior em todos os instrumentos e, principalmente, no vocal que parece "encarnar" MILLE PETROZZA nos tempos de 'Endless Pain'. A crueza de cada faixa exprime bem o sentimento oitentista que faz os 'bangers' quarentões, quase que literalmente, entrar numa "máquina do tempo".

O play finaliza-se com a faixa 'Killers on the Stage', que na verdade é uma aglutinação ao vivo de três canções - entre elas, 'Bone Breaker' (lembra da comparação com KREATOR?). As músicas foram gravadas em agosto de 2003 durante uma apresentação no 'Old Metal Festival'. Participou desse registro, o baterista GUGA (DORSAL ATLANTICA). Apesar da captação desse último título ter qualidade inferior (compreensivo por se tratar de um registro ao vivo que foi captado sem equipamento profissional), o documento é valioso por apresentar uma banda em palco com grande interação, puxando uma platéia ativa e infernal.

Como este álbum contém vários registros em um só disco, esteve envolvido também nos trabalhos de produção, além dos já citados, 'Márcio de Castro' que trabalhou no 'Planet Mix Studio' na primeira demo. A arte ficou a cargo de 'Fabiano Leatherface' com outra contribuição de 'Márcio'. O 'design' foi montado por 'Marcelo Cattaci' e fotografia de 'Marilza Dias'. Essas pessoas fizeram um excelente trabalho gráfico em material profissional (capa e livreto ficaram maravilhosos). Parabéns a todo o conjunto!

Formação:

WITCHCAPTOR: Guitarra, Vocal;
WHIPSTRIKER: Baixo;
POISONHELL: Guitarra;
SKULLKRUSHER: Bateria.

Faixas:

01 - Mercenary Love's House;
02 - Billy the Butcher;
03 - Church of Golden Lies;
04 - Politicians (The Exploited Cover);
05 - Thrash until You Drop;
06 - Eletric Fist;
07 - Forward into the Past;
08 - 666 on Your Grave;
09 - Doctrine Sickness;
10 - Hatebreed;
11 - Captivity of Souls;
12 - Bizarre Sex Machine;
13 - Eternal Suffering of Flesh;
14 - Killers on the Stage (Three live Tracks).

Contatos:

FaceBook:
https://www.facebook.com/farscape666

MySpace:
https://myspace.com/farscapekillers



GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Farscape"


Thrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionávelThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável


Metallica: Ulrich comenta sobre seu maior erroMetallica
Ulrich comenta sobre seu maior erro

Pink Floyd: o maior concerto de rock já produzidoPink Floyd
O maior concerto de rock já produzido


Sobre Leonardo M. Brauna

Leonardo M. Brauna é cearense de Maracanaú e desde adolescente vive a cultura do Rock/Metal. Além do Whiplash, o redator escreve para a revista Roadie Crew e é assessor de imprensa da Roadie Metal. A sua dedicação se define na busca constante por boas novidades e tesouros ainda obscuros.

Mais matérias de Leonardo M. Brauna no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin