Aborted: Trilha sonora no melhor estilo Jogos Mortais

Resenha - Goremageddon: The Saw And The Carnage Done - Aborted

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Rodrigo Noé de Souza
Enviar Correções  

10


A Bélgica possui uma cena metálica bem intensa, cujas bandas são cultuadas por fãs em todo o mundo, como Acid, Crossfire, Ostrogoth e Cyclone. Mas, há uma banda que merece ser honrada por levar toda sua fúria letal para a estratosfera. E essa banda se chama Aborted.

Aborted: baixista Stefano Franceschini toca Gloom and the Art of Tribulation (vídeo)Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Formada em 1995, enfrentaram muitas mudanças de formação, mas lançaram em 2003, seu terceiro disco, chamado Goremaggedon: The Saw And The Carnage Done. O vocalista e fundador Sven não apenas canta como vomita todas as suas entranhas nessa bolachinha cheia de sangue e pus, enquanto a banda complementa com riffs ultrarrápidos, solos doentios e uma cozinha bem entrosada.

São 10 faixas de fazer qualquer enfermo do SUS pular da janela. Meticulous Invagination abre o massacre. Destaques para a faixa-título, Sanguine Verses (...Of Extirpation), clinical Colostomy e Nemesis.

Produzido pela banda, com o auxílio de Jacob Hansen, o álbum conta com a versão de Carnal Forge, do Carcass, além das duas faixas do EP Haematobic.

Uma trilha sonora perfeita, no melhor estilo Jogos Mortais.

Formação:

Sven - vocal
Thijs - guitarra
Bart - Guitarra
Frederic - baixo
Dirk Verbeuren - bateria

Tracklist:

1-Meticulous Invagination
2-Parasitic Flesh Resenction
3-The Saw And The Carnage Done
4-Ornaments Of Derision
5-Sanguine Verses (...Of Extirpation)
6-Charted Carnal Effigy
7-Clinical Colostomy
8-Medical Deviance
9-Sea Of Cartilage
10-Nemesis

Faixas Bonus:

11-Carnal Forge (Carcass Cover)
12-Gestated Rabidity
13-Voracious Haemoglobinic Syndrome

Confiram o vídeo abaixo - Meticulous Invagination:



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Aborted: baixista Stefano Franceschini toca Gloom and the Art of Tribulation (vídeo)Aborted: ouça La Grande Mascarade, novo EP da banda belga

Death Metal: cinco bateristas do gênero que são insanosDeath Metal
Cinco bateristas do gênero que são insanos


Slayer: Kerry King explica como se deve balançar a cabeçaSlayer
Kerry King explica como se deve balançar a cabeça

Cantadas Headbanger: Estou Priest a te dar um beijo!Cantadas Headbanger
"Estou Priest a te dar um beijo!"


Sobre Rodrigo Noé de Souza

Nasci em 1984. Esse ano não é só o início de uma nova democracia, mas também é o ano em que vários discos foram lançados, como Powerslave (IRON MAIDEN), Stay Hungry (TWISTED SISTER), W.A.S.P., Don't Break The Oath (Mercyful Fate), Slide It In (WHITESNAKE), 1984 (VAN HALEN), The Last In Line (DIO) e, o meu favorito de todos, Ride the Lightning (METALLICA). Sou um aficcionado por Metal, desde AC/DC e ZZ Top, até Anaal Nathrakh e Krisiun.

Mais matérias de Rodrigo Noé de Souza no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin