Amaze Knight: Prog Metal italiano com força e técnica

Resenha - Key - Amaze Knight

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Vitor Franceschini
Enviar correções  |  Ver Acessos

publicidade

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Oriunda de Turim, Itália, a banda Amaze Knight investe no Prog Metal com toda sua força e técnica. O resultado é um som elegante, bem elaborado, com boas estruturas e executado de forma primorosa.

Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasZodíaco True: Os perfis de cada signo em versão Headbanger

Sim, o negócio é burocrático, tanto que são apenas cinco composições que possuem uma média de nove minutos cada. Soando clichê, o som não é cansativo, mas merece dedicação ao ouvinte e quem gosta de algo mais direto pode ir tirando o cavalinho da chuva.

Viradas intrincadas, riffs complexos, passagens viajantes e quebradas insanas são os principais elementos do trabalho. O guitarrista Christian Dimasi não tem medo de arriscar e manda riffs modernos e, com muita técnica, dá uma base às composições, se utilizando de poucos solos, mas muito bem encaixados.

A cozinha, formada por Michele Scotti (bateria) e Mateo Cerantola (baixo) é todo o alicerce das composições. A bateria possui viradas impressionantes e se utiliza de dois bumbos quase que com perfeição. O baixo de Cerantola sustenta bem a sonoridade e enfatiza o peso das músicas. Isso sem contar a belíssima interpretação do vocalista Fabrizio Aseglio, que possui um bom timbre e taca emoção na voz.

Isso tudo sem contar os belíssimos arranjos que fazem a cama das músicas. Destaque para Restless Soul e a viajante Hartless. Um trabalho complexo que merece várias ouvidas. Irá agradar em cheio fãs de Dream Theater, Tool e Pain Of Salvation. O melhor? Pode ser baixado no site da banda.

http://www.amazeknight.com/?/home/
http://www.facebook.com/AmazeKnight




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Amaze Knight"


Indústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandasIndústria
Atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas

Zodíaco True: Os perfis de cada signo em versão HeadbangerZodíaco True
Os perfis de cada signo em versão Headbanger

Separados no nascimento: Eddie e Seu MadrugaSeparados no nascimento
Eddie e Seu Madruga

Musas do Metal: as bandas que elas ouvem quando estão em casaDane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhorDeep Purple: 10 ótimas músicas sem Gillan ou Coverdale nos vocaisMarcos Kleine: Honrado em fazer parte do Ultraje a Rigor

Sobre Vitor Franceschini

Jornalista graduado tem como principal base escrever sobre Rock e Metal, sua grande paixão. Ex-editor do finado Goredeath Zine, atual comandante do blog Arte Metal, além de colaborador de diversos veículos do underground.

Mais matérias de Vitor Franceschini no Whiplash.Net.