Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemDave Mustaine, eufórico, compara James LoMenzo com Cliff Burton

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA


Airbourne 2022

Saxon: a obra-prima que levou a banda rumo ao estrelato

Resenha - Wheels Of Steel - Saxon

Por Felipe Cipriani Ávila
Em 29/04/13

Wheels Of Steel foi a última chance dada ao Saxon, pela gravadora da época, de acordo com o vocalista Biff Byford, em entrevista recente à revista Roadie Crew, publicada em abril desse ano. O álbum anterior, homônimo, lançado no ano de 1979, não fez muito sucesso comercial. Mas, embora a banda estivesse sob muita pressão à época, a mesma conseguiu criar um álbum repleto de hits, com riffs e solos inspirados e marcantes, uma verdadeira obra-prima da música pesada. Um verdadeiro clássico da NWOBHM. E a versão remasterizada, de 2009, é um verdadeiro deleite aos fãs da banda e para os fãs de Heavy Metal tradicional, de um modo geral.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A música de abertura, Motorcycle Man, já dá mostras suficientes da essência e sonoridade que permeia todo o disco, já que se trata de uma faixa pesada, veloz e marcante. O disco mal se inicia e já há a vontade de se apertar o repeat, nessa bela música!

O disco permanece com a mesma velocidade e peso nas faixas seguintes, Stand Up And Be Counted e 747 (Strangers In The Night), esta última mais cadenciada e que se tornou um clássico instantâneo da banda, com belos riffs e solos. Ela, também, junto com a música seguinte, Wheels Of Steel, foram as duas primeiras músicas compostas pela banda à época, de acordo com o vocalista Biff Byford. 747 (Strangers In The Night), como já mencionado, se tornou uma das mais clássicas e amadas de toda a longa carreira da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

As faixas seguintes, a já citada Wheels Of Steel, além de Freeway Mad, See The Light Shining e Street Fighting Gang, mantêm o vigor e o peso das anteriores, com estruturas instrumentais e vocais memoráveis. O disco todo é uma aula de riffs e solos, que ficam na mente por muito tempo.
Ah, e o que pode ser dito sobre a "semi-balada" Suzie Hold On, que não soe exagerado para os que não a conheçam e saibam da importância da mesma? O vocal de Biff Byford está altamente inspirado, em uma grande performance, assim como os riffs e solos da dupla de guitarristas Graham Oliver e Paul Quinn. Há de se enaltecer, também, a performance do baixista Steve Dawson e do baterista Pete Gill. Lembrando que a banda contava com a sua formação original à época, diferente da atual, que conta apenas com o vocalista Biff Byford e o guitarrista Paul Quinn da formação clássica.
A faixa Machine Gun, que finaliza esse grande clássico da NWOBHM, merece ser citada, também, fechando o disco de forma primorosa e enérgica.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A versão remasterizada de 2009, conta com muitos bônus, para deixar qualquer fã extasiado, sendo três faixas demos das músicas Suzie Hold On, Wheels Of Steel e a Stallions Of The Highway, do primeiro disco homônimo, em uma versão ao vivo. E, para completar o belo pacote de bônus, há ainda a bela apresentação da banda no festival The Monsters Of Rock, no ano de 1980.

Ou seja, para quem é fã da banda e do movimento NWOBHM, de um modo geral, essa versão remasterizada vale e muito a pena, já que é recheada de bônus. E, para quem é um fã recente, vale muito como um modo de se aprofundar o conhecimento em uma banda de extrema importância para a música pesada.
Há de se destacar o fato de que o Wheels Of Steel não é um disco que tenha sobras desnecessárias de estúdio, faixas compostas de forma forçada e sem inspiração. Não há um momento "morno" e sem graça em toda a sua duração. Todas as faixas são inspiradas, pesadas e velozes e inspiraram uma gama de bandas que surgiram posteriormente, bandas de diversos estilos dentro da música pesada. James Hetfield,frontman do Metallica, por exemplo, sempre fez questão de mostrar a sua admiração pela banda e como esta o inspirou como músico e compositor. Tanto que a música Heavy Metal Thunder, faixa de abertura do disco seguinte ao Wheels Of Steel, o também clássico, Strong Arm Of The Law, lançado apenas meses depois do primeiro mencionado, já foi faixa introdutória de alguns shows do Metallica, tocando antes do set-list normal da banda.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda não fez uma turnê de promoção do Wheels Of Steel, embora quisessem muito ter feito isso à época. Eles se limitaram a tocar em alguns shows com o Rush e depois de muita pressão, por parte dos seus empresários, que queriam que eles logo gravassem outro disco, assim o fizeram e, mais uma vez, em um curto espaço de tempo, já que, como já foi dito, Strong Arm Of The Law foi lançado apenas alguns meses depois de Wheels Of Steel, compuseram outro grande clássico, repleto de hits marcantes e que marcaram a história da banda. E no ano seguinte, em 1981, lançaram mais um grande clássico, Denim And Leather! Mas isso já e história para outra resenha!
Wheels Of Steel é uma verdadeira aula de como se fazer Heavy Metal, de forma honesta, sincera e apaixonada, por verdadeiros trabalhadores do gênero. A aura da banda à época era mágica, tanto que na já citada entrevista, dada pela Roadie Crew, na introdução do texto, o vocalista Biff Byford disse que, quando estavam em processo de composição, do recém-lançado disco, o vigésimo da carreira da banda, o excelente Sacrifice, procurou instruir os seus companheiros de banda a se inspirarem no material antigo, com a finalidade de redescobrirem aquela aura tão especial e singular da época.
Aos leitores que estiverem lendo essa resenha, peço as mais profundas e sinceras desculpas, pela repetição constante da palavra "clássico". Mas não há outro modo de descrever o disco Wheels Of Steel, sem falar, também, em outros posteriormente lançados, em um curto espaço de tempo, pela banda. Como já foi dito, anteriormente, uma verdadeira obra-prima da música pesada. Para os que já o conhecem, sempre vale a pena escutá-lo, mais uma porção de vezes, e sentir toda aquela vibração e magia oitentista, e aos fãs mais recentes, que ainda não tiveram a oportunidade de escutá-lo e aprecia-lo, corram atrás, pois o mesmo se trata de um registro histórico de grande importância, de uma época e de um movimento seminal para a música pesada, que jamais voltará. Abra uma lata de cerveja, aumente o volume e aprecie esse disco maravilhoso! Recomendo apertar o repeat, assim que o disco terminar, porque, provavelmente, a vontade de ouvir todas essas pérolas, de novo, surgirá, instantaneamente! Viva o Saxon e a New Wave Of British Heavy Metal!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Track Listing:

Wheels Of Steel (1980)
Remaster Bonus Tracks (2009)
Saxon

1 - Motorcycle Man
2 - Stand Up And Be Counted
3 - 747 (Strangers In The Night)
4 - Wheels Of Steel
5 - Freeway Mad
6 - See The Light Shining
7 - Street Fighting Gang
8 - Suzie Hold On
9 - Machine Gun

Bonus Tracks: 1980 Demo Rehearsals
10 - Suzie Hold On
11 - Wheels Of Steel
12 - Stallions Of The Highway (Live B-Side)

Live At The Monsters Of Rock Festival
Castle Donington 16th August 1980
13 - Motorcycle Man
14 - Freeway Mad
15 - Wheels Of Steel
16 - 747 (Strangers In The Night)
17 - Machine Gun

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Grandes bandas em atividade: Yes, Saxon, Status Quo e Marillion (vídeo)



Axl Rose: "ele é um fracassado", diz mulher de Slash


Sobre Felipe Cipriani Ávila

Headbanger convicto e fanático, jornalista (graduado pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais - PUC Minas), colecionador compulsivo de discos, não vive, de modo algum, sem música. Procura, sempre, se aprofundar no melhor gênero de música do mundo, o Heavy Metal, assim como no Rock'n'Roll, de um modo geral, passando pelo clássico, pelo progressivo, pelo Hard setentista e oitentista, e não se esquecendo do Blues. Play It Loud!

Mais matérias de Felipe Cipriani Ávila.