Impéria: com mais de 15 anos, somente agora lançam seu debut

Resenha - Em Dias Assim - Impéria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

6


Com mais de 15 anos de estrada, o quarteto Paulistano IMPÉRIA somente agora chega a seu debut, produzido por Fernando Magalhães, guitarrista do Barão Vermelho.

Com uma proposta sonora baseada principalmente no hard rock, mas que também engloba influências de metal tradicional e rock nacional, a banda investe em arranjos simples e levadas diretas, sem muita frescura ou apuro técnico.

publicidade

Mas o problema da sonoridade dos caras é que parece que houve uma indecisão acerca de qual caminho seguir, pois a banda não investe tanto no peso para agradar mais os fãs do lado mais pesado da música (embora existam alguns belos riffs de guitarra), e nem tanto nas melodias, o que agradaria os apreciadores de algo mais acessível. Assim, seja qual for sua preferência, a audição do material acaba se tornando maçante ao longo do tempo, pois não temos aqueles momentos marcantes que fazem a música ficar na cabeça do ouvinte por um bom tempo após sua audição.

publicidade

Porém, não significa que os caras não tenham talento, muito pelo contrário, pois é possível encontrar alguns bons momentos no material, principalmente nos já citados riffs de guitarra, e no baixo pulsante e técnico de Ricardo Ueno. Além disso, as linhas vocais de Marcio Deliberalli são legais, sendo um dos destaques do material.

Dentre as faixas, algumas se sobressaem, como "Guerra sem Sentido", "Alta Voltagem" e "Dias de Paz", e são realçadas pela excelente produção do registro, que deixou o som bem cristalino, com todos os instrumentos bem perceptíveis.

publicidade

Portanto, trata-se de uma banda que ainda precisa definir melhor sua sonoridade para alçar voos maiores no cenário nacional, mas que se mostra esforçada na busca por seu lugar ao sol.

Em Dias Assim - Impéria
(2012 – Independente – Nacional)

Track List:

Line-up:
Marcio Deliberalli – Vocal
Felippe Deliberalli – Guitarra
Flavius Deliberalli – Bateria
Ricardo Ueno – Baixo

publicidade

Faixas:
1. K-Otica
2. Guerra sem Sentido
3. Em Dias Assim
4. O Povo do Caos
5. Alta Voltagem
6. Dias de Paz
7. Nova Terra
8. Trilhas Abertas
9. Eu Sou o que Eu Sou
10. Eu Sou o que Eu Sou – Sole Novum




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: pastor evangélico tem 172 tatuagens da bandaIron Maiden
Pastor evangélico tem 172 tatuagens da banda

Ultimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rockUltimate Classic Rock
Os 100 maiores clássicos do rock


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin