Onslaught: Reviravolta na cena rockeira mundial.

Resenha - Sounds of Violence - Onslaught

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maicon Leite
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O grande retorno do Thrash Metal oitentista começou basicamente no final dos anos 90, quando o Destruction voltou com "All Hell Breaks Loose" e o Whiplash, com "Thrashback". Supondo que minha teoria esteja certa, o que vimos a partir daí foi uma verdadeira ressurreição de bandas, que voltaram do limbo musical para ocupar novamente os palcos mundo afora e lançar discos – algumas vezes meia boca – para então, criar uma espécie de reviravolta na cena rockeira mundial.
5000 acessosRock In Rio: Freddie Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 19855000 acessosBayley, Wilson e Cherone: grandes erros na história de grandes bandas

Pois bem, eis que muitos anos após seu término, os britânicos do Onslaught resolveram mostrar as caras, alguns com uma barriguinha mais avantajada, ou com o cabelo mais grisalho, porém mostrando que o amor ao Thrash Metal continuou vivo dentro de cada um e dizendo a todos que o tempo os deixou cada vez melhores. "Killing Peace", lançado em 2007, expôs tudo isso e muito mais, e os frutos dessa reunião ficaram cada vez mais interessantes neste novo álbum, "Sounds of Violence".

Ao contrário de muitas bandas remanescentes dos anos 80, a pegada insana continuou intacta, revelando detalhes que talvez não pudessem ser vistos naquela década, devido às produções precárias. Infelizmente a formação já não é a mesma, sobrando apenas Sy Keeler (vocal), Nige Rockett (guitarra) e Steve Grice (bateria), mas que somados ao sangue novo e a empolgação de Andy Rosser-Davies (guitarra) e Jeff Williams (baixo), fazem de "Sounds of Violence" um autêntico achado em meio a tantos lançamentos.

É notório que a banda sofre algumas influências ligadas ao Hardcore, tanto que quando iniciaram suas atividades, eram basicamente Punk/HC. Hoje, tais referências são encontradas aqui e acolá, mas sobressaem-se no pique agressivo e veloz, a exemplo de pedradas como "Born of War" e "Suicideology". Agora, para entender um pouco mais de onde vem tanta violência, nada melhor do que gravar um cover para um clássico... "Bomber"! Sim, os caras tiveram a manha de coverizar este petardo do Motörhead e ainda convidar Tom "Angelripper" do Sodom para fazer os vocais, e Phil Campbell, do Motörhead, para gravar as guitarras. Nem preciso dizer o quanto ela ficou destruidora... Confira ainda a rápida "Rest in Pieces" e a grandiosa faixa-título, um arregaço!

Indicado aos fãs de um bom Thrash Metal, feito por bandas que já são verdadeiras instituições, mas que continuam a proporcionar momentos de grande regozijo seja na frente do aparelho de som, ou em algum show por aí.

Contatos & Links
http://www.onslaughtfromhell.com

Titulo: "Sounds of Violence"
Formato: CD/LP
Local: Inglaterra
Estilo: Thrash Metal
Gravadora/Selo: AFM Records
Ano de Lançamento: 2011

Tracklist
1. Into the Abyss (Intro) (01:01)
2. Born for War (05:55)
3. The Sound of Violence (04:04)
4. Code Black (06:22)
5. Rest in Pieces (04:43)
6. Godhead (04:50)
7. Hatebox (04:52)
8. Antiheist (06:32)
9. Suicideology (05:13)
10. End of the Storm (Outro) (01:31)
11. Bomber (Motörhead cover) (02:50)

Tempo total: 47:53

Formação:
Sy Keeler – Vocal
Nige Rockett – Guitarra
Andy Rosser-Davies – Guitarra
Jeff Williams - Baixo
Steve Grice – Bateria

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Sounds of Violence - Onslaught

1141 acessosOnslaught: Tudo para agradar qualquer fã de Thrash Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Onslaught"

Thrash MetalThrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero

OnslaughtOnslaught
Ex-vocal do Anthrax é demitido por não cantar direito

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Onslaught"

Rock In RioRock In Rio
Mercury desdenhou dos artistas brasileiros em 1985

VocalistasVocalistas
Três grandes erros na história de três grandes bandas

Classic RockClassic Rock
Os 50 maiores álbuns de rock progressivo

5000 acessosVocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rock5000 acessosRegis Tadeu: "Lemmy era tão poderoso que seu corpo não teve coragem de contrariá-lo"5000 acessosAlfabeto do Rock: as 15 melhores músicas de Metal4542 acessosIron Maiden: Assista a introdução dos shows da nova tour5000 acessosKerry King: velho, gordo e careca? Está falando de mim, seu babaca?5000 acessosIron Maiden: Os mesmos três acordes em quarenta músicas

Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online