Onslaught: Tudo para agradar qualquer fã de Thrash Metal

Resenha - Sounds of Violence - Onslaught

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Os veteranos do ONSLAUGHT, banda de thrash metal formada na Inglaterra em meados dos anos 80, passaram por diversas fases em sua carreira, começando com os pesadíssimos, diretos e obscuros "Power from Hell" (1985) e "The Force" (1986), e passando para algo mais trabalhado e melódico (mas sem deixar de lado a pegada thrash) em "In Search for Sanity" (1989), que contou com Steve Grimmett nos vocais.

Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirFreedom of Expression: o tema do Globo Repórter

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Após seu terceiro registro, sem nunca ter conseguido grandes repercussões internacionais, a banda se separou, e, após um longo hiato, voltou em 2007, lançando o excelente "Killing Peace" (totalmente produzido e mixado pelo mago Andy Sneap), e colocando novamente seu nome em evidência no underground metálico. E agora em 2011 retornam com este espetacular "Sounds of Violence", que tem tudo para corrigir uma injustiça histórica e colocar de vez o nome do ONSLAUGHT entre as maiores bandas do Thrash Metal.

O som da banda não é tão soturno e sujo como em seus primórdios, mas compensa tais perdas ao alinhar o thrash metal oitentista com elementos modernos de forma coesa, com forte influência de EXODUS e TESTAMENT atuais.

Sy Keller continua com suas vocalizações ásperas e agressivas, transbordando ódio em cada palavra vociferada. Mas os grandes destaques do álbum são mesmo os guitarristas Andy e Nige, com riffs pesadíssimos e muito inspirados, além de solos belíssimos, e o baterisata Steve, que possui uma técnica assustadora, e deixa o som da banda muito mais trabalhado.

Todas as músicas são muito boas, mas não há como citar as pedradas "Born for War", "The Sound of Violence", "Code Black" e "Suicideology". Além destas, há ainda como bônus um cover muito bom para "Bomber", do grande MOTORHEAD, e que conta com as participações especiais do guitarrista Phil Campbell (MOTORHEAD) e de Tom Angelriper (SODOM) em alguns vocais.

Além disso, tudo aqui é muito bem feito e executado, ao contrário dos primeiros álbuns da banda, (com gravações muito toscas), e a qualidade sonora é impecável, graças ao trabalho do produtor Jacob Hansen.

Sim, "Killing Peace" representou uma grande volta do ONSLAUGHT, mas é com este lançamento que a banda atingiu seu ápice, e tem tudo para agradar qualquer fã de thrash metal! Não irá revolucionar o gênero, mas nem por isso deixa de ser excepcional.

Confiram o clipe de "The Sound of Violence":

Sounds of Violence - Onslaught
(2011 - Die Hard Records - Nacional)

Formação:
Sy Keller - Vocals
Andy Rosser-Davies - Guitar
Nige Rockett - Guitar
Jeff Williams - Bass
Steve Grice - Drums

Track List:

1. Into the Abyss (Intro)
2. Born for War
3. The Sound of Violence
4. Code Black
5. Rest in Pieces
6. Godhead
7. Hatebox
8. Antiheist
9. Suicideology
10. End of the Storm (Outro)
11. Bomber (Motörhead cover)


Outras resenhas de Sounds of Violence - Onslaught

Onslaught: Reviravolta na cena rockeira mundial.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Onslaught"


Onslaught: ex-vocal do Anthrax é demitido por não cantar direitoOnslaught
Ex-vocal do Anthrax é demitido por não cantar direito

Thrash Metal: as 10 melhores baladas de bandas do gêneroThrash Metal
As 10 melhores baladas de bandas do gênero


Metal Extremo: algumas bandas que você precisa ouvirMetal Extremo
Algumas bandas que você precisa ouvir

Freedom of Expression: o tema do Globo RepórterFreedom of Expression
O tema do Globo Repórter


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336