Matérias Mais Lidas

imagemA bizarra exigência de Ace Frehley para participar da última turnê do Kiss

imagemMax Cavalera revela como "selou a paz" com Tom Araya, vocalista do Slayer

imagemPink Floyd: Gilmour nega alegação de Waters sobre "A Momentary Lapse of Reason"

imagemO grave problema do refrão de "Eagle Fly Free", segundo Fabio Lione

imagemLobão explica porquê todo sertanejo gostaria, no fundo, de ser roqueiro

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemAC/DC: Angus Young conta como é para ele o antes, o durante e o depois de um show

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemDave Mustaine cutuca Kiss e bandas "preguiçosas" que usam playbacks

imagemMax Cavalera diz quais foram os dois discos mais difíceis que já gravou

imagemA categórica opinião de Dave Mustaine sobre religião "abusiva e falsa" de sua mãe

imagemRush: Geddy Lee comenta as dificuldades da gravação de "Hemispheres"

imagemSlash explica por que rejeitou Corey Taylor no Velvet Revolver


Stamp

Megadeth: Padrões do Thrash Metal que são seguidos até hoje

Resenha - Killing Is My Business... And Business Is Good! - Megadeth

Por Junior Frascá
Em 21/08/12

Nota: 8

Logo após ser expulso do METALLICA, em 1983, por seus problemas com alcoolismo (que deveriam ser realmente sérios, já que estamos falando de uma banda de thrash metal, em plenos anos 80, em que o consumo de álcool era quase uma obrigação entre os músicos), Dave Mustaine resolveu montar sua própria banda, com a promessa de ser muito mais rápido e agressivo que o próprio METALLICA. Assim surgiu o MEGADETH, que em 1985 lançou este seu primeiro registro, que acaba de ser relançado no mercado nacional, via Die Hard Records/Voice Music/Rock Machine/Rock Brigade.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E realmente Mr. Mustaine conseguiu cumprir sua promessa, criando uma sonoridade bem ainda mais rápida e mais técnica do que as composições de seu antigo grupo (o que não significa que sejam melhores!). Com uma cozinha técnica, cheia de quebradeiras e belos arranjos, formada por David Ellefson (baixo) e Gar Samuelson (baterial), aliadas às guitarras afiadas e entrosadas de Dave e Chris Poland,a banda criou padrões de instrumental do thrash metal que são seguidos até hoje, aliando técnica e velocidade de uma forma até então nunca antes vista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Desde o título, passando pela arte gráfica e pelas faixas em si, a conceito por trás de "Killing is My Business... and Business is Good" é bem agressivo e crítico, embora as letras sejam bem mais clichês e inocentes do que as que a banda criou posteriormente. Em relação às músicas, o disco é uma paulada do começo ao fim, e, embora apresente apenas 7 faixas (entre as quais se destacam "Loved to Death", "Skull Beneath the Skin", "Rattlehead" e "Mechanix" – a famosa versão de Mustaine para a clássica "The Four Horsemen", do METALLICA), logo caiu nas graças do público headbanger.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assim, a banda conseguiu chamar a atenção de fãs de diversas partes do planeta, iniciando com tudo seu caminho rumo a se tornar uma das mais bem sucedidas da história do metal.

A produção, apesar de um pouco abafada, é bem satisfatória, tendo sido realizada por Dave Mustaine e
Karat Faye, entre o final de 1984, e início de 1985.

Enfim, trata-se de um registro histórico, que representa, como dito, o início de uma das bandas mais influentes e importantes da história do metal, e que faz até hoje muitos fãs ainda pensarem como seria o METALLICA se Mustaine não tivesse saído da banda. Mas a verdade é que, com sua saída, o mundo teve a oportunidade de conhecer o MEGADETH, que desde seu primeiro registro marcou o mundo da música para sempre. Garanta já o seu!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Killing is My Business… And Business is Good - Megadeth
(Relançamento 2012 – Die Hard Records/Voice Music/Rock Machine/Rock Brigade – Nacional)

Formação:
Dave Mustaine : Guitars, Vocals, Piano
Chris Poland : Guitars
David Ellefson : Bass, Backing Vocals
Gar Samuelson : Drums

Track List:

1. Last Rites / Loved to Death
2. Killing is My Business... And Business is Good!
3. Skull Beneath the Skin
4. Rattlehead
5. Chosen Ones
6. Looking Down the Cross
7. Mechanix


Outras resenhas de Killing Is My Business... And Business Is Good! - Megadeth

Resenha - Killing Is My Business... And Business Is Good! - Megadeth

Resenha - Killing Is My Business... And Business Is Good! - Megadeth

Resenha - Killing Is My Business... And Business Is Good! - Megadeth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Airbourne 2022
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá.