Destruction: O trio se supera com o novo petardo

Resenha - Day Of Reckoning - Destruction

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maicon Leite
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O Thrash Metal alemão seria muito diferente caso não existissem bandas como Sodom, Kreator e Destruction. O trio, para muitos considerados como a santa trindade do Thrash germânico, passou por altos e baixos nos anos 90, principalmente o Destruction, que no começo da referida década perdeu totalmente sua identidade, principalmente por não contar mais com o lendário Schmier no baixo e vocal. Sua volta ao grupo no final da mesma década fez com que a cena Thrash ganhasse novo fôlego, e o resto é história.

3067 acessosMetal Hammer: As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal5000 acessosSlipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

Alguns discos depois – e um certo descontentamento entre os fãs “die hard” – o trio praticamente se supera com este novo petardo! A entrada do novo baterista, Vaaver, deu um gás para Schmier e Mike (guitarra), transformando “Day of Reckoning” num álbum que impõe respeito e reconquista rapidamente a parcela de fãs que possam ter se decepcionado com os últimos lançamentos. “The Price” abre o disco de maneira espetacular, rápida e insana, com Mike usando e abusando dos riffs cortantes, além de solos alucinados, um clássico instantâneo! A empolgação não cessa, já que a próxima faixa, “Hate is My Fuel” é outro quebra pescoço, chegando a lembrar Slayer em alguns momentos, transitando entre a velocidade e a quebradeira e empregando o refrão constantemente, grudando na cabeça.

“Armageddonizer” celebra a porradaria de forma intensa, enquanto “Devi’s Advocate” explode com tudo, literalmente. Resumindo o disco de forma bem sucinta, trata-se de um dos melhores lançamentos de Thrash Metal do ano, desde já. Aos amantes de uma boa capa, “Day of Reckoning” deverá deixá-los de boca aberta, ainda mais na versão completa, onde a capa aparece inteira, uma obra de arte! Agora é esperar que mantenham todo este pique por um bom tempo, o Thrash Metal agradece.

Destruction – Day of Reckoning
Nuclear Blast/ Laser Company – 2011

Line-up:
Schmier – vocal e baixo
Mike Sifringer – guitarra
Vaaver (Wawrzyniec Dramowicz) – bateria

Track-list:
1. The Price
2. Hate Is My Fuel
3. Armageddonizer
4. Devil’s Advocate
5. Day of Reckoning
6. Sorcerer of Black Magic
7. Misfit
8. The Demon Is God
9. Church of Disgust
10. Destroyer or Creator
11. Sheep of the Regime
12. Stand up and Shout (Dio cover - Bonus Track)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Day Of Reckoning - Destruction

1110 acessosDestruction: Reforçando seu status de referência musical1740 acessosDestruction: Uma banda intensa, que dá o sangue nas músicas1875 acessosDestruction: Um disco rápido e intensamente pesado1197 acessosDestruction: Permanecendo sinônimo de Thrash Metal vigoroso


Metal HammerMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal

276 acessosDestruction: Medley das faixas de Thrash Anthems II426 acessosDestruction: confira o segundo trailer de "Thrash Anthems II"567 acessosDestruction: confira o primeiro trailer de "Thrash Anthems II"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Destruction"

Rock e metalRock e metal
O outro lado das capas de discos

Metal HammerMetal Hammer
As 22 melhores músicas old-school do Thrash Metal

Kai HansenKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Destruction"


SlipknotSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

Whiplash.NetWhiplash.Net
O site é um site lucrativo?

Heavy MetalHeavy Metal
Manowar e outros entre as capas mais "de macho"

5000 acessosAngra: banda errou na escolha de Fabio Lione?5000 acessosMetalhammer: 10 ridículos anúncios no Heavy Metal5000 acessosHeavy Metal: diagrama explica a origem dos nomes de bandas4957 acessosBlack Sabbath: quando eles sacanearam ocultistas de modo inusitado5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson e sua preferência pelo Brasil5000 acessosInvisible Oranges: os 5 melhores momentos Metal dos filmes

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 17 de maio de 2012


Sobre Maicon Leite

Maicon Leite é assessor de imprensa na Wargods Press, colaborador na revista Roadie Crew e um dos autores do livro Tá no Sangue! - A História do Rock Pesado Gaúcho, dentre outros projetos e publicações.

Mais matérias de Maicon Leite no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online