Resenha - Live In São Paulo - Astafix

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Quando o guitarrista Wally saiu do CPM 22 e montou o Astafix, muita gente ficou estupefata com a música apresentada no disco de estreia, "End Ever", de 2009. Heavy Metal moderníssimo e que avança com força pela música extrema, com personalidade suficiente para receber elogios rasgados a ponto de a banda se prontificar a gravar o DVD "Live In São Paulo", lançado oficialmente em 2011 e distribuído pela Voice Music.

Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockMetalcore: os dez trabalhos essenciais do estilo

A apresentação ocorreu no CB Bar de São Paulo, no dia 4 de setembro de 2010. E, apesar da sutil, mas perceptível tensão inicial por parte do Astafix, o fato é que os músicos foram se soltando rapidamente e fizeram um show bastante eficiente em pouco mais de 40 minutos, que foram captados por três câmeras e cuidadosamente editados em imagens coloridas e preto e branco.

Como parece ser da personalidade do Wally, não há muita interação com a plateia... O Astafix se contenta em subir no palco, apresentar o título das canções e, uma a uma, simplesmente detonar o repertório quase completo do disco "End Ever". Energia bruta e uma atuação excelente de cada músico - em especial a do guitarrista Paulo Schroeber (Almah), destilando solos geralmente curtos, mas muito bons. O único real inconveniente é não mostrar muitas imagens do público, mas está valendo, pois se transmite com eficiência como a banda funciona sobre os palcos. E os caras convencem.

Além da apresentação, o DVD também oferece os furiosos vídeos oficiais de "Desordem e Retrocesso" e "Red Streets", este último em duas versões, sendo que se destaca a que conseguiu desenvolver uma estória, sabiamente sem um final definido. E este mesmo "Red Streets" também foi contemplado com um 'making of' que mostra a considerável equipe que participou de sua concepção e com um monte de detalhes interessantes. Também há um breve documentário com cerca de cinco minutos intitulado "The Beginning", onde cada membro conta como foi sua entrada no Astafix e considerações das primeiras apresentações.

"Live In São Paulo" foi dirigido e editado por Ben Hur, que já havia feito um belo trabalho no clip de "Desordem e Retrocesso"; além de a mixagem e pós-produção ter ficado ao encargo do próprio Paulo Schroeber. É um DVD de simplicidade marcante, mas que registra um pouco da história escrita pelas novas bandas do Brasil. Muito bom!

Contato:
http://www.astafix.com/
http://www.myspace.com/astafix

Formação:
Wally - voz e guitarra
Paulo Schroeber - guitarra
Ayka - baixo
Thiago Caurio - bateria

Astafix - Live In São Paulo
(2011 / Voice Music - nacional)

01. Reed Streets
02. False Eyes
03. The 13Th Knot
04. End Ever
05. The Havoc Clutch
06. Dead Forever
07. Drown Your World
08. Cipher
09. Black Blood Blight
10. Desert Eyes
11. Desordem e Retrocesso

Vídeos:
- Red Streets
- Ordem e Retrocesso
- Red Streets (versão alternativa)

+The Beginning
+Making Of "Red Streets"


Outras resenhas de Live In São Paulo - Astafix

Astafix: Simples, mas profissional e de boa qualidade




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Astafix"


Pink Floyd: as 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic RockPink Floyd
As 10 melhores escolhidas pela Ultimate Classic Rock

Metalcore: os dez trabalhos essenciais do estiloMetalcore
Os dez trabalhos essenciais do estilo

Sepultura: saiba mais sobre as visões religiosas de DerrickSepultura
Saiba mais sobre as visões religiosas de Derrick

The Voice: candidato faz power metal cantado em portuguêsAC/DC: como Angus responde a um copo de cerveja atirado?Myles Kennedy: de início, ele se negou a cantar com o Guns no Rock HallSkank: muitos que vestem camiseta preta e se tatuam têm pouco de rock

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.