Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemA opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones


Stamp

[maua]: Thrash Metal de alto nível com pitadas de Death

Resenha - Conscience - [maua]

Por Pierre Cortes
Em 02/05/12

Nota: 9

Vindos de Aracaju - Sergipe, este quinteto está na estrada desde 2004 e, para o grande orgulho dos fanáticos pelo Metal de boa qualidade, nos brinda com o EP intitulado Conscience, que foi gravado, mixado e masterizado entre janeiro e abril de 2009.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Este trabalho de estreia é muito, mas muito bom mesmo. Trata-se de um Thrash Metal de alto nível com pitadas de Death Metal. A consequência disso são cinco belas composições que aliam peso, energia, agressividade a doses de melodia, resultando num som que é bastante contemporâneo.

Em Conscience fica claro que a banda se preocupa mais com o peso do que com a velocidade, embora encontremos passagens mais aceleradas, porém o que mais nos chama a atenção aqui são os poderosos riffs de guitarra, bons solos, mudança de ritmo constante e os potentes vocais guturais que se alternam entre os graves e agudos. Em determinados momentos chegou a me lembrar de bandas como EXODUS e FORBIDDEN, não exclusivamente na sonoridade, mas especificamente na estrutura dos riffs.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Todas as composições são ótimas, mas seguem alguns destaques: "Bitch" tem boa variação de ritmo e um solo maravilhoso; "The Awake in the Beginning of the End" começa lentona, é repleta de paradinhas, além de pesada e bem feita; "Relief", a maior do EP, tem uma introdução lenta e linda e um solo melodioso ao final.

Não restam dúvidas que Conscience é um trabalho maduro, coeso, técnico, cheio de energia, mostrando que o [maua] é uma forte banda no cenário nacional e que já indica sinais de um futuro bastante promissor.

Banda: [maua]
País de Origem: Brasil
Título do álbum: Conscience
Ano: 2009
Estilo: Thrash Metal
Gravadora: Independente

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Line-up:

Groman – Vocal
Jess – Baixo
Cabral – Guitarra
Mahavir – Guitarra
Thomas – Bateria

Faixas:

1. Bitch
2. Probably the End
3. The Awake in the Beginning of the End
4. Nothing is Like the Same
5. Relief

Sites:

http://www.myspace.com/mauabr
http://www.mauaband.com/
http://www.facebook.com/pages/maua/100573673335668
http://www.youtube.com/user/mauaband

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva


Outras resenhas de Conscience - [maua]

Resenha - Conscience - [maua]

Resenha - Conscience - [maua]

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Pierre Cortes

Pierre Cortes, paulistano, bacharelado em Publicidade e em Cinema, amante da fotografia e escrita, apreciador do Heavy Metal e todas as suas subdivisões desde o início dos anos 80, colaborador do Whiplash.Net desde 2011, Twitter - @pierrecortes.

Mais matérias de Pierre Cortes.