Matérias Mais Lidas

Guns N' Roses: Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagemGuns N' Roses
Axl entendia que as coisas mudaram, mas Slash tinha virado um personagem

AC/DC: por que Bon Scott não era só um bêbado lunático, segundo ex-baixistaAC/DC
Por que Bon Scott não era só um "bêbado lunático", segundo ex-baixista

Nirvana: músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTokNirvana
Músico canadense muito parecido com Kurt Cobain faz sucesso no TikTok

Van Halen: a diferença entre David Lee Roth e Sammy Hagar, segundo Alex Van HalenVan Halen
A diferença entre David Lee Roth e Sammy Hagar, segundo Alex Van Halen

Smith/Kotzen: primeiro álbum da dupla será lançado em março; confira capa e tracklistSmith/Kotzen
Primeiro álbum da dupla será lançado em março; confira capa e tracklist

Metallica: todas as faixas do polêmico Load, da pior para a melhorMetallica
Todas as faixas do polêmico "Load", da pior para a melhor

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?Slash
Por que ele usa óculos escuros o tempo todo?

Robert Fripp: veja cover de Welcome to the Jungle com esposa segurando halteresRobert Fripp
Veja cover de "Welcome to the Jungle" com esposa segurando halteres

Megadeth: quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de A Tout Le MondeMegadeth
Quando a MTV ferrou a banda ao rejeitar clipe de "A Tout Le Monde"

Black Sabbath: avó de Iommi era brasileira e pais eram católicosBlack Sabbath
Avó de Iommi era brasileira e pais eram católicos

Mamonas Assassinas: a história por trás do enigmático CreuzebekMamonas Assassinas
A história por trás do enigmático "Creuzebek"

Iced Earth: Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiançaIced Earth
Schaffer será extraditado para Washington; não há decisão sobre fiança

Guns N' Roses: por que Bumblefoot errou Welcome to the Jungle no Rock in Rio 2011Guns N' Roses
Por que Bumblefoot errou "Welcome to the Jungle" no Rock in Rio 2011

Dream Theater: bateria do próximo álbum já está gravada, segundo Mike ManginiDream Theater
Bateria do próximo álbum já está gravada, segundo Mike Mangini

Slayer: Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperavaSlayer
Faca feita com cordas de guitarra gera imagens que ninguém esperava


Matérias Recomendadas

Metallica: James Hetfield explica suas tatuagens preferidasMetallica
James Hetfield explica suas tatuagens preferidas

Thrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileiraThrash Metal
10 novas promessas - incluindo uma brasileira

Sons Of Anarchy: a obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!Sons Of Anarchy
A obra-prima televisiva e sua fantástica trilha!

Black Sabbath: os vocalistas misteriosos da bandaBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

Planet Rock: As músicas com os melhores solos de guitarraPlanet Rock
As músicas com os melhores solos de guitarra

Malvada
Dead Daisies

Anonymous Hate: Sete faixas de puro Grind/Death Metal

Resenha - Red Khmer - Anonymous Hate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Bruno Blackened
Enviar Correções  


Na ativa desde 2007 e considerada uma das revelações do underground nacional, a banda Anonymous Hate, de Macapá – AP, composta por Victor Figueiredo (vocal), Fabrício Góes e Heliton Coelho (guitarras), Alberto Martínez (bateria) e Romeu Monteiro (baixo), prova isso lançando seu novo EP, Red Khmer (pronuncia-se Kimer).

Gravado no Khaoz Estúdio entre Dezembro de 2011 e Janeiro de 2012 e produzido por Alberto Martínez, o álbum foi lançado oficialmente em 01 de abril de 2012, durante o IV The Dead Shall Rise Metal Fest. O título do álbum e arte da capa e do encarte, assinadas por Rogério Araújo, são referências ao Communist Party of Kampuchea, organização política que governava Cambodia de 1975 até 1979, cujos métodos questionáveis causaram a morte de milhões de pessoas nesse período.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

São sete faixas de puro Grind/Death Metal. Depois da Intro, temos Created to Kill, onde destacam-se as guitarras, com riffs criativos, e o baixo de Romeu Monteiro por dar uma quebrada no andamento da música. Em seguida vem a faixa Anonymous Hate, que destila todo o "ódio" e brutalidade característico com o qual a banda executa seu trabalho. A faixa que dá nome ao EP vem depois, com destaque para os riffs cavalgados. Apesar da pronúncia "atropelada", o vocal de Victor Figueiredo está ótimo e casa bem com a proposta da banda. A bateria de Alberto Martínez continua veloz como sempre, combinando com o baixo. Ainda há covers brutais para Dead Shall Rise V. 666, do Terrorizer, Paranóia Nuclear/Poluição Atômica, do Ratos de Porão, e Gates to Hell, do Obituary. Altamente recomendado! Nota: 9,0!

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Contato: [email protected], www.myspace.com/anonymoushateap e www.facebook.com/anonymoushateband.

Track list:
1-Intro
2-Created to Kill
3-Anonymous Hate
4-Red Khmer
5-Dead Shall Rise V.666 (Terrorizer cover)
6-Paranóia Nuclear/Poluição Atômica (Ratos de Porão cover)
7-Gates to Hell (Obituary cover)


Outras resenhas de Red Khmer - Anonymous Hate

Anonymous Hate: Death Metal, honestidade e bom gosto

Anonymous Hate: Evoluindo sem perder o controle


Stamp
Tunecore
Como consegui viver de Rock e Heavy Metal
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Aquiles Priester: Posters, action figures e latinhas de coca-colaAquiles Priester
Posters, action figures e latinhas de coca-cola

Heavy Metal: as 10 introduções mais matadoras do estiloHeavy Metal
As 10 introduções mais matadoras do estilo


Sobre Bruno Blackened

Metalhead desde os 16, jornalista desde os 23. Grande incentivador da cena Metal amapaense através de resenhas, reportagens, fotos, artigos, entrevistas e assiduidade nos shows. Minhas vertentes favoritas são o Thrash, Death e Power Metal. \m/

Mais matérias de Bruno Blackened no Whiplash.Net.