Municipal Waste: Ainda uma referência no Thrash Metal

Resenha - Fatal Feast (Waste in Space) - Municipal Waste

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Junior Frascá
Enviar Correções  

8


Para quem ainda não conhece o MUNICIPAL WASTE, trata-se de uma das bandas precursoras do movimento de revival do crossover/thrash metal dito "old school", ou seja, que remete àquele estilo praticado pelas bandas iniciantes do estilo, em meados dos anos 80. E agora os americanos chegam a seu quinto registro de estúdio, que mostra uma tremenda evolução, mas sem perder sua essência, criando composições mais maduras e que deverão cair facilmente no gosto do ouvinte.

Trazendo ainda elementos de punk e hardcore, a banda sempre cria canções muito fortes e calcadas em excelentes riffs e vocais energéticos que transbordam agressividade, além de uma cozinha correta e direta, sendo impossível não sair batendo cabeça durante toda a audição do trabalho. As faixas são, em sua maioria, bem rápidas (não tanto quanto em seus primeiros lançamentos, é verdade) e curtas, embora existam momentos mais cadenciados e pesados, não deixando a audição se tornar cansativa.

publicidade

Embora com uma qualidade excelente de gravação, tudo aqui, a começar pela capa do disco (com os famosos zumbis canibais, agora no espaço), remete aos anos 80, época de ouro da música pesada. Portanto, se você é um daqueles fãs saudosistas do estilo, certamente encontrará em "The Fatal Feast" (bem como em todos os outro lançamentos do MUNICIPAL WASTE) tudo o que procurava.

publicidade

E no geral, trata-se do disco mais variado dos americanos, como podemos perceber já nas faixas "Repossession" e "New Dead Master" (totalmente influenciada por D.R.I. e S.O.D.), dois dos grandes destaques do material, junto com "Idiot Check", "The Monster With 21 Faces" (com riffs excelentes) e "Death Tax", que dão uma verdadeira aula de thrash metal bem tocado e cativante. Há ainda alguns momentos mais voltados ao crossover e ao speed metal, como em "You´re Cut Off" e "Unholy Abductor", as quais deverão gerar diversos "mosh pits" nos shows dos caras.

publicidade

Assim, com pouco mais de 30 minutos de audição, o MUNICIPAL WASTE conseguiu novamente lançar um álbum de destaque, que embora não supere os fantásticos "Hazardous Mutation" e "The Art of Partying" (mas muito melhor que seu antecessor, "Massive Aggressive"), ainda é muito acima da média das novas bandas que adentram nos meandros do estilo, e mantém a banda como referência no thrash metal atual, e uma das melhores da nova safra do estilo, junto com GAMA BOMB, WARBRINGER, HAVOK, LAZARUS A.D e os brasileiros do WOSLOM. Indicadíssimo.

publicidade

The Fatal Feast (Waste in Space) – Municipal Waste
(2012 – Nuclear Blast - Importado)

Track List:
01. Waste In Space (00:57)
02. Repossession (02:25)
03. New Dead Masters (02:48)
04. Unholy Abductor (01:19)
05. Idiot Check (02:11)
06. Covered In Sick/The Barfer (03:10)
07. You’re Cut Off (01:14)
08. Authority Complex (02:22)
09. Standards and Practices (03:01)
10. Crushing Chest Wound (02:30)
11. The Monster With 21 Faces (01:48)
12. Jesus Freaks (02:24)
13. The Fatal Feast (03:09)
14. 12 Step Program (01:35)
15. Eviction Party (Bonus) (01:22)
16. Death Tax (02:51)
17. Residential Disaster (04:00)

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Thrash Metal: os 10 melhores discos do século 21, segundo o LoudwireThrash Metal
Os 10 melhores discos do século 21, segundo o Loudwire

Thrash Metal: 10 novas promessas - incluindo uma brasileiraThrash Metal
10 novas promessas - incluindo uma brasileira


Chris Cornell: ele não dava sinais de que se mataria, diz esposaChris Cornell
Ele não dava sinais de que se mataria, diz esposa

Slipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuaisSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais


Sobre Junior Frascá

Junior Frascá, casado, é advogado, e apaixonado por heavy metal em todas as suas vertentes (em especial thrash, stoner, doom e power metal) desde seus 15 anos. Também é fã de filmes de terror e séries americanas, faz parte da equipe da revista digital Hell Divine e do site My Guitar, e é guitarrista da banda de metal tradicional MUD LAKE.

Mais matérias de Junior Frascá no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin