Sarah Jezebel Deva: Metal de qualidade e extremo

Resenha - Corruption of Mercy - Sarah Jezebel Deva

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Apenas uma introdução, para quem não conhece a artista (mas deveria): a cantora fez grandes contribuições para bandas como Cradle Of Filth, Therion e The Kovenant. Pronto, isso já dá uma base do poderio da vocalista.
5000 acessosSeparados no nascimento: James Hetfield e o Leão Valente5000 acessosAs regras do Viking Metal

De certo modo, claro, existem influências dos grupos por onde passou, mas o legal é que aqui, exceto uma ou outra vez, é que Sarah canta naturalmente, sem se apoiar tanto na voz lírica soprano. E não é que assim, a coisa toda funcionou, e muito bem?

Abrindo de forma destruidora, “No Paragon of Virtue” chuta o balde com ‘blast beats’ matadores. É inegável certa semelhança com Dimmu Borgir, no que diz respeito ao uso exagerado de teclados, mas apesar disso, é uma ótima faixa.

Aliás, bom reforçar essa saturação de teclados e uns barulhinhos eletrônicos: para quem curte, é bom começar a correr para adquirir o álbum, lançado no Brasil pela Shinigami Records (www.shinigamirecords.com.br) urgentemente. Já para aqueles fãs de coisas mais ‘roots’, vale conferir também, só que mais pela desenvoltura das composições.

Ao longo do disco, vários estilos musicais passam por lá: Black Metal, Symphonic Gothic Metal, Atmosferic, Heavy e por aí vai. O resultado ficou muito bom, essa é a verdade.

A faixa “Zombie”, cover da Cranberries, ficou pesadíssima, absurda mesmo, melhor até que a original (que me perdoem os fãs desse grupo). Simplesmente excepcional. E outra que chama a atenção é a encantadora “Silence Please”, cujas melodias têm um curioso ar de cantos (e não contos) de histórias obscuras de fadas da Disney (!), algo meio fantasioso. Bem interessante mesmo.

A capa é um tanto provocadora e polêmica, é bom dizer. A gravação é boa, não muito limpa, mas que poderia ser mais pesada. O baixo, por exemplo, só é perceptível em trechos onde só aparecem ele e a bateria, como no caso de “A Matter of Convenience” ou “The Eyes That Lie” (outra grande canção e com um solo bacana).

Metal de qualidade, extremo e comandado por uma mulher. Assim caminha a humanidade! Boa surpresa do underground. Abaixo, o clipe de “The World Won't Hold Your Hand”.

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Sarah Jezebel Deva – The Corruption of Mercy
Listenable Records/Shinigami Records – 2011 – Reino Unido

http://www.sarahjezebeldeva.co.uk
http://www.sarahjezebeldeva.bigcartel.com
http://www.myspace.com/jezebeldeva

Tracklist
1. No Paragon of Virtue 04:36
2. The World Won't Hold Your Hand 05:15
3. A Matter of Convenience 04:26
4. Silence Please 05:28
5. Zombie (The Cranberries cover) 05:24
6. Pretty with Effects 02:58
7. What Lies Before You (instrumental) 01:38
8. Sirens 03:22
9. The Eyes That Lie 04:44
10. The Corruption of Mercy 05:49
Total: 43:40

Fonte: Som Extremo
http://somextremo.blogspot.com
@som_extremo

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Corruption of Mercy - Sarah Jezebel Deva

838 acessosSarah Jezebel Deva: Equilibrio entre gótico e Black Metal640 acessosSarah Jezebel Deva: Personalidade forte e figura carimbada

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sarah Jezebel Deva"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Sarah Jezebel Deva"

Separados no nascimentoSeparados no nascimento
James Hetfield e o Leão Valente

Viking MetalViking Metal
Com um machado na mão, o que você quiser, você pode!

RhythmRhythm
Os bateristas mais influentes de todos os tempos

5000 acessosDeath Metal: as 10 melhores (ou piores?) capas do estilo5000 acessosEdu Falaschi: os dez vocalistas brasileiros preferidos dele5000 acessosAngra: versões bizarras de músicas da banda5000 acessosIGN Music: os álbuns de Metal mais influentes segundo o site4108 acessosIron Maiden: "Não sabíamos se haveria futuro para nós"5000 acessosGuns N' Roses: "não sei se isto pode ser chamado de reunião", diz Gilby Clarke

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online