Device: Grande produção e muita brutalidade vinda do DF

Resenha - Antagonistic - Device

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Caramba, como não conheci essa banda antes? Death Metal do maior quilate! E para nosso orgulho, é produto daqui mesmo, do Distrito Federal, para ser mais exato!
5000 acessosMonsters of Rock: a feijoada que quase derrubou King Diamond5000 acessosPreços: quanto custa para contratar a sua banda favorita

Grande produção (coisa fina mesmo) e muita brutalidade são despejadas às toneladas nos sortudos ouvidos de quem curte porradaria. Sabe quando juntam grandes músicos, cheios de versatilidade e qualidade, em um único conjunto? Sim, é esse o caso da Device.

Italo Guardieiro tem um vocal excepcional, forte e profundo, na medida que o estilo “pede”. É um destaque, sem dúvida. Entretanto, os méritos pela competência recaem merecidamente sobre todos os integrantes: Daniel Gonçalves promove bombardeios sonoros por meio de seu pesadíssimo baixo, enquanto Marco Di Vicente e Marco Mendes bolam riffs muito bons, aumentando a violência do disco. Só que a dupla não se limita a isso e constrói solos magníficos e muito bem encaixados. Finalmente, Victor Lucano é um mestre das baquetas e cria batidas interessantes ao longo do trabalho. Isso já seria muito bom, mas quando ele parte para o ‘blast beat’, a coisa ferve mais que o inferno.

Vejam exemplos, como a explosiva “Tempations Desert”: o trecho mais veloz parece um rolo compressor, é impressionante. Mas outras faixas, como “Let Burn” e “Bankrupt” servem para desorientar qualquer headbanger por suas agressividades.

Por outro lado, em uma linha bem cadenciada, a linda introdução de “The Meaning of Horror” também merece muitos elogios. É incrível como a música foi bem desenvolvida, chegando em um trecho bem rápido lá na frente. Ótimas variações, dignas de aplausos.

E sai da frente, porque a faixa “Pátria dos Porcos” (cantada em português, como se nota pelo título) fecha o disco maravilhosamente. Uma senhora agressão aos tímpanos.
A capa também é um primor. Apesar de triste, não há como não ficar hipnotizado com sua beleza.

Certamente que “Antagonistic” foi um dos mais inspirados álbuns de Death Metal de 2010. E uma boa notícia: a Device terá este trabalho relançado em 2012, trazendo como bônus o EP “Behold Darkness”, de 2007. Porrada para ninguém botar defeito. Viciante!

Abaixo, o clipe de “Soul of Maggots”, do citado EP. Uma boa forma de conhecer o grande trabalho do grupo. Aliás, uma baita dica: no Myspace da banda, este referido material está disponível para download gratuito!

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

Device – Antagonistic
Independente – 2010 – Brasil

http://www.myspace.com/DeviceBrasil
+55 61 8149.5583
devicecontato@gmail.com

Track list:
1) Let Burn
2) Bankrupt
3) Under The Cross
4) Insanity
5) Mind Decay
6) Tempations Desert
7) The Meaning of Horror
8) Welcome
9) Thanatos (Morbid Curiosity)
10) Pátria dos Porcos

Fonte: Som Extremo
http://somextremo.blogspot.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Antagonistic - Device

456 acessosDevice: Verdadeiro presente aos amantes do Death Metal304 acessosDevice: Caminhando entre o Thrash e o Death Metal753 acessosDevice: uma máquina Death Metal fria e precisa

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Device"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Device"

Monsters of RockMonsters of Rock
A feijoada que quase derrubou King Diamond

PreçosPreços
Quanto custa para contratar a sua banda favorita

QueenQueen
A declaração musical de ódio de Freddie Mercury

5000 acessosIron Maiden: sobre o que fala a música "Aces High"?5000 acessosFãs de Rock: você conhece o estilo de se vestir de cada um5000 acessosUltimate Classic Rock: os 100 maiores clássicos do rock5000 acessosMamonas Assassinas: viúva do Piloto comenta vídeo de Feliciano5000 acessosSepultura: drum cam de Igor Cavalera tocando "Territory"5000 acessosIdioma: bandas que já cantaram em sua língua natal

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online