Lefutray: Trabalho honesto e significativo vindo do Chile

Resenha - Last Breath - Lefutray

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


É sempre interessante observar como as bandas dos outros países desta simpática e (por vezes) turbulenta América Latina estão se posicionando em seu underground. O Lefutray - 'Som Rápido', traduzido do idioma Mapudungun - vem de Santiago (Chile) e se mostrou bastante ativo desde que iniciou sua trajetória em 2005, já tendo liberado o EP "Lefutray" (07) e o debut independente "Frente Al Fin" (08).

Iron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"Eddie Van Halen: "Eruption foi um acidente"

Mas para o segundo disco, "Last Breath", lançado no final de 2011, os chilenos optaram por mudar sua linha de ação. Com uma formação que hoje conta com a potente voz de Juan Vejar (Primitivo), consideravelmente mais agressiva que a de seu antecessor, o Lefutray agora foca seus esforços no idioma inglês para ter maiores chances de penetração em mercados até então dificilmente alcançados com a língua espanhola. E, logo após os primeiros minutos de audição, fica evidente que essas medidas foram mais do que acertadas.

A proposta de "Last Breath" está mais bem definida, tendo como linha mestra o Thrash Metal, vigoroso, com boas doses de groove e sutis avanços pelo território da música extrema. O Lefutray abraça muito do que foi feito pelos mestres do passado, mas sem dúvida olha para frente, pois possui uma veia bastante atualizada, resultado também da ótima qualidade da gravação, bem encorpada, que os próprios músicos alcançaram no estúdio chileno Audiocuston.

Ainda que cada uma das composições possua suas particularidades, tudo permanece devidamente unificado ao longo dos pouco mais de 40 minutos. De forma simples, "Last Breath" funciona nos mais variados níveis, suas músicas são cativantes, construídas com boas melodias e soa totalmente Heavy Metal. Destaques? Cada ouvinte encontrará suas preferidas, mas "Ain't Part Of It", "I Feed Your Eyes" e "Hunter" se mostraram matadoras logo na primeira audição.

"Last Breath" é um trabalho honesto e significativo que evidencia todo o profissionalismo da atual fase do Lefutray. Fica a sugestão em o leitor dar uma cuidadosa conferida neste trabalho, pois saber que é uma banda do Chile a responsável pelo feito diz muito a respeito da qualidade atual do underground daqueles lados, além de surgir uma compreensível curiosidade em conhecer outras bandas emergentes desta nação.

Contato:
http://www.lefutray.cl
http://www.myspace.com/lefutray

Formação:
Juan Vejar - voz
Cristian Olivares - guitarra
Leonardo Gacitúa - guitarra
Christian Bravo - baixo
Yonattan Muñoz - bateria

Lefutray - Last Breath
(2011 / independente - importado)

01. Intro
02. Agreement Of Suffering
03. Immersed
04. Ain't Part Of It
05. 263
06. I Feed Your Eyes
07. Rats And Vultures
08. Through Your Veins
09. Hunter
10. Screaming In Silence




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Lefutray"


Iron Maiden: Bruce Dickinson revela sua canção de merdaIron Maiden
Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"

Eddie Van Halen: Eruption foi um acidenteEddie Van Halen
"Eruption foi um acidente"

Heavy Metal: cinco discos necessários dos anos setentaHeavy Metal
Cinco discos necessários dos anos setenta

Cinema: o melhor e o pior dos rockstars em filmesCinema
O melhor e o pior dos rockstars em filmes

Monsters Of Rock 2015: a loira que deu show com o Steel PantherMonsters Of Rock 2015
A loira que deu show com o Steel Panther

Stage Dive: qual a pior coisa que pode acontecer depois do salto?Stage Dive
Qual a pior coisa que pode acontecer depois do salto?

Red Hot Chili Peppers: Novas músicas são tão boas quanto antigasRed Hot Chili Peppers
Novas músicas são tão boas quanto antigas


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.