Edguy: "Age of The Joker" é mais do que um ótimo disco

Resenha - Age of The Joker - Edguy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Thiago El Cid Cardim
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É, meu camarada, não se deixe enganar pelo arlequim de expressão alucinada que estampa a capa de “Age of The Joker”, o novo disco de estúdio dos alemães do Edguy. A arte não é, nem de longe, uma pista de que eles estejam voltando a praticar aquela sonoridade power metal old school do disco “Mandrake” – não por acaso, também ilustrado por um sujeitinho assim trajado. “Age of The Joker” é, para alegria de alguns e desespero de outros tantos, mais um passo da banda liderada pelo vocalista e compositor Tobias Sammet rumo a um som característico dos últimos exemplares de sua discografia recente. Um tipo de som que, por sinal, está se tornando marca registrada do quinteto. Talvez eu esteja me tornando até repetitivo ao falar sobre eles. Mas eles, definitivamente, não estão se tornando repetitivos ao lançar um disco atrás do outro.
359 acessosEdguy: confira "Out of Control" ao vivo em São Paulo, do novo DVD5000 acessosUltraje a Rigor: Roger diz que foi tratado como lixo pela equipe dos Stones

Assim como é possível farejar desde algumas das canções do aclamado “Hellfire Club”, este é um Edguy ainda pesado e ainda heavy metal, mas cada vez mais interessado em flertar com o hard rock – e sempre com um sorriso adornando o rosto. Mesmo nas músicas mais sérias, sem espaço para piadinhas, a banda deixa transparecer traços de bom-humor e irreverência que cada vez mais fazem falta em um cenário de bangers enfezados e bufando ódio por entre os dentes trincados.

“Age of The Joker” é mais do que um ótimo disco, um disco divertido para se ouvir de cabo a rabo sem restrições, mas sim uma obra corajosa e audaciosa, cortesia de um músico que não faz qualquer questão de se curvar aos pedidos insistentes de uma trupe de xiitas que querem ouvir aquele metal melódico padrão que os edguys faziam lá no começo de suas carreiras.

Não que “Age of The Joker” não tenha espaço para este tipo de faixa, veja bem. Basta dar uma chance para “Breathe” ou “The Arcane Guild” e se deliciar com as guitarras cantantes na velocidade da luz, os bumbos duplos e tudo que se espera de um metalzão padrão. Mas é bom que se saiba: apesar de muito boas, estas duas músicas não representam de maneira nenhuma o disco de maneira conceitual. Na verdade, “Age of The Joker” faz mais sentido se for representado pelos refrões grudentos de “Faces in The Darkness” e “Two Out of Seven”, duas daquelas passagens que são costuradas na medida certa para funcionarem nas apresentações ao vivo.

A trinca de abertura do disco também é emblemática – porque, depois de ouvir “Robin Hood” (segundo Sammet, a primeira elegia metálica ao príncipe dos ladrões), “Nobody’s Hero” e “Rock of Cashel”, é muito difícil sair indiferente, sem ao menos cantarolar a melodia enquanto ensaia um air guitar. Mesmo a longa “Behind the Gates to Midnight World”, com seus quase nove minutos, é menos épica e grandiosa e muito mais bonitinha. Pode parecer pouco, mas juro que não consigo encontrar outra expressão que não “bonitinha”. Está mais para Aerosmith (aquele dos anos 70, leia-se) do que para Helloween. Para encerrar o disco, eis então que pinta a balada hard “Every Night Without You”, que chega de peito aberto e coração rasgado para fazer qualquer Bon Jovi se encolher no canto em posição fetal, envergonhado. Uma baita música, cortesia de um baita compositor.

Voltando a falar de “Robin Hood”, aliás, basta assistir ao videoclipe deste primeiro single de “Age of The Joker” para entender a quantas anda este Edguy de hoje – e para onde eles estão caminhando. Se esta não é a sua praia, e você quer sair por aí dizendo que o Edguy tornou-se uma banda de hard ‘n heavy, que seja. Eu não ligo. E tenho certeza que Tobias Sammet também não.

Line-Up:
Tobias Sammet - Vocais
Jens Ludwig - Guitarra
Dirk Sauer - Guitarra
Tobias Exxel - Baixo
Felix Bohnke - Bateria

Tracklist:
1. Robin Hood
2. Nobody's Hero
3. Rock of Cashel
4. Pandora's Box
5. Breathe
6. Two Out of Seven
7. Faces in the Darkness
8. The Arcane Guild
9. Fire on the Downline
10. Behind the Gates to Midnight World
11. Every Night Without You

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Age of The Joker - Edguy

2142 acessosEdguy: Power Metal comanda energia de quase todas canções3337 acessosEdguy: Um grande disco coloca a banda novamente nos trilhos3186 acessosEdguy: Livre do que os fãs esperam que o grupo faça3602 acessosEdguy: Entre as mais importantes do cenário Power/Melódico2682 acessosEdguy: Power melódico e acelerado não é mais uma realidade4359 acessosEdguy: Vida longa à genialidade de Tobias Sammet!3313 acessosEdguy: No futuro será considerado um dos melhores álbuns

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 21 de dezembro de 2011

359 acessosEdguy: confira "Out of Control" ao vivo em São Paulo, do novo DVD697 acessosEdguy: Lyric video da faixa "Open Sesame"1274 acessosEdguy: confira "King Of Fools" ao vivo em São Paulo, do novo DVD794 acessosEdguy: lyric video de "Wrestle the Devil"1314 acessosEdguy: disponível novo vídeo de "Ravenblack"902 acessosEdguy: "lyric" vídeo para a faixa "Ravenblack"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Edguy"

Kai HansenKai Hansen
Escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha

De Marillion a EnthronedDe Marillion a Enthroned
Discos ao vivo gravados no Brasil

EdguyEdguy
Uma explicação para o nome da banda

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Edguy"

Ultraje a RigorUltraje a Rigor
Roger diz que foi tratado como lixo pela equipe dos Stones

Fãs de RockFãs de Rock
Você conhece o estilo de se vestir de cada um

Michael KiskeMichael Kiske
Ex-Hellowen: "O Iron Maiden vende a morte às pessoas!"

5000 acessosRockstars que atacaram a igreja, Jesus Cristo e Deus5000 acessosThrash Metal: 20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável5000 acessosMetallica: Hammett e Ulrich escolhem álbuns e músicas da década passada5000 acessosNX Zero: "É bom para o rock estar longe da TV aberta"5000 acessosMax Cavalera: morte de Dimebag influenciou reconciliação com Igor5000 acessosJennifer Batten: Michael Jackson, Eddie Van Halen, machismo

Sobre Thiago El Cid Cardim

Thiago Cardim é publicitário e jornalista. Nerd convicto, louco por cinema, séries de TV e histórias em quadrinhos. Vegetariano por opção, banger de coração, marvete de carteirinha. É apaixonado por Queen e Blind Guardian. Mas também adora Iron Maiden, Judas Priest, Aerosmith, Kiss, Anthrax, Stratovarius, Edguy, Kamelot, Manowar, Rhapsody, Mötley Crüe, Europe, Scorpions, Sebastian Bach, Michael Kiske, Jeff Scott Soto, System of a Down, The Darkness e mais uma porrada de coisas. Dentre os nacionais, curte Velhas Virgens, Ultraje a Rigor, Camisa de Vênus, Matanza, Sepultura, Tuatha de Danaan, Tubaína, Ira! e Premê. Escreve seus desatinos sobre música, cinema e quadrinhos no www.observatorionerd.com.br e no www.twitter.com/thiagocardim.

Mais informações sobre Thiago El Cid Cardim

Mais matérias de Thiago El Cid Cardim no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online