Dying Fetus: Este álbum não é bom, mas sim, excelente!

Resenha - Destroy the Opposition - Dying Fetus

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Flávio Mendes Santana
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 10

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


O DYING FETUS é uma banda extremamente técnica e competente, e cada vez mais vem ganhando um reconhecimento natural no underground devido a qualidade de seus trabalhos. O som característico é uma mescla de Grindcore e Death Metal, com um diferencial nos riffs que são muito rápidos e complexos, e os vocais de extrema potência, alternando entre guturais e rasgados. O registro "Destroy the Oppositon" é considerado um clássico para os fãs da banda, o que não é nenhuma conversa
343 acessosDying Fetus: vinte e seis anos de brutalidade grind/death5000 acessosSlipknot: veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

fiada, pois este álbum não é bom, mas sim, excelente!

É impossível não viciar nesse trabalho, é uma paulada atrás da outra. Muitas variações ritmicas e vocais, viradas de bateria, palhetadas, sweeps e breakdowns de guitarra e o baixo sujo e pesado como deve ser no metal extremo. A sincronia e criatividade da banda é perfeita, nenhuma música é fraca, ou fora do contexto. Todas, todas as faixas são boas, sem exceção.

Fica até difícil descrever cada uma delas, pois são muitas variações ritmicas, passando pelo Thrash Metal, Death Metal até ao Hardcore tradicional. Pode até dar a impressão que o álbum é curto pela pouca quantidade de faixas, mas, pela proposta técnica da banda, as músicas em sua maioria são até longas.

Destaque absoluto para o baterista Kevin Talley que toca com uma rapidez e técnica surpreendentes nesse álbum. Quem o conhece apenas pela sua performance atual no SIX FEET UNDER, não viu um terço do que esse cara tocou no DYING FETUS! A formação ainda contou com o baixo e vocais de Jason Netherton, no qual este álbum foi a sua última contribuição para a banda, antes de iniciar com o MISERY INDEX. John Gallagher, nos guturais e guitarras e Sparky Voyles, nas guitarras, completam o time matador deste clássico! Destaque para as faixas "Praise the Lord (Opium of the Masses)", "Destroy the Opposition", "Epidemic of Hate" e "In Times of War".

Destroy the Opposition - Dying Fetus
(2000 - Relapse Records)

Line up:
John Gallagher - Vocais, guitarras
Jason Netherton - Vocais, baixo
John "Sparky" Voyles - Guitarras
Kevin Talley - Bateria

Tracklist:
1 - Praise the Lord (Opium of the Masses)
2 - Destroy the Opposition
3 - Born in Sodom
4 - Epidemic of Hate
5 - Pissing in the Mainstream
6 - In Times of War
7 - For Us or Against Us
8 - Justifiable Homicide
Total: 36:25

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

343 acessosDying Fetus: vinte e seis anos de brutalidade grind/death0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dying Fetus"

Heavy MetalHeavy Metal
As melhores faixas de 2012 segundo o Loudwire

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dying Fetus"

SlipknotSlipknot
Veja a evolução das máscaras de cada integrante da estreia aos dias atuais

MegadethMegadeth
"Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"

Power MetalPower Metal
Os dez álbuns essenciais do gênero

5000 acessosJoe Satriani: por que ele não entrou no Deep Purple?5000 acessosNotas altas: as dez mais impressionantes do Heavy Metal5000 acessosMustaine: "Aos 15 entrei na magia e conheci o lado negro!"5000 acessosGoogle: os artistas/bandas de metal mais procurados5000 acessosAlice Cooper: algumas vezes ele quase morreu de verdade no palco5000 acessosOs diários secretos de Roger Waters

Sobre Flávio Mendes Santana

Nascido e criado na capital paulista, descobriu e se identificou com o universo do Rock no início da adolescência. Atualmente, tem como preferência o Metal Extremo, mas também explora algumas outras vertentes do Rock. Está sempre de olho nos últimos lançamentos, shows e matérias de suas bandas favoritas.

Mais matérias de Flávio Mendes Santana no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online