Dynahead: Proposta musical fugindo do convencional

Resenha - Youniverse - Dynahead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


É normal encontrarmos releases em que as respectivas bandas defendam que sua proposta musical fuja do convencional. Pretensões à parte, a realidade é que são pouquíssimos os grupos que alcançam este feito, e um deles certamente é o Dynahead. O pessoal vem de Brasília, está na ativa desde 2004 e sempre conseguiu proporcionar um Heavy Metal que se esquiva com classe das tendências que invariavelmente rondam qualquer panorama artístico.
5000 acessosRock Stars: como se pareceriam alguns se não tivessem morrido5000 acessosRockstars: filhos de roqueiros seguindo os passos dos pais

Passou-se três anos desde o debut “Antigen” e agora o Dynahead está lançando “Youniverse”, que pisa ainda mais fundo nas experimentações, a ponto de a vibração Thrash Metal que seu antecessor possuía estar devidamente ofuscada pelo uso de toda uma vasta gama de possibilidades que o Heavy Metal e Hard Rock vêm oferecendo desde os primórdios, além de pelo caminho depararmos com eventuais aventuras como o jazz ou bossa nova.

E, mesmo com as muitas referências mais retrôs, o resultado final consegue soar contemporâneo. Mais progressivo do que nunca, as tantas mudanças de ritmos imprevisíveis são tão ousadas quanto ambiciosas, mas exploradas conscientemente para atingir os melhores resultados e muito bem representadas por composições como “Ylem”, “Inception”, “Repentance Hour” e “Way Down Memory Lane” - e que fique claro que fatalmente cada ouvinte encontrará suas preferidas neste diversificado repertório.

Produzido pelo próprio vocalista Caio Duarte (Miasthenia, Downfire), este novo álbum também segue uma linha conceitual, cujo tema procurar relacionar a condição humana à evolução do Universo, em seu nascimento, vida e morte. Em suma: “Youniverse” é um produto muito bem acabado em todos os aspectos, e inclusive o disquinho vem embalado em um belíssimo digipak com a arte de Gustavo Sazes. Totalmente recomendado aos que apreciam toda a complexidade do Heavy Metal!

Contato:
http://www.dynahead.com.br
http://www.myspace.com/dynahead

Formação:
Caio Duarte - voz
Diogo Mafra - guitarra
Pablo Vilela - guitarra
Diego Teixeira - baixo
Rafael Dantas - bateria

Dynahead - Youniverse
(2011 / MS Metal Records – nacional)

01. Ylem
02. Eventide
03. Inception
04. Unripe One
05. Confinement In Black
06. Circles
07. My Replicator
08. Repentance Hour
09. Way Down Memory Lane
10. Redemption
11. Onset

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Youniverse - Dynahead

802 acessosDynahead: Uma verdadeira obra conceitual e artística858 acessosDynahead: Uma banda que se desafia e leva o ouvinte junto

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Dynahead"

Thrash MetalThrash Metal
20 bandas brasileiras de qualidade inquestionável

Metal BrasileiroMetal Brasileiro
10 bandas recomendáveis fora o Sepultura

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Dynahead"

Rock StarsRock Stars
Como se pareceriam alguns se não tivessem morrido

RockstarsRockstars
Filhos de roqueiros seguindo os passos dos pais

Andre MatosAndre Matos
O que ele faria se fosse mulher por um dia?

5000 acessosSlayer: Kerry King acha que Black Metal norueguês é uma merda5000 acessosIron Maiden: as 20 melhores músicas da "Era de Ouro"5000 acessosFotos de Infância: Marilyn Manson5000 acessosCharles Manson: casamento era plano para expor seu cadáver5000 acessosEddie Vedder comenta críticas de Kurt Cobain5000 acessosSeparadas no nascimento: Björk e Anette Olzon, do Nightwish

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online