Fleshless e Mastic Scum: um split obscuro e fabuloso

Resenha - Fake / Free Off Pain (split) - Fleshless/ Mastic Scum

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Já começo dizendo que é um dos melhores splits que já escutei, principalmente em relação à primeira banda, a Fleshless. Pois vou dizer que esses tchecos fazem um dos mais empolgantes death/grind do mundo. Mas devo salientar que isso se refere especificamente a esse split, porque depois, até lançaram várias outras coisas medianas, e até apoiados em baterias programadas. Esse aqui não. Havia mesmo um (des)humano comandando as baquetas.
5000 acessosHeavy Metal: Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire5000 acessosAs regras do Metal Neoclássico

Escutei pela primeira vez esse disco já faz um bom tempo, e simplesmente fiquei desesperado procurando esse split depois, já que esse era de um amigo do amigo. Ironicamente, depois de desistir de procurar, eis que encontrei o disco em um sebo. O fato é: aposto que é exatamente o CD do cara!

Pois bem, para os poucos felizardos que conhecem o conjunto, apenas digo que são uma das mais completas bandas do metal extremo que existem. Sim, os caras têm técnica, e a esbanjam de forma comportada, sem nenhum exagero. Constroem músicas tão bem planejadas que é difícil você parar de ouvir o play. De verdade, o trabalho da banda passa por momentos mais calmos e melódicos até o mais mortal death/grind, mas fazendo-o com muita competência. Estrutura musical é o forte da Fleshless. O quinteto consegue fazer um meio termo entre os estilos, prevalecendo absoluto, claro, o extremo.

Admirem, por exemplo, a linda introdução e evolução de “I'm the Part of You”. Que belo trampo. Mas outras grandes composições como “Step From the God”, “I Will Grind Your Fingers”, “Free Off Pain”, “Your Ignorance... My Death”, “With Blood on the Hands” (baita som) e “Behind the Wall” – puxa, vejam só, citei todas! – são executadas com maestria.

O vocalista Vladimir tem um guttural potentíssimo, enquanto o baixista Curo dá um show! As guitarras de Ludek e Michal também estão altamente inspiradas e trabalham muito bem, tanto nos riffs quanto nos solos. E Hans apenas domina sua bateria.

O que agrada também é que “Free Off Pain” tem uma qualidade sonora muito boa, dando para ouvir muito bem cada instrumento. E aqui devo dividir opiniões, já que, exatamente pela boa gravação, você percebe, por exemplo, que nem tudo é perfeitinho. A bateria não está 100% dentro do tempo em alguns momentos, por algumas frações de segundo, para ser mais exato. E também há certas pequenas variações na força com que Hans bate na caixa. Absolutamente nada que comprometa esse grande trabalho. Acho interessante essa humanização em bandas extremas. Parece tornar tudo mais verdadeiro.

Mas agora falando da segunda banda, a Mastic Scum, fazem um grindcore feijão com arroz e funcional. Não apresentam nada que os diferencie de outras bandas do estilo, mas com toda certeza, convencem. É tudo bem calculado, previsível até, mas nem por isso ruim, muito pelo contrário. No que se propõem a tocar, são mestres. Grande banda, que no geral manteve o nível por toda a sua discografia. Entretanto nesse álbum aqui, a qualidade da gravação não tá lá essas coisas não. Não tem peso, as guitarras soam esquisitas, meio parecendo sem distorção, e o baixo ficou alto. Ainda sim, repito, é uma banda bem legal. Ah, o vocal lembra o senhor Oscar Garcia, que gravou o primeiro do Terrorizer, conhecem?

Destaques para as faixas “The Human Scum”, “Rock Out with Your Click Out” (curta, mas marcante), “Perverse Illusion”, “Political Shit” e “A Child & His Lawnmover” (letra de Jello Biafra).

Pois bem, um split obscuro no Brasil, e fodasticamente fabuloso. Simplesmente isso. Nem preciso dizer que é mais que recomendado, certo?

Fleshless/ Mastic Scum – Fake / Free Off Pain (split)
Ohne Maulkorb - 1996 - Áustria/República Tcheca

Mastic Scum: http://www.myspace.com/masticscum
Fleshless: http://www.myspace.com/fleshlessband

FLESHLESS

1. Step from the God
2. I'm the Part of You
3. I Will Grind Your Fingers
4. Free Off Pain
5. Your Ignorance... My Death
6. With Blood on the Hands
7. Behind the Wall

MASTIC SCUM

8. Drive In
9. The Human Scum
10. Mindfart
11. Rock Out With Your Cock Out
12. Perverse Illusion
13. Fuckin` Fact
14. Brain Slam
15. A Load of Koky
16. Political Shit
17. A Child & His Lawnmower
18. Conviction
19. Drive Out

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Fleshless"0 acessosTodas as matérias sobre "Mastic Scum"

Heavy MetalHeavy Metal
Os 11 melhores álbuns dos anos 2000 segundo o Loudwire

Metal NeoclássicoMetal Neoclássico
As regras para se tornar uma estrela do gênero

Jimi HendrixJimi Hendrix
12 coisas que talvez você não saiba sobre ele

5000 acessosMulheres no Rock: as mais importantes segundo rádio inglesa5000 acessosRatos de Porão: O elogio de João Gordo aos garotos do Restart5000 acessosMetal: nomes do gênero que assumiram ser cristãos5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson cita Donald Trump durante show em New York5000 acessosQueen: a história por trás da canção "I Want to Break Free"5000 acessosJeff Hanneman: novo dono de guitarras promete honrar instrumentos

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online