Haemorrhage: E tome carnificina na capa e letras da banda

Resenha - Hospital Carnage - Haemorrhage

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Christiano K.O.D.A., Fonte: Som Extremo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 7

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


A Haemorrhage tornou-se grande referência em música grind/splatter/gore com o passar dos anos. Sua imensa discografia, entre demos, splits, full-lengths e afins, fê-la tornar-se cult no underground mundial. E após lançar grandes clássicos como “Emetic Cult” e “Grume” (quando foram comparados ao Carcass antigo), além dos bons “Anatomical Inferno” e “Morgue Sweet Home” (para mim, o melhor), colocaram no mercado recentemente “Hospital Carnage”, com mais do mesmo, mas levemente sem sal.
5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

Fiz questão de ouvir todos os full-lengths do grupo (aliás, essa é uma boa sugestão para vocês, é edificante!) antes de escrever qualquer bobagem sobre o CD. Bem, não há dúvidas de que o som continua extremo e sujo, com vocais utilizando efeitos legais e tal, mas convenhamos, os caras deram uma leve amaciada nesse último disco. As músicas estão mais trabalhadas e não há tantos blast beats. Bom, mas o lado bom é que alguns solos, mesmo que toscos, aparecem aqui em maior quantidade. E há, contudo, uma espécie de resgate do clássico goregrind, de bandas como Impetigo e Gut faziam nos anos 90.
As músicas acabam um tanto parecidas entre si, o que, para fãs, não é ruim, mas para quem estaria conhecendo a banda, não seria muito aconselhável começar por essa obra. Exatamente pela mesmice, destacar uma ou outra é tarefa complicada. Mas deve-se deixar bem claro que essa mesmice NÃO é pejorativa. É tudo bastante pesado e raivoso, como manda o figurino.

E tome carnificina na capa e letras da banda. A fidelidade nesse ponto continua intacta. Como dito, a produção continua suja, mas bem feita. Entretanto, há um detalhe que incomoda, e não é de hoje: nos momentos mais acelerados das músicas, nos citados blast beats de bateria, ela parece virar um ruído constante e deixa o som muito embolado em que você apenas escuta o bumbo marcando o tempo. Só que o problema, que vinha se arrastando desde “Morgue Sweet Home”, aqui se agravou. Perdeu de vez a graça nesse sentido.

O álbum não é ruim, mas em se tratando de Haemorrhage, esperava-se alguma coisinha mais. Faltou mais brutalidade em “Hospital Carnage”. Vale a pena como última opção da discografia desse pessoal.

No clipe abaixo, a canção de trabalho do CD – "Flesh-Devouring Pandemia".

youtube player
Inscreva-se no nosso canalWhiplash.Net no YouTube

TRACKLIST
1. Open Heart Butchery
2. Traumaggedon
3. Resuscitation Manoeuvres
4. Flesh-devouring Pandemia
5. Fomite Fetish
6. Amputation Protocol
7. 911 (Emergency Slaughter)
8. Doctors of Malpractice
9. Tumour Donor
10. Hospital Thieves
11. Splatter Nurse
12. Hypochondriac
13. Ingreso Cadaver
14. Necronatology
15. Intravenous Molestation of Obstructionist Arteries (O-pus VI)

Haemorrhage – Hospital Carnage
Relapse Records - 2011 – Espanha

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Haemorrhage"

IndústriaIndústria
Atrizes pornô começam a seguir rumo das bandas

SolosSolos
Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal

GenealogiaGenealogia
Quatro filhos: rockabilly, pop rock, prog rock e hard rock

5000 acessosIndústria: atrizes pornô começam a seguir mesmo rumo das bandas5000 acessosSolos: Alguns dos mais bonitos do Heavy Metal5000 acessosÁrvore Genealógica do Metal e do Rock4771 acessosSteve Harris: Iron Maiden, Lion e Number of The Beast5000 acessosSlash: guitarrista revela seus maiores medos5000 acessosMetallica: membros comentam sobre Hall da Fama do Rock

Sobre Christiano K.O.D.A.

Um cara diretamente ligado ao Som Extremo, fã de livros e filmes, formado em Imagem e Som, Publicidade e Propaganda e Jornalismo. Faz parte da banda de grindcore Prey of Chaos e tem um blog dedicado à música barulhenta. Enfim, alguém que faz da música sua vida.

Mais matérias de Christiano K.O.D.A. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online