Anonymous Hate: Pancadaria Death / Grind vinda de Macapá

Resenha - Worldead - Anonymous Hate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Tendo iniciado suas atividades em 2007, em Macapá (AP) - local bastante afastado do tradicional circuito Heavy Metal, não? - o Anonymous Hate está liberando seu primeiro registro. E "Worldead" é um belo CD-Demo cuja gravação ocorreu na própria cidade dos músicos, além de a mixagem e masterização ficarem ao encargo de Ciero, no DaTribo Studio, em São Paulo.

Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaSteven Tyler: "Há álbuns que prefiro esquecer"

Assim, o áudio ficou excelente e muito acima do que estamos acostumados escutar em demos, o que valoriza ainda mais a pancadaria Death / Grind do Anonymous Hate. São apenas três composições que, aninhadas no som clássico do gênero, se revelam muito boas e mostram toda a violência do estilo, com arranjos variando entre o muito veloz e passagens mais cadenciadas, linhas vocais com preocupação em ser devidamente exploradas e, em termos de desempenho individual, o baterista Alberto Martinez marca presença com muita criatividade e técnica.

"Worldead", com sua fórmula transparente e absurdamente verdadeira, é uma prévia do primeiro álbum do Anonymous Hate, que já até poderia ter chegado ao público se não fossem os sérios problemas envolvendo a banda e o selo Dark New Age Productions. Creio que alguém por aí está merecendo uma surra exemplar, mas, enquanto isso não acontece, a banda está buscando novos contatos e parcerias para que o lançamento aconteça o mais rápido possível.

Contato:
http://www.myspace.com/anonymoushateap

Formação:
Carlos Hausller - voz
Fabrício Góes - guitarra e voz
Heliton Coêlho - guitarra
Romeu Tetrus - baixo
Alberto Martinez - bateria

Anonymous Hate - Worldead
(2010 / CD-Demo - nacional)

01. Empire and Faith
02. Worldead
03. World Dead


Outras resenhas de Worldead - Anonymous Hate

Anonymous Hate: nas adversidades os seres humanos crescem




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Anonymous Hate"


Raimundos: O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da bandaRaimundos
O verdadeiro motivo para a saída de Rodolfo da banda

Steven Tyler: Há álbuns que prefiro esquecerSteven Tyler
"Há álbuns que prefiro esquecer"

Guns N' Roses: funkeiro assassina clássico máximo da bandaGuns N' Roses
Funkeiro assassina clássico máximo da banda

Álbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rockBruce Dickinson: Use Your Illusions? Aquele formato é uma bosta!Foo Fighters: "Seremos o novo Nirvana"Not Troo: João Gordo posta foto com James Hetfield na Disney

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.