Matérias Mais Lidas

imagemA hilária crítica de Roberto Frejat contra fala cheia de "pretensão" do Bon Jovi

imagemRegis Tadeu explica porque Sandy não deve cantar músicas do Metallica

imagemO dia que Ivete Sangalo arrasou cantando Slayer com João Gordo na TV aberta

imagemOs curiosos dois significados da expressão "Eu quero ver o oco", segundo Digão

imagemGuitarrista Brian Ray conta como é ter Paul McCartney como patrão

imagemO Metallica não tem mais o que provar, muito menos algo novo para oferecer

imagemO impagável apelido que Andre Matos deu a Luis Mariutti por sua pontualidade

imagemOs Raimundos traíram os Titãs? Sérgio Britto comenta e conta a versão dele

imagemNoel Gallagher revela o rockstar que ficou mais impressionado de conhecer pessoalmente

imagemO surpreendente disco que Tom Morello considera um dos melhores de todos os tempos

imagemAngra: Luis Mariutti conta sobre atritos entre Andre Matos e Rafael Bittencourt

imagemAndreas Kisser opina sobre a reunião do Pantera, que começou nesse sábado

imagemRobert Plant confessa de qual música o Led Zeppelin tirou "Gallows Pole"

imagemPaul Stanley, do Kiss, fala sobre os shows da reunião do Pantera

imagemMetallica: o que Regis Tadeu achou de "Lux Aeterna", nova música da banda?


Stamp
Summer Breeze

Deventer: resgate do espírito de liberdade do progressivo

Resenha - Lead ... On - Deventter

Por Ricardo Seelig
Postado em 25 de junho de 2010

Nota: 8

O conceito de rock progressivo se perdeu com o tempo. Hoje, se você pedir para qualquer pessoa uma definição do estilo, provavelmente ouvirá algo como "uma música repleta de longas e técnicas passagens instrumentais, muitas vezes auto-indulgentes, adornadas por letras que falam de universos repletos de fantasia". Muito dessa visão equivocada e estereotipada deve-se ao tratamento preconceituoso com que, tradicionalmente, as publicações brasileiras de música dedicavam ao gênero. Basta pesquisar na sua coleção de revistas Bizz para comprovar.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Vamos corrigir então. O rock progressivo nasceu no final dos anos sessenta na Inglaterra. Originalmente, eram enquadradas como progressivas aquelas bandas que executavam um som que primava pela liberdade criativa, não se limitando a nenhum estilo específico, mas agregando elementos dos mais variados gêneros musicais. Assim, era comum ouvir nos discos lançados naquele período – e que estão aí até hoje para você pesquisar – a fusão de estilos tão díspares como, por exemplo, o rock e a música clássica, o jazz e o funk, o blues e pop. Ou seja, os caras eram livres para voar, sem destino e sem hora para voltar.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

Tudo isso para dizer que parte desse espírito libertário vem sendo resgatado pelo grupo mineiro Deventter. Formado em 2001 na cidade de Borda da Mata, a banda chega agora ao seu segundo álbum, "Lead … On", lançado em 2009 e que suscede "The 7th Dimension", estreia dos caras.

O caminho sonoro seguido pelo Deventter apresenta influências de nomes clássicos como Gentle Giant, Yes e Pink Floyd somadas a referências contemporâneas do estilo, como Dream Theater, Pain of Salvation e Porcupine Tree. Como um tempero extra, somos brindados também com toques de thrash metal e metal tradicional, que acrescentam um muito bem-vindo peso à música do grupo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Lead … On" é superior à estreia do sexteto (anote os nomes dos caras aí: Felipe Schaffer no vocal, André Marengo e Danilo Pilla nas guitarras, Leonardo Milani no baixo, Hugo Bertolaccini nos teclados e Caio Teixeira na bateria). A banda soa mais madura nesse segundo trabalho, o que resulta em composições melhor resolvidas e muito mais envolventes. Entre as faixas, as minhas preferidas são "O.M.T.", "Bunkers & Bankers", "Transcendence Inc.", "This Grace" e "Lead … Off", que fecha o play.

Outro ponto alto do álbum é a sua arte gráfica, partindo da bela capa para um bem resolvido encarte, que explora o conceito abordado pelas letras, tudo feito com muito bom gosto.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

"Lead … On" é um belo disco, que resgata o espírito de liberdade que nasceu com o rock progressivo, devidamente acrescido de generosas e agradáveis doses de peso. Um grande álbum, que aponta para um futuro maior ainda para essa excelente banda.

Faixas:
1.O.M.T. - 6:59
2.6000 – 8:16
3.Bunkers & Bankers – 8:06
4.Reflected – 5:55
5.All Rights Removed – 5:51
6.Transcendence Inc. - 6:01
7.… - 1:30
8.This Grace – 9:27
9.Losing Track of Time – 6:27
10.Down to the Apex – 4:49
11.Lead ...Off – 8:27

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Punk Rock: os 25 melhores discos segundo o site IGN

Black Metal: cinco bandas do lado depressivo do satanismo


Sobre Ricardo Seelig

Ricardo Seelig é editor da Collectors Room - www.collectorsroom.com.br - e colabora com o Whiplash.Net desde 2004.

Mais matérias de Ricardo Seelig.