Sonic Syndicate: tudo bem feito, mas apenas seguindo a onda

Resenha - Love And Other Disasters - Sonic Syndicate

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 6

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Após o Sonic Syndicate ter ganhado um concurso que lhe possibilitou assinar com a Nuclear Blast e excursionar por tantos países, muitos setores da mídia vinham apostando suas fichas nos novatos como a nova sensação do Heavy Metal da Suécia. Bom, este terceiro disco, "Love And Other Disasters", mostra que alguns entraves podem não querer colaborar com a previsão (e investimento) de todos os envolvidos com a banda...
5000 acessosSpin: os 40 melhores nomes de bandas de todos os tempos5000 acessosHeavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiram

A realidade é que, passado tantos anos, o Death Metal Melódico perdeu muito de seu impacto e, pior, tornou-se extremamente saturado pelo simples fato de poucos dos novos conjuntos terem a capacidade de oferecer algo que veteranos como In Flames ou Soilwork já não tenham feito antes. E o Sonic Syndicate, por mais que tente, também não consegue injetar alguma inovação no estilo. Tudo é bem feito, mas simplesmente vai seguindo a onda.

Com várias composições escritas enquanto estavam em turnê, os músicos exibem habilidades satisfatórias em "Love And Other Disasters". A linha adotada se afasta um pouco do antecessor "Only Inhuman" (07) ao dar maior foco às melodias – algumas vezes tão melosas que mais parecem um xarope sueco, diga-se. E, entre a abundância de distorção e essas melodias grudentas, vozes gritadas e melodramáticas, o que impera é a reciclagem, insistentemente diluída por todo o repertório.

Outro problema é que o disco apresenta canções por demais similares entre si, onde as boas "Hellgate: Worchester", "Jack Of Diamonds", "Power Shift" e "Affliction" lutam para ter alguma chance de sobrevivência. A produção é excelente e prima pela modernidade, mas o disco terá grandes chances de se deparar com a resistência e não emplacar entre o público. Falta ousadia para chegar lá.

Após o lançamento deste registro, algumas coisas mudaram para o Sonic Syndicate, mas isso é história para ser contada na resenha de seu próximo trabalho, já lançado no mercado externo. "Love And Other Disasters" está sendo disponibilizado em terras tupiniquins via Laser Company, mas, apesar das boas intenções, poderá se tornar uma bela decepção. Pode conferir, mas não tenha pressa...

Contato:
http://www.sonicsyndicate.com
http://www.myspace.com/sonicsyndicate

Formação:
Richard Sjunnesson - vozes agressivas
Roland Johansson - vozes limpas e agressivas
Roger Sjunnesson - guitarra
Robin Sjunnesson - guitarra
Karin Axelsson - baixo
John Bengtsson - bateria
Nick Red - teclados

Sonic Syndicate - Love And Other Disasters
(2008 / Nuclear Blast Records - 2010 / Laser Company Records - nacional)

01. Encaged
02. Hellgate: Worcester
03. Jack Of Diamonds
04. My Escape
05. Fallout
06. Power Shift
07. Contradiction
08. Damage Control
09. Red Eyed Friend
10. Affliction
11. Ruin (bônus)
12. Dead Planet (bônus)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Outras resenhas de Love And Other Disasters - Sonic Syndicate

794 acessosSonic Syndicate: mal interpretado pelos fãs de Heavy Metal

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sonic Syndicate"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Sonic Syndicate"

MotorheadMotorhead
Escolhido o nome de banda mais legal pela Spin

Heavy MetalHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram o estilo

Dimebag DarrellDimebag Darrell
Whisky e guitarra de Eddie Van Halen num caixão do Kiss

5000 acessosDavid Bowie: lendário cantor morre, aos 69 anos de idade5000 acessosAerosmith: Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro5000 acessosThe Voice: candidato canta Slipknot e passa para a próxima fase5000 acessosGuns N' Roses: vídeos da passagem de som no Rock in Rio 19915000 acessosO passado quase desconhecido de alguns rockstars5000 acessosMetallica: Lars Ulrich explica porque não tem tatuagem

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online