Doro Pesch: mostrando que ainda tem força para continuar

Resenha - Fear no Evil - Doro Pesch

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Paulo Finatto Jr.
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Com o lançamento da coletânea “Classic Diamonds” (2004) e do DVD “20 Years a Warrior Soul” (2008), o futuro de DORO PESCH parecia bem definido. A cantora alemã, que fez muito sucesso nos anos oitenta com a banda WARLOCK e em carreira solo na década seguinte, mostrava certo esgotamento criativo. No entanto, o novo disco da vocalista, intitulado “Fear no Evil”, desconsidera todas essas hipóteses.
4585 acessosDia da Mulher: 10 nomes femininos de destaque no hard rock5000 acessosFotos de Infância: Dave Mustaine, do Megadeth

É verdade que o álbum anterior de DORO PESCH, “Warrior Soul” (2006), esteve longe de ser reconhecido como uma grande obra do heavy metal. A rainha do metal – como é conhecida – nunca deixou de compor, mesmo que concentrasse em sua discografia relançamentos, coletâneas e novas versões para músicas antigas. Entretanto, ela encontrou um novo ápice em sua carreira com “Fear no Evil”. Embora não traga nenhuma novidade ao heavy metal tradicional dos trabalhos anteriores, o 12º disco da cantora traz composições consistentes, bem produzidas e de peso acentuado.

Curioso como DORO PESCH mantém uma ótima voz, mesmo após tantos anos de estrada. A vocalista, que está perto de completar cinquenta anos de idade, iniciou a sua carreira em 1983, ao lado do WARLOCK. Quando a banda se desfez, em 1987, Pesch iniciou a sua trajetória solo, muito bem sucedida em todo o mundo. Como uma homenagem ao seu passado, o álbum abre com a faixa “The Night of the Warlock”, referência evidente a sua primeira banda. Com um ótimo refrão e muitas guitarras pesadas, “Fear no Evil” apresenta grandes inspirações desde o seu início.

“Running for the Devil” – a música seguinte – é outro destaque. Nessa composição, outro ótimo refrão marca presença novamente. Diferente da anterior, essa faixa tem características mais próximas ao hard rock do que verdadeiramente ao heavy metal. Embora o álbum comece em grande estilo, “Celebrate” é, certamente, o ápice de todo o material. Dessa vez, a homenagem é ao heavy metal e ao rock n’ roll, novamente com um refrão perfeito e participações especiais: Biff Byford (SAXON), Angela Gossow (ARCH ENEMY), Floor Jansen (AFTER FOREVER) e Liv Kristine (LEAVES EYES). Mesmo sem ser muito sofisticada, a essência do metal está reunida nessa composição: guitarras pesadas, um bolo solo e melodias muito bem encaixadas com a voz de DORO PESCH.

Com a mesma estrutura das músicas anteriores, “Fear no Evil” continua com a rápida “Caught in a Battle” e a cadenciada “Herzblut”, essa última cantada em alemão. Diferente das demais, essa faixa é outro grande momento do disco, justamente por essa característica própria. Depois da boa “On the Run”, outra participação especial que merece ser comentada – TARJA TURUNEN em “Walking with the Angels”. Embora não seja uma grande composição (como as primeiras do disco), a ex-vocalista do NIGHTWISH trouxe ainda mais brilho ao trabalho da alemã. Por fim, a direta e melódica “I Lay My Head Upon My Sword” talvez seja a última música que merece uma menção honrosa em “Fear no Evil”.

Da metade para o fim do álbum, as músicas perdem um pouco do seu impacto. Em quase uma hora de duração, “Fear no Evil” começa muito bem, com composições empolgantes, que mantêm o disco entre os melhores lançamentos do heavy metal nesse ano. No entanto, as últimas faixas, como as sem brilho “It Kills Me” e “25 Years”, podem ficar ofuscadas por contrastar com os melhores momentos do álbum.

De qualquer forma, o resultado atingido por DORO PESCH (vocal), Oliver Palotai (guitarra), Luca Princiotta (guitarra), Nick Douglas (baixo) e Johnny Dee (bateria) é extremamente positivo. A carreira da cantora alemã, que teve a sua continuidade colocada em dúvida anos atrás, mostrou em “Fear no Evil” que ainda tem força para continuar.

Track-list:
01. The Night of the Warlock
02. Running for the Devil
03. Celebrate
04. Caught in a Battle
05. Herzblut
06. On the Run
07. Walking with the Angels
08. I Lay My Head Upon My Sword
09. It Kills Me
10. Long Lost for Love
11. 25 Years
12. Wildfire
13. You Won My Love

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Dia da MulherDia da Mulher
10 nomes femininos de destaque no hard rock

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Doro Pesch"

KissKiss
As dez mais pesadas releituras de músicas da banda

Corey TaylorCorey Taylor
Sonhando com sexo grupal com Lita Ford e Doro Pesch

Doro PeschDoro Pesch
"Para mim, o Heavy Metal sempre significou liberdade!"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Doro Pesch"

Fotos de InfânciaFotos de Infância
Dave Mustaine, do Megadeth, muito antes da fama

Bret MichaelsBret Michaels
Reveja os maiores constrangimentos do vocalista

KissKiss
Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?

5000 acessosHeavy Metal: os maiores álbuns da história para os gregos5000 acessosGuitarristas e vocalistas: os 10 melhores "casamentos"5000 acessosMini Band: quem disse que o Heavy Metal está morrendo?4971 acessosSerá que Mike Patton aprendeu?: 20 quedas doloridas do palco4195 acessosEyes Of Shiva: por onde andam os ex-integrantes da banda?5000 acessosFoo Fighters: Dave Grohl revela que fuma maconha para curar insônia

Sobre Paulo Finatto Jr.

Reside em Porto Alegre (RS). Nascido em 1985. Depois de três anos cursando Engenharia Química, seguiu a sua verdadeira vocação, e atualmente é aluno do curso de Jornalismo. Colorado de coração, curte heavy metal desde seus onze anos e colabora com o Whiplash! desde 2000, quando tinha apenas quinze anos. Fanático por bandas como Iron Maiden, Helloween e Nightwish, hoje tem uma visão mais eclética do mundo do rock. Foi o responsável pelo extinto site de metal brasileiro, o Brazil Metal Law, e já colaborou algumas vezes com a revista Rock Brigade.

Mais informações sobre Paulo Finatto Jr.

Mais matérias de Paulo Finatto Jr. no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online