Helix: tudo em "Vagabond Bones" cheira aos velhos tempos

Resenha - Vagabond Bones - Helix

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

7


O brasileiro que cresceu na década de 1980 certamente se lembra da coletânea "Heavy Metal Attack", onde a Capitol Records apresentava toda uma série de novas promessas, como W.A.S.P., Icon e Helix, que encantaram parte daquela geração... Mas, já naquela época o canadense Helix podia ser considerado um veterano, pois estava na ativa desde 1974 e conseguiu manter uma discografia relativamente decente ao longo das tantas encarnações que passou em sua história.

O esforçado vocalista Brian Vollmer é o único membro fundador que se dispôs a realmente levar o nome da banda adiante, tanto que agora o Helix está comemorando 35 anos com "Vagabond Bones", seu 12º álbum, e contando com uma infinidade de convidados especialmente para a ocasião, inclusive membros da formação clássica dos anos 80.

publicidade

E como o Helix sempre se manteve fiel à sua reputação, o pessoal familiarizado com sua sonoridade sabe exatamente o que esperar: Hard Rock com base no Blues, muitas vezes se aproximando do AC/DC e Krokus. Ou seja, aquele som eficaz e alto-astral, com guitarras de melodias enérgicas e, ainda que tantas vezes transpire certa inocência, as canções fatalmente te impelem a cantar junto - os caras detonam na abertura "The Animal Inside (Won't Be Denied)", "Monday Morning Meltdown" e "Make 'Em Dance", tudo cheira aos velhos tempos!

publicidade

Na realidade, os únicos pontos que conseguem comprometer "Vagabond Bones" é o fato de a audição beirar os míseros 30 minutos e o encarte ser extremamente simples para uma ocasião tão especial, negligenciando muitas informações importantes. Enfim... Tendo abocanhado cinco discos de ouro e dois de platina, o Helix certamente atrairá as atenções daqueles que curtem os sons do final dos anos 70 e início da década seguinte. Diversão garantida e parabéns a Brian Vollmer e todos os envolvidos no disco! Rock You!

publicidade

Contato:
http://www.planethelix.com
http://www.myspace.com/helixonmyspace

Formação:
Brian Vollmer - voz
Sean Kelly - guitarra e baixo
Brent 'The Doctor' Doerner - guitarra
Steve Georgakopoulos - guitarra
Brent 'Ned' Niemi - bateria
Rob MacEachern - bateria
Greg 'Fritz' Hinz - bateria
Daryl Gray - baixo
Cheryl Lescom - voz

publicidade

Helix - Vagabond Bones
(2009 / Perris Records - importado)

01. The Animal Inside (Won't Be Denied)
02. Go Hard Or Go Home
03. Vagabond Bones
04. Monday Morning Meltdown
05. Bitter's Got The Better Of You
06. Hung Over But Still Hangin' In
07. Best Mistake I Never Made
08. Make 'Em Dance
09. Jack It Up




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Top 5: Os roqueiros mais chatos da históriaTop 5
Os roqueiros mais chatos da história

Mayhem: banda levou restos humanos para o palco em 2011Mayhem
Banda levou restos humanos para o palco em 2011


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin