Rei Lagarto: referência no Hard Rock brasileiro

Resenha - Oceans - Rei Lagarto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

9


E olha aí os répteis de Campinas (SP) com sede de Rock´n´Roll! Depois de seu retorno ao cenário, lá pelo ano de 2007, a produção do Rei Lagarto segue firme e forte, tendo em seu mais novo trabalho, "Oceans", uma verdadeira coleção de canções que reflete músicos com entusiasmo criativo, química invejável e surpreendente versatilidade. Coisa de quem ama o que faz, saca?

Resenha - Fool's Path - Fabiano NegriGuitar World: melhores solos de guitarra de todos os tempos

"Oceans" apresenta tudo o que a prolífica década de 1970 ofereceu ao mundo. Mas o grupo soube manter sua essência nesta sóbria mistura de sonoridades e estilos, onde o ouvinte encontrará muito Hard Rock pesadão, Blues, Progressivo, ocasiões mais acessíveis e até mesmo algumas surpresas bem encaixadas pelo caminho. Tudo embalado por generosas doses de feeling.

O resultado alcançado é uma sonoridade repleta de referências, mas bastante pessoal. Fabiano Negri é o excelente vocalista que todos conhecem, com um timbre característico e interpretando as canções com uma emoção concreta e palpável. Outro ponto fundamental numa proposta como essa é o admirável trabalho das guitarras, que despejam harmoniosos riffs e solos matadores.

Assim sendo, o Rei Lagarto sabe o que quer, o que fazer e de que forma fazer. O repertório revela canções de primeira linha, tendo rockaços primorosos como "The King Of The World" e "NILE", com ótimas guitarras e refrões que serão cantados em uníssono pelo público. Destaque também vai para o emocionante blues "Can I Really Feel You", com uma das performances mais fortes de Negri; além de a curiosa "Shall We Dance", com uma levada bem latina – isso é tango?!?

Não seria equivocado afirmar que o Rei Lagarto está se tornando uma referência no Hard Rock brasileiro... Com uma excelente produção aos cuidados do próprio Negri e do baixista Yon Berry, "Oceans" pode ser considerado como o melhor registro já liberado pela banda. Desde já, uma aquisição e tanto para todo e qualquer amante do estilo.

Contato:
http://www.reilagarto.com
http://www.myspace.com/reilagartooficial

Formação:
Fabiano Negri - voz, teclados e guitarras
Ivan Melo - guitarra
Yon Berry - baixo
Ric Matos - bateria

Rei Lagarto – Oceans
(2010 / independente – nacional)

01. The King Of The World
02. Mr. Mystery
03. Oceans
04. Fireplace
05. Severance
06. Paradise Lost
07. Shall We Dance
08. Can I Really Feel You
09. NILE
10. La Belle
11. To Close To The Light
12. The Architect




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Resenha - Fool's Path - Fabiano Negri

Guitar World: melhores solos de guitarra de todos os temposGuitar World
Melhores solos de guitarra de todos os tempos

Capas de álbuns: as mais obscuras e marcantes da históriaCapas de álbuns
As mais obscuras e marcantes da história


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin