After Oblivion: remetendo ao Death e Thrash dos anos 90

Resenha - Carnal Form - After Oblivion

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Tendo iniciado suas atividades em 2006, o After Oblivion é natural da distante Bosnia & Herzegovina e tem como mentor o vocalista e multi-instrumentista Adnan Hatic, que, em parceria com o baterista Damir Sinanovic, liberou no ano seguinte a demo "The Carnal Form" – que inclusive fez parte de um split com o brasileiro No Blest, lançado via Hidden Throne Promotions.
5000 acessosRush: Neil Peart ainda tem aulas de bateria5000 acessosTrítono: Diabolus In Musica e a relação com a Igreja

E Adnan oferece quatro composições de derrubar o maxilar! Sua música é extremamente técnica e remete ao Death e Thrash Metal que era executado na década de 1990, mas entremeado de muitas melodias tradicionais dos balcãs, e o resultado é incrivelmente poderoso. Apesar da velocidade de seus arranjos, não existe aquela sensação de mesmice. Tudo possui uma correta diversidade e adquire uma beleza ainda mais desesperadora pelas impressionantes linhas de voz, habilmente forjadas por gritos rasgados.

O After Oblivion pode até ser mais um destes projetos que aparecem por aí, lançam um registro e depois desaparecem sem deixar notícias. Se este for o caso, será realmente um desperdício de talento, pois “The Carnal Form” mostra canções magníficas que passaram há tempos da fase das demos, e mereceriam fazer parte de um álbum completo. Totalmente indicado aos fãs de Death, Cynic, Atheist, Pestilence, King Diamond e até mesmo Dark Tranquility!

Contato: www.myspace.com/afteroblivion

After Oblivion - The Carnal Form
(2007 / Hidden Throne Promotions – importado)

01. The Carnal Form
02. For The Rebels
03. Stamina
04. Learning to Despise

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "After Oblivion"

RushRush
Neil Peart ainda tem aulas de bateria

TrítonoTrítono
Diabolus In Musica e a relação com a Igreja

Suzi QuatroSuzi Quatro
A importância da linda baixista para o rock

5000 acessosÁlbuns ao vivo: 10 grandes registros da história do rock5000 acessosMotorhead: a opinião de Lemmy sobre Viagra, Hendrix e velhice5000 acessosOzzy Osbourne: Nirvana e Green Day entre as bandas favoritas5000 acessosMax Cavalera: ele calçou a cara e pediu autógrafo pro Justin Timberlake5000 acessosDream Theater: incrível cover acústico de "Wish You Were Here" do Pink Floyd5000 acessosMina Caputo: foi uma tortura para ela ter que ser homem

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online