Mithrubick: mescla totalmente pútrida e muito agradável

Resenha - 5 More Songs In The Name Of Hate - Mithrubick

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Glauco Silva
Enviar Correções  


Já caminhando pra 12 anos trilhando o caminho do barulho, e com a mesma formação - pô, isso é raridade! -, o trabalho do Mithrubick já me agradou logo de cara pela concepção gráfica, sua simplicidade absoluta vai direto ao espírito da coisa: logo bacana e nome que foge de chavões, só duas cores, uma mão ensangüentada e um título que não deixa dúvida quanto à natureza de seu som.

Os irmãos Ed (G/V) e Fernando Simor (D) mais Douglas Mörshbacker (B) começaram no Thrash, daí passaram pro Death e desembocaram num Grindcore com passagens dos estilos supracitados, resultando numa mescla totalmente pútrida e muito agradável ao ouvinte. Os 4 sons dessa demo de 2007 são 100% diretos, sem tempo nenhum pra conversinha… me lembrou algo do grande Offal paranaense, com um cheirão do Carcass inicial e mesmo algo do bom e velho Extreme Noise Terror.

publicidade

Tiveram ainda o cuidado de incluírem um encarte - impresso de modo profissional, incluindo o espelho do CD - com as letras (atenção pras escorregadas graves no inglês) e suas respectivas traduções, ficha técnica e agradecimentos. A qualidade de gravação não é exatamente um primor, mas se encaixa muito bem na atmosfera tosca que bem criam… só não sei dizer até que ponto isso foi proposital. Só tem um detalhe que quaaase põe tudo a perder: o timbre de guitarra escolhido, que nos fones chega mesmo a incomodar. Não fosse isso, seria um trampo excelente mesmo!

publicidade

A DT fecha com um cover correto de uma das bandas que mais adoro: o seminal e ainda imbatível Terrorizer, numa versão que até alterou um pouco o andamento final da "Fear Of Napalm". Em sua ousadia, deram uma boa personalizada sem desfigurar esse clássico absoluto do death/grind. Em suma, o Mithrubick é muito bom e prende a atenção do ouvinte, mas devem prestar atenção a alguns pequenos - mas importantes - detalhes que podem manchar o trabalho. Banda de personalidade, boas idéias e com talento de sobra pra crescer…

publicidade

Faixas:
1) Cycle Of Demise [3:45]
2) Systematic Slavery [2:03]
3) Lamentable [2:17]
4) Letter Bomb [3:05]
5) Fear Of Napalm [2:58]

Sites:
http://www.mithrubick.com
http://www.myspace.com/mithrubick




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Thin Lizzy, Metallica: A história de Whiskey in the JarThin Lizzy, Metallica
A história de "Whiskey in the Jar"

Megadeth: Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu GomesMegadeth
Mustaine abre o jogo sobre convite a Pepeu Gomes


Sobre Glauco Silva

36 anos, solteiro, estudou Linguística e Engenharia de Alimentos na UNICAMP. Tem sua sobrevivência (CDs, cigarro e cerveja) garantida no trabalho em uma multinacional. Iniciado no Metal em 1988, é baixista/vocal do LACONIST (Death Metal) e acredita fielmente que o SARCÓFAGO é a melhor banda do universo.

Mais informações sobre Glauco Silva

Mais matérias de Glauco Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin