Humble Pie: da mistura de rock n' roll com blues rock e R&B

Resenha - Smokin' - Humble Pie

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fábio Cavalcanti
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Pouco se sabe sobre o chamado "boogie rock", um subgênero que surgiu de uma mistura de rock 'n' roll com blues rock e R&B. Entre as poucas bandas dessa "turma", o destaque fica por conta do Humble Pie, um dos pioneiros no estilo. E entre os álbuns mais interessantes e representativos do tal movimento, temos o "Smokin'" (1972), que também é um dos trabalhos mais bem sucedidos da banda em questão.
771 acessosMr. Big: inéditas e Humble Pie em versões menos eletrificadas5000 acessosHeavy Metal: celebridades que curtem ou já curtiram

O Humble Pie, inicialmente capitaneado pelos vocalistas/guitarristas Steve Marriott (ex-integrante do Small Faces) e Peter Frampton, já havia lançado quatro álbuns de estúdio, que apesar de muito bons, não possuíam uma identidade musical realmente definida. Com a saída de Frampton (rumo a uma bem sucedida carreira solo), Steve Marriott arregaçou as mangas e produziu este que viria a ser o cartão de visitas musical da sua banda.

A primeira faixa, "Hot 'n' Nasty", com suas guitarras vibrantes e letra "sacana", mostra uma banda disposta a finalmente cobrir a certa carência de rock 'n' roll dos seus trabalhos anteriores. E sem esquecer suas influências de blues rock, Marriott e sua trupe entregam "The Fixer", um rockão extremamente cadenciado, mas que não deixa o ritmo do álbum cair.

No extremo mais leve de "Smokin'", temos as razoáveis baladas acústicas "You're So Good for Me" e "Old Time Feelin'", bastante puxadas para o folk e o country. Mas, a verdade é que os rocks chamam muito mais atenção neste trabalho. As energéticas "C'mon Everybody" e "30 Days in the Hole" (grande hit do álbum) são verdadeiros hinos, que levam o ouvinte a imaginar a banda arrebentando ao vivo, em meio a gritos de uma multidão sedenta por rock 'n' roll puro.

Voltando às influências de blues, "Road Runner" mostra aquela mistura perfeita de rock com blues, uma sonoridade que marcou os melhores trabalhos da "british invasion" do final dos anos 60 (movimento que trouxe algumas das melhores bandas de blues rock do mundo). Na faixa "I Wonder", Marriott optou por um som mais lento, arrastado e voltado ao blues de raiz, algo que não podia ficar de fora em um álbum como esse. E fechando muito bem a track list, o rock "Sweet Peace and Time" sintetiza bem o espírito desta magnífica obra de "boogie rock".

O fato é que "Smokin'" ficou marcado como um item de discografia básica, um álbum que até hoje influencia qualquer banda de rock que ouse utilizar o blues da melhor forma possível em um contexto rock 'n' roll (alguém lembrou de Black Crowes e Quireboys?). É uma pena que Steve Marriott tenha morrido antes de lapidar ainda mais a discografia desta excelente banda. Mas, seus "filhos" estão por aí...

Músicas:
1. Hot 'N' Nasty
2. The Fixer
3. You're So Good For Me
4. C'mon Everybody
5. Old Time Feelin'
6. 30 Days In The Hole
7. Road Runners G Jam
8. I Wonder
9. Sweet Peace And Time

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

771 acessosMr. Big: inéditas e Humble Pie em versões menos eletrificadas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Humble Pie"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Humble Pie"

Heavy MetalHeavy Metal
Celebridades que curtem ou já curtiram o estilo

MetromixMetromix
A lista dos vocalistas mais irritantes do rock

Atores e músicaAtores e música
As bandas de Russell Crowe, Keanu Reeves e Bruce Willis

5000 acessosLuxúria: uma lista de alguns dos clipes mais sexys da história5000 acessosMetal: 101 motivos para perceber que você ouve há muito tempo5000 acessosLars Ulrich: "Eu era o maior fã do Iron Maiden"5000 acessosFoo Fighters: tentaram cover de Yes mas era difícil, tocaram Rush5000 acessosPower Metal: As bandas mais populares segundo o Facebook5000 acessosSlipknot: Vivendo a Vida Loca com Rick Martin

Sobre Fábio Cavalcanti

Baiano, sempre morou em Salvador. Trabalha na área de Informática e ¨brinca¨ na bateria em momentos vagos, sem maiores pretensões. Além disso, procura conhecer novas - e antigas - bandas dos mais variados subgêneros do rock. Por fim, luta para divulgar, sempre que possível, o pouco conhecido cenário rocker da tão sofrida ¨Terra do Axé¨.

Mais matérias de Fábio Cavalcanti no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online