Cotton Soeterboek: puro alto-astral em forma de rock n'roll

Resenha - Twisted - Cotton Soeterboek Band

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Oras vejam... Nos dias em que o rock pesado tende a ser cada vez mais sujo e agressivo, é realmente um prazer encontrar bandas que ainda executem uma sonoridade como a deste The Cotton Soeterboek Band! Sua história começa com a união do guitarrista texano Alan Cotton com o vocalista holandês Robert Soeterboek (Ayreon), cuja intenção é resgatar todas as estruturas do bom e velho Hard Rock setentista, mas de forma perfeitamente atualizada para conquistar também um público mais jovem.

Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockTop 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone

E com certeza atingem tal objetivo logo com seu primeiro disco. "Twisted" possui uma excelente produção, feita em Los Angeles, e ficando aos cuidados de Robert Selvaggio (Creed, Puddle Of Mudd, Jewel) e a masterização passou pelas mãos experientes de Rodney Mills (Lynyrd Skynyrd, Allman Brothers). Assim sendo, já se tem uma noção do que vem pela frente, certo?

Pois bem. Mesmo repleto das maiores referências - Deep Purple, Lynyrd Skynyrd e Whitesnake são as mais evidentes - a coisa toda é elaborada com tanto respeito e combinada de forma muito equilibrada. Some aí a incrível voz bluesy de Soeterboek (remete diretamente a David Coverdale e Ray Gillen) e o leitor provavelmente será conquistado rapidamente pela eficácia espontânea de um repertório que soa com um jeitão até mesmo um tanto quanto particular.

Algum destaque especial? Putz, há muita coisa boa por aqui, e para os mais variados gostos! Mas este escriba aqui cita "Gold And Gray" e "Still Of The Night", muito simpáticas e com grande ênfase de pianos e órgãos, além de "Colorado" e "Leave Blue", com muitas características do rock sulista norte-americano.

The Cotton Soeterboek Band é bastante convidativo aos 'rockers' da nova geração que querem conhecer um pouquinho do espírito dos anos 70, e ainda aos antiquados e enrugados rockeiros que se emocionam (... ou vão falar que não?) com as velhas bolachas do Purple, Uriah Heep, Skynyrd, Free, e por aí vai! Mas, fazendo jus ao velho ditado de que 'tudo o que é bom dura pouco', "Twisted" traz apenas 31 minutinhos de puro alto-astral em forma de rock'n'roll. Muito, mas muito pouco mesmo! Mas é o que temos, não é mesmo? Então vamos apertar o 'play' de novo, de novo, e de novo...

Formação:
Robert Soeterboek - voz
Alan Cotton - guitarra
Mike Davis - baixo
Joost van den Broek - teclados
Reynold Carlson - bateria

The Cotton Soeterboek Band - Twisted
(2008 / Caf Fine Records - importado)

01. Set Me Free
02. Pretty Maureen
03. Twisted
04. Colorado
05. Leave Blue
06. Little Sister
07. Gold And Gray
08. Still Of The Night
09. The Game

Homepage: www.cottonsoeterboekband.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Cotton Soeterboek"


Vocalistas: belíssimos timbres de alguns cantores de rockVocalistas
Belíssimos timbres de alguns cantores de rock

Top 500: as melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling StoneTop 500
As melhores músicas de todos os tempos segundo a Rolling Stone


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.