King Bird: produção apurada, mais pesado e cristalino

Resenha - Sunshine - King Bird

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar Correções  

8


Qualquer amante do Hard Rock regado ao Blues, envolto naquele clima setentista, já deve conhecer o paulistano King Bird – e, se por algum acidente de percurso não o conhecer, este seu segundo álbum será uma perfeita iniciação! "Sunshine" segue basicamente o mesmo estilo de seu antecessor, "Jaywalker" (05), porém apresenta uma produção tão apurada que tornou tudo mais pesado e cristalino.

A facilidade com que se elaboram riffs marcantes, o reservatório de solos respingando sentimentos, cozinha pulsante e vocalizações pegajosamente ardidas esbanjam vitalidade ao soarem cuidadosamente crus e sem frescuras. Esqueça detalhes como originalidade ou inovação... A palavra de ordem no King Bird é lucidez, de tal forma que a paixão e garra em prol do Rock´n´Roll impede que surja aquele estranho e incômodo deja-vu forçado, tão frequente em bandas que se propõem a seguir este estilo.

publicidade

São 14 faixas bem diversificadas entre si, onde cada ouvinte certamente encontrará suas preferidas. Há muita, mas muita coisa boa por aqui, porém a abertura "News Rays Of The Old Sun", "I've Been Lookin'", "Here Comes The Zeppelin" (cuja letra aborda uma história contada pelo avô do guitarrista Sílvio Lopes, sobre a impressão que os zepelins causavam nas pessoas nos anos 1930) e "Sunshine" são tão sorrateiras que tiveram um efeito especial neste que vos escreve… Simplesmente viciantes!

publicidade

"Sunhine" apresenta ainda convidados de peso na cena do rock underground tupiniquim: o guitarrista Andreas Kisser (Sepultura) em "I've Been Lookin'"; a dupla Silvio Golfetti e Heros Trench (Korzus) debulhando na instrumental "Whazzup Jack?" e Maurício Nogueira (Torture Squad) também aparece em "Dealin' With The Boss". Ou seja, curiosamente, são guitarristas do Thrash e Death Metal... Não disse que eram nomes de peso?

publicidade

Formação:
João Luiz - voz
Sílvio Lopes - guitarra
Fábio César - baixo
Marcelo Ladwig - bateria

King Bird – Sunshine
(2008 / Voice Music – nacional)

01. News Rays Of The Old Sun
02. Road To Ruin
03. Getting Over My Faith
04. I've Been Lookin'
05. Still Drifitin'
06. Here Comes The Zeppelin
07. Cross The Muddy River
08. Where Are You Going
09. Let The Rock Roll
10. Dealin' With The Boss
11. Sunshine
12. Whazzup Jack?
13. Palm Reader
14. New Day Comin'

publicidade

Homepage: www.kingbird.com.br




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


King Bird: disponibilizando álbum ao vivo com faixas bônus

King Bird: preparando álbum ao vivo e novo de estúdio


Hard Rock: 10 Bandas nacionais ativas que todo fã deveria conhecerHard Rock
10 Bandas nacionais ativas que todo fã deveria conhecer


Top 10: dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idadeTop 10
Dez roqueiros que se foram aos 27 anos de idade

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin