Whitechapel: Death Metal intercalado com seções melódicas

Resenha - This Is Exile - Whitechapel

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Na ativa desde 2006, o norte-americano Whitechapel é mais um dos novos nomes do chamado Deathcore que vem crescendo consideravelmente em seu país. Tanto que, desta feita, assinaram com a Metal Blade Records para liberar seu segundo álbum, “This Is Exile”, um produto bem melhor estruturado que seu antecessor – que, segundo a própria banda, nada mais foi do que um ‘punhado de canções escritas ao longo de um ano’.
5000 acessosSlash: Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?5000 acessosKiss: "Rock and roll é um trabalho para otários!"

Mas agora a coisa mudou consideravelmente... “This Is Exile” foi elaborado com uma finalidade específica: ser o mais completo possível e, mesmo com eventuais exceções, o Whitechapel atinge este objetivo. Há riffs muito interessantes espalhados ao longo das canções, calcadas no Death Metal e intercaladas estrategicamente com pequenas seções mais melódicas. Vale citar a atuação de Phil Bozeman, cuja voz oscila entre o gutural até o mais gritado, o cara ruge sem piedade e de forma compreensível a maior parte do tempo.

Nada aqui é novo ou realmente espetacular. Mas a execução, intensidade e coesão de seu repertório, aliados a uma excelente gravação que valoriza cada um dos instrumentos, revela grandes momentos como a pesadíssima “Somatically Incorrect” ou “Possession” (ótima bateria!), que dão uma noção de quanto o Whitechapel progrediu em relação às composições que apresentou no passado.

É claro que aquele tradicional e purista deathbanger terá grandes chances de detestar este álbum, inclusive depreciando o fato de a banda ter em sua formação três guitarristas. Porém, o público mais jovem perceberá o quanto “This Is Exile” é brutal e com um poder de fogo que se torna mais do que suficiente para prender a atenção do ouvinte que aprecia o referido gênero. Muito bom!

Formação:
Phil Bozeman - voz
Alex Wade - guitarra
Zach Householder - guitarra
Ben Savage - guitarra
Gabe Crisp - baixo
Kevin Lane - bateria

Whitechapel - This Is Exile
(2008 / Metal Blade Records – importado)

01. Father Of Lies
02. This Is Exile
03. Possession
04. To All That Are Dead
05. Exalt
06. Somatically Incorrect
07. Death Becomes Him
08. Deamon (The Procreated)
09. Eternal Refuge
10. Of Legions
11. Messiahbolical

Homepage: www.whitechapelmetal.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Whitechapel"

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Whitechapel"

SlashSlash
Um dia Michael Jackson ficou puto com ele?

KissKiss
"Rock não tem segredos! É trabalho para otários!"

Rob HalfordRob Halford
Resposta educada a comentários de Dickinson

5000 acessosIron Maiden: Bruce Dickinson revela sua "canção de merda"5000 acessosDossiê Guns N' Roses: A versão de Slash para os fatos5000 acessosBon Scott, o eterno Rocker...2097 acessosPlanno D: assista Detonator no Divã do Destino5000 acessosExodus: Dukes foi demitido em uma ligação de 20 segundos5000 acessosSharon Osbourne: sexo oral em Principe Charles por título?

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online