Dragonheart: interessante compilação para fãs

Resenha - When The Dragons Are Kings: The First Ten Years - Dragonheart

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 7


É inegável que em uma década o paranaense Dragonheart conseguiu bom reconhecimento ao longo de toda a fantasia presente em seus três álbuns de estúdio, seja entre a mídia ou o público fissurado pelo Power Metal. Agora chegou a vez da edição comemorativa "When The Dragons Are Kings: The First Ten Years", uma interessante compilação que será devidamente apreciada pelos fãs da banda.

Ozzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"Memoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandas

O disco é duplo, sendo que o primeiro traz uma composição inédita que batiza o álbum, além de faixas ao vivo ("The Blacksmith" é empolgante!), novas e melhoradas versões e canções das demos de todas as fases do conjunto, tudo mostrando o quanto sofrem a influência dos primórdios da carreira do alemão Blind Guardian e, em menor grau, do Grave Digger.

O segundo disco nada mais é do que o relançamento de "Underdark", o primeiro álbum do Dragonheart lançado originalmente em 2000 e agora todo remasterizado, pesadíssimo, com um trabalho de vozes bastante explorado já desde o comecinho de sua carreira. Enfim, são ótimas canções que mostram um pouco da badalação em torno do grupo.

"When The Dragons Are Kings: The First Ten Years" terá uma melhor recepção por quem aprecia as sonoridades das bandas alemãs citadas acima, além, naturalmente, dos próprios fãs do Dragonheart - devidamente batizados de 'dragões' (é mole?) - já que as versões aqui apresentadas estão diferentes das versões originais. Se você se encaixa neste perfil, pode conferir tranquilamente este registro.

Formação:
Marco Caporasso - voz e guitarra
André Mendes - guitarra e voz
Maurício Taborda - baixo e voz
Marcelo Caporasso - bateria

Dragonheart - When The Dragons Are Kings: The First Ten Years
(2008 / Hellion Records - nacional)

Disco 1:
01. When the Dragons Are Kings
02. Arcadia Gates
03. Mists Of Avalon
04. Night Corsairs
05. Silent Sentinel (Demo 2003)
06. Eyes Of Hell (Live At Curitiba Master Hall 2005)
07. Calling The Dragons (Mix Brasil 2004)
08. Tied In Time (The Gods Of Ice Demo 1998)
09. Sir Lockdünan (Demo 1999)
10. ... And The Dark Valley Burns
11. The Blacksmith (Live At BMU 2002)
12. Ancient Oracle (Demo 2003)
13. Ghost Galleon (Demo 2001)
14. Dynasty And Destiny (The Gods Of Ice Demo 1998)

Disco 2:
01. Intro
02. Arcadia Gates
03. Battlefield Requiem
04. Dynasty And Destiny
05. Tied In Time
06. Night Corsairs
07. Sir Lockdünam
08. Underdark
09. New Millenium
10. Mists Of Avalon
11. Gods Of Ice

Homepage: www.dragonheart.com.br


Outras resenhas de When The Dragons Are Kings: The First Ten Years - Dragonheart

Dragonheart: coletânea explora os 10 anos da banda




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "DragonHeart"


Café com Ócio: 15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010Café com Ócio
15 melhores discos do Metal Nacional - 2000 a 2010


Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"

Memoráveis como a música: os 25 melhores logos de bandasMemoráveis como a música
Os 25 melhores logos de bandas


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336