Symmetrya: na eterna busca por bom Heavy Metal

Resenha - Eternal Search - Symmetrya

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Clóvis Eduardo
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 8


Eu já devo ter assistido a uns seis ou sete shows do Symetrya, em festivais por Santa Catarina. Talvez bêbado, sujo, sentado comendo um cachorro-quente ou jogando baralho, nunca deixei de prestigiá-los. E muito antes do grupo consolidar o novo nome, já tinha certeza que estes caras tinham que arranjar um jeito de gravar um disco.

Symmetrya: Lyric video é lançado em apoio ao "Setembro Amarelo"Guitarra: o riff mais popular de todos os tempos

Demorou, mas enfim, veio. O primeiro CD do Symetrya prometia de longa data, mas custava em ser apresentado. Com mixagem e masterização feita por Deny Bonfante (que é da banda Perpetual Dreams, de Blumenau/SC), o grupo finalmente teve uma chance de colocar aos fãs do Heavy Metal com pitadas progressivas, um pouco do talento que os catarinenses já estão bem acostumados em ouvir. "Eternal Search" finalmente foi encontrado, sendo originalmente lançado em 2006, num esforço de quase dois anos de estúdio.

E a espera valeu a pena. Assim como a Before Eden, outra boa banda catarinense que executa metal em estilo semelhante, a Symetrya mostra profissionalismo em um trabalho extremamente bem feito. Desde a mixagem dos instrumentos, o asseio com as harmonias de teclado que fazem uma espécie de "base" em cada uma das canções, os vocais e duetos, até a arte final do encarte, tudo ficou primoroso.

Musicalmente, o CD é repleto de momentos quebrados, com bateria forte e teclados envolventes. "Learn To Fly", precedida por uma pequena faixa de abertura, garante a boa audição, principalmente pela forma com que o vocalista Jurandir Júnior inicia a função de forma mais energética, com um refrão em alto estilo. As guitarras são pesadas e rasgantes, mérito de Ney Soteiro, que há anos vem se aprimorando no instrumento e está cada vez mais técnico.

O CD prossegue com ótimas músicas, que variam desde as mais complicadas e truncadas, até às mais simples e objetivas. Pode-se dizer que o CD tem dois momentos, quando a parte inicial apresenta canções um pouco mais "difíceis", enquanto a fase final é mais Heavy Metal estilo tradicional. Mas tudo isso, claro, sem perder as características principais da banda, como em "Misbelief", uma das mais legais do disco, mérito do refrão pegajoso, mas ao mesmo tempo funcional. Nesta faixa, podemos destacar a presença do baterista Marcos Vinícius e do baixista Alexandre Lamim, que tocam com muita perícia.

E quem pensa que os tecladistas ficam apenas como meros coadjuvantes, sem brilho ou participação nas bandas de Heavy Metal, Milton Maia dá um jeito de chutar esta teoria para longe. O cara participa de cada música, seja nas bases, ou até mesmo nos solos, mesmo naquelas partes mais lentas de piano, como na canção "In The Mouth Of Madness". Além disso, ele também é um efetivo colaborador na composição de algumas músicas, ao lado de Ney Soteiro e Jurandir Júnior.

Por mais este exemplo, fica claro que o Metal catarinense está cada vez mais forte e alçando vôos altos. Com o lançamento do CD, a Symetrya pode se vangloriar de ter um material de respeito, e que pode ser levado para qualquer canto do mundo. É mais uma promessa que merecia destaque, e com "Eternal Search", as coisas estão começando a ficar mais concretas.

Force of Nature Records


Outras resenhas de Eternal Search - Symmetrya

Symmetrya: Eternal Search é um disco para ouvidos atentosSymmetrya: debutando em álbum com um excelente trabalho




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Symmetrya"


Symmetrya: Lyric video é lançado em apoio ao "Setembro Amarelo"Symmetrya: Assista ao vídeo clipe em homenagem ao Armageddon Metal Fest

Gustavo Sazes: obras de arte em capas de álbuns de grandes bandasGustavo Sazes
Obras de arte em capas de álbuns de grandes bandas

Vocalistas: alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso MetalVocalistas
Alguns que poderão ser os novos ídolos do nosso Metal

Melhores de 2014: as escolhas do redator Samuel CoutinhoMelhores de 2014
As escolhas do redator Samuel Coutinho


Guitarra: o riff mais popular de todos os temposGuitarra
O riff mais popular de todos os tempos

Slipknot: Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy MetalSlipknot
Corey Taylor explica porque o mundo pop não suporta o Heavy Metal

Veraneio Vascaína: Uma ácida crítica à polícia brasileiraVeraneio Vascaína
Uma ácida crítica à polícia brasileira

Músicas ruins: As 100 piores segundo o Aol Radio BlogMúsicas ruins
As 100 piores segundo o Aol Radio Blog

Motorhead: a dieta que mantinha Lemmy jovem e viçosoMotorhead
A dieta que mantinha Lemmy jovem e viçoso

Faculdade: burrice largar pra ficar na banda do colégioFaculdade
Burrice largar pra ficar na banda do colégio

Foo Fighters: Dave Grohl revela que fuma maconha para curar insôniaFoo Fighters
Dave Grohl revela que fuma maconha para curar insônia


Sobre Clóvis Eduardo

Clóvis Eduardo Cuco é catarinense, jornalista e metaleiro.

Mais matérias de Clóvis Eduardo no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336