Venom: bons frutos do final dos 80 e início dos 90

Resenha - Kissing The Beast - Venom

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Maurício Gomes Angelo
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.


Dando continuidade aos relançamentos especiais do Venom que a Dynamo Records traz ao Brasil, este “Kissing The Beast” é um dos mais interessantes. Lançado lá fora em 2002, o CD duplo é um apanhado híbrido de duas fases distintas da carreira da banda. O primeiro é uma coletânea da segunda fase do grupo, quando o line-up foi re-formulado, ficando com Mantas e Al Barnes na guitarra (posteriormente Steve White), Abbadon na bateria e Tony Dolan no vocal e baixo. Esta formação, mais técnica, produziu excelentes registros.
5000 acessosMetal: as bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads5000 acessosAlmir Figueiredo: o brasileiro que arrematou os óculos de Ozzy

A despeito de ser uma época tumultuada na história do Venom, com mudanças de formação, gravadora e o próprio cenário estar passando por uma transformação, fazendo com que eles não tivessem a visibilidade de antes, isto não impediu que o final dos anos 80 e início dos 90 rendessem bons frutos. Ao contrário, a sonoridade do grupo continuava tão forte quanto antes, com um capricho maior nos solos e uma produção melhor acabada. Isto é refletido no CD 01, totalmente baseado nos ótimos CDs de estúdio “Temples Of Ice”, de 91 e “The Waste Lands”, de 92. As 17 faixas são um medley dos melhores momentos destas duas obras, onde se destacam “Into The Fire”, “Arachnid”, “Need To Kill”, Riddle Of Steel”, “Trinity”, “In Memory Of”, “Black Legions”, “Acid” e “Kissing The Beast”. Todas com riffs poderosos, solos empolgantes e um Venom em boa forma.

Já o CD 02 retrata os primeiros anos com a formação original executando ao vivo os clássicos que serviram de alimento para todas as gerações que vieram após eles. Estão aqui “Live Like An Angel” – onde se exalta todo o punch das demais – “Welcome To Hell”, “Bursting Out”, “Black Metal”, “Angel Dust”, “Witching Hour” e “Bloodlust”, dentre outras, além dos covers de “Hell Bent For Leather”, do Judas Priest e “Speed King”, do Deep Purple, que ficaram devidamente estilizadas e matadoras. Ou seja: há pouquíssimo do que se reclamar. O encarte, como todos desta série, é muito bem tratado, com fotos relevantes e um texto que vale a pena ler.

Funcionando como um breve resumo de duas faces do Venom, “Kissing The Beast” é um material extremamente recomendado, dado o custo-benefício agregado aqui. Uma boa opção tanto para iniciantes como para fãs fiéis. Agora é esperar que o box “MMV” chegue também ao Brasil com um preço acessível. Composto de 70 faixas e um conteúdo robusto de informação e itens especiais, este sim é o material definitivo dos ingleses.

Site oficial: www.venomslegions.com

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Venom"

Sexta-feira 13Sexta-feira 13
Treze músicas para escutar nesta data

CronosCronos
Henry Rollins não é um músico e sim um idiota

LoudwireLoudwire
Krisiun na lista dos dez power trios mais pesados

0 acessosTodas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDs0 acessosTodas as matérias sobre "Venom"

MetalMetal
As bandas e sub-gêneros mais odiados pelos metalheads

Collectors RoomCollectors Room
Óculos de Ozzy é um dos ítens da coleção de Almir Figueredo

Guns N RosesGuns N' Roses
Segundo Gene Simmons, Axl merecia uma surra

5000 acessosBateristas: os trinta mais ricos do mundo5000 acessosIron Maiden: Bruce diz não haver muito diálogo na banda5000 acessosVídeo: ex-rockeiro explica o real significado da mão chifrada5000 acessosLuiz Calanca: A coleção do dono da Baratos Afins5000 acessosLegiao Urbana: a história até Uma Outra Estação5000 acessosKelly Osbourne: há dez anos achava que nem estaria viva até hoje

Sobre Maurício Gomes Angelo

Jornalista. Escreve sobre cultura pop (e não pop), política, economia, literatura e artigos em várias áreas desde 2003. Fundador da Revista Movin' Up (www.revistamovinup.com) e da revrbr (www.revrbr.com), agência de comunicação digital. Começou a escrever para o Whiplash! em 2004 e passou também pela revista Roadie Crew.

Mais matérias de Maurício Gomes Angelo no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online