Matérias Mais Lidas

New Radicals: a pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; vejaNew Radicals
A pedido de Biden, reunidos e tocando seu maior hit na posse; veja

Eddie Van Halen: ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truqueEddie Van Halen
Ele fez vários fãs queimarem amplificadores ao mentir sobre truque

Foo Fighters: tocando Times Like These em tributo aos professores na posse de BidenFoo Fighters
Tocando "Times Like These" em tributo aos professores na posse de Biden

Rock in Rio 2021: produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolarRock in Rio 2021
Produção aposta em 50% da população vacinada até festival rolar

Iron Maiden: vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%Iron Maiden
Vaquinha para ajudar Paul Di'Anno a fazer cirurgia ainda não atingiu 25%

Lista: 10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hojeLista
10 grandes sucessos que farão 30 anos em 2021 e continuam sendo ouvidos até hoje

Dave Grohl: ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojentoDave Grohl
Ele ficou chocado ao ver Lemmy com cueca bizarra em um apartamento nojento

SOAD: Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***SOAD
Serj Tankian critica Trump e diz que nunca viu um presidente tão filho da p***

Pantera: e se Vulgar Display Of Power fosse gravado pelo Metallica?Pantera
E se "Vulgar Display Of Power" fosse gravado pelo Metallica?

Kiss: análise vocal de Detroit Rock City explica grande alcance de Paul StanleyKiss
Análise vocal de "Detroit Rock City" explica grande alcance de Paul Stanley

Jon Bon Jovi: veja-o cantar Here Comes the Sun, hit dos Beatles, na posse de BidenJon Bon Jovi
Veja-o cantar "Here Comes the Sun", hit dos Beatles, na posse de Biden

Fozzy: guitarrista da banda afirma que Trump foi o melhor presidente de toda sua vidaFozzy
Guitarrista da banda afirma que Trump foi o melhor presidente de toda sua vida

Greta Van Fleet: Robert Plant odeia aquele vocalistaGreta Van Fleet
Robert Plant "odeia" aquele vocalista

Thin Lizzy: você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?Thin Lizzy
Você sabe pronunciar o nome de Phil Lynott?

Tamanho é documento?: os Rock Stars mais altos e baixosTamanho é documento?
Os Rock Stars mais altos e baixos


Matérias Recomendadas

Rolling Stone: as melhores músicas com mais de sete minutosRolling Stone
As melhores músicas com mais de sete minutos

Inspiração: 30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivadoInspiração
30 canções (não somente rock) para mantê-lo motivado

Sexo Anal: saiba onde encontrar esse prazer no cenário RockSexo Anal
Saiba onde encontrar esse prazer no cenário Rock

Bruce Dickinson: Ele lamenta não ter dado um soco em Axl RoseBruce Dickinson
Ele lamenta não ter dado um soco em Axl Rose

Contra-baixo: as melhores introduções do Heavy MetalContra-baixo
As melhores introduções do Heavy Metal

Malvada
Stamp

Deep Purple: o melhor ao-vivo da história?

Resenha - Made In Japan - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ronaldo Costa
Enviar Correções  


Após o lançamento de três álbuns históricos e que pavimentaram a trajetória do Deep Purple nos anos 70, transformando-os, ao lado do Led Zeppelin e do Black Sabbath, em uma das bases do que viria a se tornar o hard rock e o heavy metal, o melhor e mais natural meio encontrado pelo grupo para se manter no topo foi a gravação de um disco ao vivo que deixasse registrado para a posteridade todo o talento, força e virtuosismo da banda naquele momento que, até hoje, é considerado pela maioria dos fãs como a melhor fase já experimentada pelo Purple. Não só conseguiram isso, como acabaram produzindo um dos melhores álbuns ao vivo de toda a história do rock, considerando-se todas as suas vertentes.

E realmente não é exagero nenhum considerar "Made In Japan" como um dos maiores discos ao vivo da história do rock. Tanto é que existe um volumoso número de pessoas que vai mais longe, dizendo não ser esse "um dos melhores" ao vivo, mas "o melhor" álbum ao vivo da história do rock. Opiniões à parte, o fato é que esse registro mostra o Deep Purple no auge de sua forma técnica e criativa, fato que pode ser verificado até mesmo nas várias improvisações que a banda faz no decorrer do disco. O petardo nasceu da gravação de apresentações da banda nas cidades japonesas de Tóquio e Osaka, para que se escolhesse com todo o cuidado quais músicas fariam parte do tracklist do álbum. Baseando-se principalmente em canções do álbum "Machine Head", o Purple construiu um dos maiores exemplos de até onde uma banda pode chegar em termos de genialidade e melhorar canções que já eram excepcionais em suas versões originais.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O álbum começa com a clássica "Highway Star", que se já provocava entorses em sua versão de estúdio, aqui tornou-se ainda mais rápida e vigorosa, numa execução de tirar o fôlego. Em "Child In Time", a canção seguinte, é até difícil apontar um destaque, já que a banda inteira tem uma performance sublime. Poderia citar com facilidade o belo trabalho de guitarra e o solo matador de Ritchie Blackmore, ou os teclados do mestre Jon Lord. No entanto, é impossível falar nessa música e não se lembrar dos vocais de Ian Gillan. O que o ‘Silver Voice’ faz com sua voz nessa canção é algo por demais embasbacante. Imagine então qual não deve ter sido a sensação da platéia presente àqueles shows ao assistir bem na sua frente a Ian atingindo agudos praticamente inacreditáveis? Um clássico absoluto. À seguir, temos um dos três riffs mais famosos e reproduzidos da história do rock, na mítica "Smoke On The Water". A música inteira é espetacular, mas gostaria de chamar atenção para a introdução, não apenas o riff histórico de Blackmore, mas para a entrada dos outros instrumentos, um a um. É algo até simples em termos de técnica, mas que provoca uma sensação difícil de se descrever.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Em "The Mule" o dono da festa é Ian Paice, um dos maiores bateristas da história do rock, e que faz um solo aqui onde esbanja técnica, categoria, velocidade e feeling. O destaque em "Strange Kind Of Woman", quinta faixa do disco, é a guitarra de Blackmore e o duelo que ela trava com os agudos de Gillan, na versão mais memorável já registrada para essa canção. O momento mais relaxante do álbum vem em "Lazy", clássico do "Machine Head", onde os músicos, em especial Jon Lord, têm momentos de pura ‘viagem’ e virtuosismo. Virtuosismo que, aliás, mostra-se em doses ainda mais cavalares no fechamento do álbum com "Space Truckin’". Aqui cada um dos integrantes deu vazão a tudo o que sabe, com improvisos geniais, tornando a música muito mais longa que em sua versão original.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Existe ainda uma versão remasterizada desse trabalho, com mais dois clássicos da banda ("Black Night" e "Speed King"), além de um cover de "Lucille".

Comentar discos históricos como esse é, normalmente, mais fácil do que fazer uma resenha sobre um lançamento, pois estamos falando de algo que já foi excessivamente ouvido, avaliado e reavaliado. No entanto, em certas ocasiões, é preciso se segurar um pouco para não exagerar nos elogios quando a obra é de tamanha qualidade. No caso de uma homenagem a um disco com esse, nem adianta tentar, pois não há como falar sobre esse disco e não carregar nas avaliações positivas. "Made In Japan" é clássico por mostrar uma das maiores bandas da história no que, pra muitos, foi a sua melhor fase. Clássico por exibir uma seleção com alguns dos maiores hinos do Deep Purple, tocados com uma competência técnica e uma energia fantásticas. O melhor álbum ao vivo da história do rock? Aí é uma questão de gosto, mas não dá pra chamar de exagerados aqueles que dizem isso.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Made In Japan - Deep Purple

Deep Purple: Os 40 anos de "Made In Japan"


Tunecore
Receba novidades de Rock e Heavy Metal por Whats App
Anunciar no Whiplash.Net


Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Saxon: banda divulga cover para a clássica Speed King, do Deep PurpleSaxon
Banda divulga cover para a clássica "Speed King", do Deep Purple

Yngwie Malmsteen: aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigosYngwie Malmsteen
Aos 10 anos ele fazia solos de Blackmore e enganava os amigos

Rainbow: quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geralRainbow
Quando Blackmore invocou espírito de deus pagão em estúdio e assustou geral

Deep Purple: Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateriaDeep Purple
Ian Paice reage a japonesa de 11 anos que o superou na bateria

Michael Schenker: por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?Michael Schenker
Por que ele não aceitou entrar no Deep Purple, Motorhead e Ozzy?

Glenn Hughes: Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep PurpleGlenn Hughes
"Coverdale e eu não nos damos bem com os músicos do Deep Purple"

Blackmore's Night: novo álbum sai em março, veja capa, faixas e préviaBlackmore's Night
Novo álbum sai em março, veja capa, faixas e prévia

Dimebag Darrell: as 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do PanteraDimebag Darrell
As 13 músicas de metal favoritas do guitarrista do Pantera

Deep Purple: A relação da banda com o filme O Exorcista

Regis Tadeu: cinco discos que deram errado (vídeo)


Deep Purple: existe possibilidade de um show com Ritchie Blackmore?Deep Purple
Existe possibilidade de um show com Ritchie Blackmore?

Deep Purple: O relacionamento de Gillan com Ritchie, Satriani, Coverdale e HughesDeep Purple
O relacionamento de Gillan com Ritchie, Satriani, Coverdale e Hughes


Motivação: 10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estimaMotivação
10 músicas de metal que melhorarão sua auto-estima

Separados no nascimento: Ritchie Blackmore e Mr. BeanSeparados no nascimento
Ritchie Blackmore e Mr. Bean


Sobre Ronaldo Costa

Nascido na capital paulista em meados dos anos 70, teve a sorte de, ainda bem jovem, descobrir por meio de um primo o debut do Iron Maiden. Quando ouviu "Prowler" pela primeira vez, logo entendeu que aquilo passaria a fazer parte de sua vida. Gosta sobretudo dos clássicos, como Maiden, Judas, Sabbath, Purple, Zeppelin, Metallica, AC/DC, Slayer, mas ouve desde um hard bem leve até um bom death metal. Além da paixão pelo metal e pelo rock em geral, também adora cinema e um bom futebol.

Mais matérias de Ronaldo Costa no Whiplash.Net.