Matérias Mais Lidas

Steve Vai: Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como eleSteve Vai: "Eu não posso tocar como Yngwie Malmsteen; ninguém pode tocar como ele"

Bruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atençãoBruce Dickinson, sem pensar duas vezes, revela pérola do Maiden que merece mais atenção

Malas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citaçõesMalas sem alça: dez vezes que astros do rock e do metal foram arrogantes em citações

Lemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do RockLemmy e Joey Ramone: a forte e verdadeira amizade entre duas lendas do Rock

John Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com YokoJohn Lennon: conheça a música que o uniu a Elton John e o reconciliou com Yoko

O sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitidoO sentimento de Pete Best, primeiro baterista dos Beatles, após ter sido demitido

Raul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositorRaul Seixas: a inusitada reação de Paulo Coelho ao saber da morte do compositor

Capital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do ViperCapital Inicial: cinco músicas que foram escritas por Pit Passarell, do Viper

A opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano BrownA opinião de Dinho Ouro Preto sobre o rapper Mano Brown

Vocalista do Saxon acha um pouco maluco Judas Priest tocar como um quartetoVocalista do Saxon acha "um pouco maluco" Judas Priest tocar como um quarteto

A opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o MetallicaA opinião de Chester Bennington e Travis Barker sobre o Metallica

Capital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso NatashaCapital Inicial: quem é a pessoa que inspirou o sucesso "Natasha"

Homem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeoHomem rouba guitarra de R$ 43 mil enfiando-a nas calças; veja vídeo

Por que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos TrilhaPor que Renato Russo não deixava ninguém sorrir no palco, segundo Carlos Trilha

COVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro TullCOVID: nunca mais vamos nos livrar disso, diz Ian Anderson do Jethro Tull


Stamp

Resenha - Come What(ever) May - Stone Sour

Por Ben Ami Scopinho
Em 14/12/06

Nota: 7

O Stone Sour, aquele projeto que traz em sua formação dois membros ligados ao Slipknot, está chegando ao seu segundo registro, "Come What(ever) May". Corey Taylor (voz) e James Root (guitarra) vêm acompanhados por Josh Hand (guitarra), Shawn Economaki (baixo) e Roy Mayorga (bateria), e conseguem trazer alguns progressos bastante positivos em relação ao seu debut auto-intitulado de 2002.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

É inegável a competência de seus músicos. Corey se sai muito bem transitando entre o cantar melódico e o quase agressivo, além de o conjunto possuír uma seção rítmica que se impõe de forma bastante satisfatória. Mas quem realmente fornece os aspectos mais interessantes de todo o álbum é a dupla de guitarristas que despeja vários riffs pegajosos e solos até mesmo intrincados - observem o inusitado solo de "Hell & Consequences", que surpreende pelas suas influências de música oriental.

No geral, as canções aqui são bem variadas, pesadas, repletas de elementos alternativos e naturalmente com grandes ambições mainstream que as tornam acessíveis na medida correta. É o típico e famigerado rock´n´roll norte-americano do momento, porém o Stone Sour se mostra bem acima da média do que vem aparecendo por lá. Mas o problema é que, mesmo com um nível de execução bastante elevado e que realmente causa uma boa impressão, as canções não alcançam o "ápice" que as tornariam realmente explosivas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Apesar de o mercado de seu país vangloriar faixas como a agressiva "30/30-150", "Sillyworld" ou a lenta "Through Glass", prefiro os momentos mais diretos como "Made Of Scars", com um baixo vigoroso mostrando serviço e um ótimo refrão, e até mesmo "Zzyzx Rd" que, com seu título esquisito, é uma belíssima balada orientada pelo piano, onde Corey dá conta do recado com muito sentimento, num contraste e tanto com suas performances no Slipknot.

Com "Come What(ever) May", Corey e Cia se mostram em fase de rápido amadurecimento, mas ainda não atingiram todo o potencial que a banda aparentemente possui. É claro que se este projeto continuar adiante, há boas chances de liberarem um álbum realmente muito bom no futuro. Quer dizer, isto para quem tem paciência de escutar rock alternativo...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Agora a pergunta que não quer calar: será que o Stone Sour está vendendo horrores na terra do Tio Sam pela sua música propriamente dita, ou por ter em sua formação dois músicos que também tocam no famoso Slipknot?

Stone Sour - Come What(ever) May
(2006 – Roadrunner Records / Hellion Records – nacional)

01. 30/30-150
02. Come What(ever) May
03. Hell & Consequences
04. Sillyworld
05. Made Of Scars
06. Reborn
07. Your God
08. Through Glass
09. Socio
10. 1st Person
11. Cardiff
12. Zzyzx Rd.

Homepage: www.stonesour.com

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


Outras resenhas de Come What(ever) May - Stone Sour

Resenha - Come What(ever) May - Stone Sour

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Corey Taylor ganha bolo de aniversário inspirado em sua nova (e bizarra) máscaraCorey Taylor ganha bolo de aniversário inspirado em sua nova (e bizarra) máscara

Corey Taylor e sua esposa Alicia em trailer do filme de horror RuckerCorey Taylor e sua esposa Alicia em trailer do filme de horror "Rucker"

Slayer: 10 bandas que já gravaram covers da reserva moral do thrash metalSlayer: 10 bandas que já gravaram covers da reserva moral do thrash metal

Slipknot: esposa de Corey Taylor celebra dois anos de casamento em vídeoSlipknot: esposa de Corey Taylor celebra dois anos de casamento em vídeo


Corey Taylor: Imagine Dragons substituiu Nickelback como banda mais odiadaCorey Taylor: Imagine Dragons substituiu Nickelback como banda mais odiada

Nickelback: por que a treta com Corey Taylor é bizarra e juvenilNickelback: por que a treta com Corey Taylor é bizarra e juvenil

Slipknot: Jim Root nunca teve problema com Corey TaylorSlipknot: Jim Root nunca teve problema com Corey Taylor


Metallica: por que 9 entre 10 fãs odeiam Load e Reload?Metallica
Por que 9 entre 10 fãs odeiam "Load" e "Reload"?

Out: os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revistaOut
Os 100 álbuns mais gays de todos os tempos segundo a revista


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.