Matérias Mais Lidas

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix

imagemResenha - Max e Iggor Cavalera; Return to Roots (Rio de Janeiro, 05/08/2022)

imagemQuando Slash tentou entrar pro Kiss mas foi rejeitado por um motivo cruel

imagemPodcast diz que prática comum no black metal hoje seria "coisa de esquerdomacho"

imagemDez clássicos do rock e do heavy metal que não têm bateria

imagemO hit dos Engenheiros do Hawaii que faz uma dura crítica à panelinha do rock nacional

imagemPrika explica critérios para entrar na Nervosa: "Fascista na minha banda não toca!"

imagemO sensato conselho que Lulu Santos deu para o novato Herbert Vianna

imagemMúsicos famosos fizeram teste para o AC/DC sem que ninguém soubesse, conta baterista

imagemBittencourt começou a fazer tai chi chuan no camarim após beque de Mariutti bater forte

imagemO hit da Legião Urbana cuja letra fala sobre esperança de Renato em se curar da AIDS

imagemSlayer: Dave Lombardo surpreende ao eleger suas três músicas favoritas

imagemIron Maiden, Nervosa e Megadeth estarão na edição de 2023 do Wacken Open Air

imagemPearl Jam: guitarrista se empolga e destrói equipamento e site faz conta do prejuízo

imagemSteve Vai dá show de humildade e faz a alegria de jovem fã durante show na Espanha


Stamp

Resenha - Bells Of Doom - Darkager

Por Ben Ami Scopinho
Em 27/08/06

O Darkager tomou forma em 2003, em Ribeirão Preto (SP), pelos irmãos Vitor Pucciarelli (guitarra) e Julio Pucciarelli (bateria), e pelos primos Manoela Ferreira (baixo) e Lucas Curtarelli (guitarra). No ano seguinte é acrescentada à formação a vocalista Carol Miranda (Rondrakamm) e, a partir daí, as composições do Darkager realmente começam a tomar forma.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

Liberando agora seu primeiro CD-Demo chamado "Bells Of Doom", com a presença do tecladista Luis Filipe Emm, percebemos todo o potencial deste pessoal. Sua música, num primeiro momento, é power metal com boas doses de melodias, mas o Darkager procura ir além. O teclado é parte importante na sua sonoridade, impondo um caráter épico às composições, caráter este reforçado por alguns refrãos bombásticos. Também merece destaque o trabalho das guitarras com suas bases rápidas e diversificadas – inclusive com passagens que beiram o metal extremo – e solos de guitarras muito caprichados que desfilam por todas as faixas.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

É impossível deixar de falar sobre uma mulher que canta em uma banda de Heavy Metal... Carol tem um timbre peculiar e sinceramente fiquei surpreso com a informação de que era uma garota cantando. Atua sem nenhuma frescura, sua voz tem bom alcance e está totalmente encaixada na proposta musical do Darkager.

São quatro faixas excelentes e bem gravadas, que estão muito, mas muito acima da média se comparados com outras bandas iniciantes. O fato de o Darkager estar novamente em fase de composição, agora com o tecladista Leandro Morito, e já pensando em seu debut é motivo para se acompanhar o conjunto de perto. Há futuro por aqui!

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

Contato:
http://www.darkager.net
[email protected]

Darkager – Bells Of Doom
(2006 – CD_Demo)

01. Pandemonium Arrival
02. Darkager
03. Bells of Doom
04. Glória

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.