Resenha - Scarecrows - KS3

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Confesso que o Hard Rock brasileiro nunca me atraiu... Infelizmente são pouquíssimas as bandas deste gênero que fazem algo que não seja uma mera cópia das grandes estrelas do estilo. E, sem saber o que esperar do desconhecido KS3, surgiu uma grata surpresa logo nos primeiros momentos da audição deste disco.

Haja pente: os músicos mais cabeludos e barbudos do RockLinkin Park: Mike Shinoda fala como Chester se sentia

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A história do KS3 começa na cidade gaúcha de Não-Me-Toque, quando os amigos Jonas Kilpp (baixo), Marino Schallenberg (guitarra), Leonardo Schallenberg (voz, guitarra e teclados) e seu jovem irmão Laércio Schallenberg (bateria) se juntam. Dos sobrenomes deste pessoal surgiu o conjunto KS3 e, o que começou como uma banda de covers em 1999 foi evoluindo rapidamente e culminou neste belo trabalho, "Scarecrows".

Talvez por tudo ter sido feito envolvendo bons amigos e família, o que mais chama a atenção na arte do KS3 é a valorização dos sentimentos, todos os arranjos mostram isso claramente e passam uma ótima energia ao ouvinte. As canções enfocam o ser humano, abordando temáticas como lições de vida e filosofia oriental. Como um todo, o disco acaba por ser bastante intimista, característica do AOR, algo difícil de encontrar neste gênero aqui no Brasil.

Destacar alguma música seria uma injustiça... Desde a faixa-título, passando pela única faixa cantada em português, "Tempo Perdido", até a instrumental "The Several Faces Of A Challenge", o que se escuta é um desfile de canções balizadas lá em cima e estruturadas com muito bom gosto. Guardadas as devidas proporções, lembram algo do excelente norueguês Greenhouze, e fico imaginando como "Scarecrows" soaria se possuísse uma gravação do nível das bandas européias!

O quarteto gaúcho está realmente de parabéns por debutar de forma tão inspirada, e é um conjunto que merece a chance de ser apreciado por quem curte música feita com o coração. Aos curiosos, acessem o site e confiram algumas faixas.

Contato: www.galeradosul.com/ks3/

KS3 - Scarecrows
(2005 - Independente)

01. Scarecrows
02. Without Wings
03. We're Heroes...
04. Walking Into The Eternity
05. It's About Us
06. Samsara
07. Ocean Of Memories
08. Tempo Perdido
09. The Several Faces Of A Challenge




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "KS3"


Haja pente: os músicos mais cabeludos e barbudos do RockHaja pente
Os músicos mais cabeludos e barbudos do Rock

Linkin Park: Mike Shinoda fala como Chester se sentiaLinkin Park
Mike Shinoda fala como Chester se sentia


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336