RECEBA NOVIDADES ROCK E METAL DO WHIPLASH.NET NO WHATSAPP

Matérias Mais Lidas


Stamp

Resenha - Blessed And The Damned - Iced Earth

Por Thiago Sarkis
Postado em 09 de agosto de 2005

Nota: 10

Nenhuma compilação alcança a perfeição ou consegue agradar inteiramente a todos os fãs; não só pela dificuldade deste objetivo, como também por desinteresse de músicos e gravadoras, já que essa completude significaria eliminar a discografia de uma banda, deixando tudo num só lançamento. Porém, "The Blessed And The Damned" chegou perto desse sonho e provou que Iced Earth e Century Media nunca tiveram receio de soltar material ao público, vide também o triplo ao vivo "Alive In Anthens" (1999).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 1

Óbvio que esta coletânea com o melhor que Jon Schaffer e seus inúmeros companheiros apresentaram de 1991 a 2002 (não entra nada de "The Glorious Burden" de 2004) deixa passar algumas músicas, como "Dante’s Inferno", ou até álbuns inteiros, caso de "Tribute To The Gods" (2002). O importante, no entanto, é que através destes dois discos pode-se ter a noção exata do que é o Iced Earth: um dos maiores nomes do heavy metal na década de noventa, o grande representante dos Estados Unidos e, certamente, ao lado do Dream Theater, o grupo que mais incorporou elementos de diferentes vertentes de um mesmo estilo em suas composições.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 2

Após a entrada do vocalista Matthew Barlow em "Burnt Offerings" (1995) tornou-se clarividente o que acontecia desde o início, mas que cintilava a partir dali: a habilidade do conjunto em unir a veia européia e a americana; o thrash e o tradicional; o power e o speed. Basicamente, para se construir, o Iced Earth tirou uma lasquinha de cada tronco da árvore genealógica do metal.

Da primeira à última faixa, admiradores novos e antigos são presenteados por arranjos pesados, tristes, acelerados, brandos, raivosos, super trabalhados, crus, etc., que unem os primórdios do Metallica à tradição do Judas Priest, consistência do Iron Maiden, agressividade e técnica do Megadeth. Além disso, performances ao vivo simplesmente impecáveis.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 3

"The Blessed And The Damned" é um dos melhores "best of" lançados até hoje, numa embalagem completíssima, contendo letras, biografia, comentários das canções pelo próprio Schaffer, e duas capas à sua escolha. Fechamento digno de estrondoso período numa parceria organizada e bem administrada por Iced Earth e Century Media. Só podemos apoiar e esperar que o mesmo aconteça com Ripper Owens nos vocais e a SPV.

Material cedido por:
Century Media Records – http://www.centurymedia.com.br
Caixa Postal 1240 São Paulo SP 01059-970 BRASIL
Telefone: (0xx11) 3097-8117 / +55-11-3097-8117
Fax: (0xx11) 3816-1195 / +55-11-3816-1195
Email: [email protected]

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE - TAB 4

Outras resenhas de Blessed And The Damned - Iced Earth

Resenha - Blessed and the Damned - Iced Earth

Compartilhar no FacebookCompartilhar no WhatsAppCompartilhar no Twitter

Siga e receba novidades do Whiplash.Net:

Novidades por WhatsAppTelegramFacebookInstagramTwitterYouTubeGoogle NewsE-MailApps


Summer Breeze 2024

Stratosphere Project: O eco estrondoso da Via-Láctea fundindo-se nas dimensões ocultas

Perc3ption: A arte em situações extremas

"Here Comes The Rain", último registro do Magnum com Tony Clarkin, é mais um bom registro

Resenha - Nebro - Vesperaseth

Sepultura: Em plena forma e com mais um disco brilhante

Deep Purple: Who Do We Think We Are é um álbum injustiçado?

Deep Purple: Stormbringer é um álbum injustiçado?

Megadeth: recuperando a fúria que faltava


publicidadeAdriano Lourenço Barbosa | Airton Lopes | Alexandre Faria Abelleira | Alexandre Sampaio | Andre Facchini Medeiros | André Frederico | Ary César Coelho Luz Silva | Assuires Vieira da Silva Junior | Bergrock Ferreira | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Alexandre da Silva Neto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cláudia Falci | Danilo Melo | Dymm Productions and Management | Efrem Maranhao Filho | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Fabio Henrique Lopes Collet e Silva | Filipe Matzembacker | Flávio dos Santos Cardoso | Frederico Holanda | Gabriel Fenili | George Morcerf | Henrique Haag Ribacki | Jesse Alves da Silva | João Alexandre Dantas | João Jesus Leitão Souza | João Orlando Arantes Santana | Jorge Alexandre Nogueira Santos | José Patrick de Souza | Juvenal G. Junior | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Marcus Vieira | Maurício Gioachini | Mauricio Nuno Santos | Odair de Abreu Lima | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Ricardo Cunha | Richard Malheiros | Roberto Andrey C. dos Santos | Sergio Luis Anaga | Silvia Gomes de Lima | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Victor Adriel | Victor Jose Camara | Vinicius Valter de Lemos | Walter Armellei Junior | Williams Ricardo Almeida de Oliveira | Yria Freitas Tandel |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.
Mais matérias de Thiago Sarkis.

 
 
 
 

RECEBA NOVIDADES SOBRE
ROCK E HEAVY METAL
NO WHATSAPP
ANUNCIAR NESTE SITE COM
MAIS DE 4 MILHÕES DE
VIEWS POR MÊS