Matérias Mais Lidas

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemRob Halford compartilha a foto mais metal da semana; "O Rei e Eu"

imagemA música do Black Sabbath favorita de Frank Zappa

imagemJimmy Page conta como convenceu Robert Plant a formar o Led Zeppelin

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemA opinião de Marcelo Barbosa sobre cancelamento de Metallica e Pantera por racismo

imagemFloor Jansen diz que achou que não fosse conseguir cantar nova música do Avantasia

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemPaul Di'Anno recebe ajuda de Derek Riggs para angariar fundos

imagemA lenda do Rock que se arrepende de nunca ter dormido com Jimi Hendrix


Dream Theater 2022

Resenha - Double Live Gonzo! - Ted Nugent

Por Ben Ami Scopinho
Em 01/05/05

O que falar de Ted Nugent? Um guitarrista muito acima da média, vocalista sem maiores pretensões, músico respeitado nos quatro cantos do mundo, suas performances ao vivo são teatrais, ultrajantes e de muita energia. Mas também é um homem com tendências racistas, inclusive em algumas ocasiões fez comentários preconceituosos durante suas apresentações, sem se importar com quem estava no meio do público. Caçador inveterado e criador de gado, Nugent têm paixão por dólares. Um típico e médio norte-americano. E por aí vai...

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mas, como foi dito, Ted Nugent é um músico e tanto. Se seus três primeiros álbuns de estúdio não possuíam aquela energia sônica que se tinha nas apresentações, este "Double Live Gonzo!" vem para resolver isso. Colocado no mercado em 1978 e possuindo canções gravadas em apresentações feitas em território norte-americado entre 76 e 77, a banda tinha em sua formação Ted Nugent na voz e guitarra, Derek St.Holmes na guitarra rítmica e voz, Rob Grange no baixo e Cliff Davies na bateria.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Double Live Gonzo!" é uma verdadeira aula do mais puro e completo rock n´roll, sendo que, durante as músicas, os gritos estridentes de alegria de Ted Nugent são uma constante junto a improvisações, riffs galopantes e melódicos. Os solos de guitarras são um absurdo e de puro feeling. E o resto da banda segue tão empolgado quanto o líder, tanto que escutando este disco é como estivéssemos no espetáculo, podemos sentir a intensidade do som misturada com o envolvimento de um público alucinado assistindo a uma banda furiosa.

O repertório traz faixas obrigatórias que viraram febre na época como "Cat Scratch Fever", a perfeita "Just What The Doctor Ordered", a espetacular "Motor City Madhouse", a bluesy nervosa "Baby, Please Don´t Go", a versão definitiva de "Great White Buffalo" e a instrumental viajante "Hibernation", que mostra um guitarrista honesto e inspirado. O solo em "Stormtroopin" diz tudo sobre Ted Nugent, mostrando o nível deste guitarrista e muito mais; enfim, é um disco repleto de clássicos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A banda estava em plena forma, rendendo como fruto de seu desempenho um dos grandes álbuns ao vivo da década de 70, inclusive foi com este disco ao vivo que a carreira de Ted Nugent se solidificou definitivamente, tornando-o um tradicional headliner de arenas. "Double Live Gonzo" se caracteriza também por marcar o fim da parceria de longa data entre Nugent e Derek St. Holmes.

Na década seguinte Nugent deixou a qualidade de seus álbuns de estúdio cair, se rendendo a uma música mais comercial (o que estava em ascensão no mercado norte-americano era o hard rock farofa), lançando trabalhos detestados por fãs e pelo próprio artista.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com certeza não se pode necessariamente concordar com tudo que Ted Nugent faz ou representa, mas é inegável que este "Double Live Gonzo" captura o coração e alma de um grande artista em uma fase de rock n´roll repleto de vitalidade. E Ted Nugent ainda está na ativa fazendo o que sabe fazer melhor: sua boa e velha música selvagem e cheia de malícia.

TED NUGENT – Double Live Gonzo!
(1978 – Epic Records)

01. Just What The Doctor Ordered
02. Yank Me, Cranck Me
04. Babe, Please Don´t Go
05. Grat White Buffalo
06. Hibernation
07. Stormtroopin´
08. Stranglehold
09. Wang Dang Sweet Poontang
10. Cat Scratch Fever
11. Motor City Madhouse

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Ted Nugent explica o que o Metallica tem e que falta pro Slayer, Megadeth e Ramones

Regis Tadeu não concorda com cancelamento de músicos russos por guerra e explica motivo

Donald Trump: os roqueiros que apoiam o presidente eleito

Kiss: 15 bandas que abriram shows deles e se tornaram famosos

Ted Nugent: feliz pela morte do presidente Hugo Chavez

Gibson: os 50 melhores covers da história do rock

Nirvana: Dave Grohl comenta sobre o funeral de Kurt Cobain


Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre

Mais matérias de Ben Ami Scopinho.