Resenha - Prisma - Juglans Regia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Thiago Sarkis
Enviar correções  |  Ver Acessos


Demo? Impossível! Certamente a melhor produção que já ouvi num trabalho desse tipo. Tudo bem que o Juglans Regia já tem seus dez anos de história, mas realmente impressiona nas cinco músicas deste disco.

Metal contra o câncer: festival aceita "cabelo" como ingressoRoadrunner: os melhores frontmen de todos os tempos

Com certeza na maioria das críticas você vai constatar os italianos sendo comparados com Dream Theater. Aliás, isso já virou feijão-com-arroz nas resenhas de figurões que só têm os norte-americanos como referência no progressivo. Pura falta de conhecimento.

Pois aquilo que está faltando nos comentários, sobra ao grupo. Num país de cena progressiva tão rica, eles pegam o máximo das influências possíveis oriundas de sua terra natal. Finisterre seria em especial uma ótima citação, principalmente pelo excelente jazz propiciado pela guitarra de Antonello Collini.

Le Orme e bandas não-italianas como IQ, Arena, também fazem parte do alcance nestes mais de trinta minutos de um belo e climático rock progressivo, com algumas guitarras mais pesadas.

Um álbum completo é o próximo passo a dar. Não há mais o que fazer... pelo menos como banda pequena e underground.

Site Oficial: http://www.juglansregia.com

Formação:
Alessandro Parigi (Vocais)
Antonello Collini (Guitarras)
Lapo Martini (Teclados)
Massimiliano Dionigi (Baixo)
David Carretti (Bateria)

Email: max@juglansregia.com




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Juglans Regia"


Metal contra o câncer: festival aceita cabelo como ingressoMetal contra o câncer
Festival aceita "cabelo" como ingresso

Roadrunner: os melhores frontmen de todos os temposRoadrunner
Os melhores frontmen de todos os tempos

Bandas Novas: 10 coisas que vocês jamais devem dizer no palcoBandas Novas
10 coisas que vocês jamais devem dizer no palco

A História Impopular dos Rolling StonesA História Impopular dos Rolling Stones

Eddie: a foto que supostamente inspirou Derek RiggsEddie
A foto que supostamente inspirou Derek Riggs

Death Metal: melhores versões executadas por artistas PopDeath Metal
Melhores versões "executadas" por artistas Pop

MTV: experts indicam as maiores bandas de Heavy MetalMTV
Experts indicam as maiores bandas de Heavy Metal


Sobre Thiago Sarkis

Thiago Sarkis: Colaborador do Whiplash!, iniciou sua trajetória no Rock ainda novo, convivendo com a explosão da cena nacional. Partiu então para Van Halen, Metallica, Dire Straits, Megadeth. Começou a redigir no próprio Whiplash! e tornou-se, posteriormente, correspondente internacional das revistas RSJ (Índia - foto ao lado), Popular 1 (Espanha), Spark (República Tcheca), PainKiller (China), Rock Hard (Grécia), Rock Express (ex-Iugoslávia), entre outras. Teve seus textos veiculados em 35 países e, no Brasil, escreveu para Comando Rock, Disconnected, [] Zero, Roadie Crew, Valhalla.

Mais matérias de Thiago Sarkis no Whiplash.Net.