Resenha - Symphonic Live - Yes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jau
Enviar correções  |  Ver Acessos

Nota: 9


Gravado em uma noite de novembro de 2001 em Amsterdã durante a tour do album Magnification, este DVD duplo do lendário grupo prog Yes é soberbo. Acompanhados pela European Festival Orchestra, composta de jovens músicos (lindas jovens em sua maioria, diga-se de passagem), Jon Anderson (vocais), Chris Squire (baixo), Alan White (bateria), Steve Howe (guitarra) e o agregado Tom Brislin (teclados) fizeram uma noite de gala.

Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepManowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?

O Show é muito bem filmado em um belo teatro lotado com um palco bem jeitoso com o fundo representando uma noite estrelada; impressiona também a quantidade de parafernália instrumental que o grupo utiliza para executar as músicas.

A qualidade de som é a melhor possível, límpida e cristalina, evidenciando a voz afinadíssima de Anderson. O repertório escolhido é muito bom, com direito aos clássicos épicos quilométricos "Close to The Edge" (que abre o show), "Gates of Delirium" (com a orquestra dando uma nova dimensão à parte experimental da música) e a sensacional "Ritual"; todas executadas na íntegra. As músicas novas "Don't Go", "In the Presence Of" e "Magnification", se não chegam ao nível das dos anos 70, são bem agradáveis de se escutar, especialmente a última com uma belíssima introdução de violino.

Steve Howe faz um solo de violão na metade da apresentação de fazer cair o queixo, provando que ele é sim um dos melhores gutarristas da história do rock.

Já perto do final a banda manda os hits "I've Seen All Good People" e a ultra-oitentista "Owner of a Lonely Heart", levantado o público holandês das cadeiras. O encerramento de quase três horas de música maravilhosa ficou a cargo da famosa "Roundabout", com as moças da orquestra pulando feito doidas em cima do palco.

Como recurso especiais o disco um tem a opção de se assistir o show com efeitos de animação justapostos a alguns momentos da apresentação. Algumas dessas animações são fúteis, mas outras são excelentes, como a colagem de filmagens e desenhos da primeira guerra mundial durante Gates of Delirium. No final das contas é um recurso interessante.

O pequeno problema do DVD está no disco dois que ficou com apenas 25% de sua capacidade ocupada com um documentário de apenas meia hora e um videoclipe de "Don't Go" com imagens do próprio show. Já que tinham um espaço de disco tão grande podiam ter realizado um documentário maior ou então terem colocado faixas multiângulo. Mas acho que estou sendo um pouquinho exigente.

Enfim, esse DVD é um petardo obrigatório para quem é fã do grupo. Se você é apenas apreciador de progressivo, compre sem medo.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Yes"


Black Sabbath: 5 músicos que fizeram participações nos discosBlack Sabbath
5 músicos que fizeram participações nos discos

Yes: baixista Chris Squire morre aos 67 anos, de câncerYes
Baixista Chris Squire morre aos 67 anos, de câncer

Rock Progressivo: as 25 melhores músicas de todos os temposRock Progressivo
As 25 melhores músicas de todos os tempos


Vocalistas: as vozes mais agudas do Metal segundo o NoisecreepVocalistas
As vozes mais agudas do Metal segundo o Noisecreep

Manowar: você acha as fotos da década de 80 ridículas?Manowar
Você acha as fotos da década de 80 ridículas?

Kirk Hammett: Mustaine toca rápido e eu, melódicoKirk Hammett
"Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Milho Wonka: quem são os Posers do Rock hoje em dia?Milho Wonka
Quem são os Posers do Rock hoje em dia?

Teoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?Teoria da Conspiração
Slipknot troca membros em shows ao vivo?

Yes: os álbuns da banda, do pior para o melhorYes
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Journey: Steve Perry era um fenômeno humano, diz baixista do StyxJourney
"Steve Perry era um fenômeno humano", diz baixista do Styx


Sobre Jau

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adClio336|adClio336