Resenha - Além do Que os Olhos Podem Ver - Oficina G3

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Marques
Enviar correções  |  Ver Acessos


Finalmente, a banda de maior expressão no rock cristão brasileiro volta a fazer um trabalho digno do respeito que conquistou tanto no meio evangélico quanto no secular. O Oficina G3, que andou por caminhos tortuosos, reencontrou no novo disco a veia rock que desde os tempos do "Indiferença" não soava tão inspirada.

Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parteMilhões: Os eventos com maior público da história da música

E o retorno foi em grande estilo. Além de trazer músicas com arranjos complexos e de bom gosto, o trio (depois da saída do vocalista P.G a banda continuou apenas com os outros três integrantes) também presenteia os ouvintes com a volta da poética nas suas letras. Mas vamos às músicas:

A primeira faixa é uma intro um tanto estranha (apenas cachorros latindo). Já na segunda faixa "Mais Alto" o Oficina mostra a que veio. O Riff furioso, a bateria firme e um vocal harmonioso e bem colocado fazem dessa faixa uma das melhores já gravadas pela banda.

"Réu ou Juiz" mantém a fórmula, para alegria dos fãs mais antigos da banda. A participação dos teclados nessa faixa é um belo presente a todos aqueles que sabem do talento de Jean Carllos, que nunca apareceu tanto como nesse disco.

Esperando uma balada? Errado! Diferente dos outros discos em que a terceira música é uma balada, o Oficina G3 vem com a bombástica "Meu Legado". Bem progressiva e com uma ótima letra, a banda convence até os mais céticos do talento que possuem os seus integrantes. Belos solos de teclado, baixo e guitarra.

E a balada? Ainda não. Quem quer ouvir balada que compre o "Humanos" ou "O tempo". A quinta faixa "Através da Porta" é mais cadenciada que as primeiras, mas ainda é rock do melhor tipo. A bela participação de Jean durante toda a música e riffs maravilhosos de Juninho são o destaque dessa canção.

A faixa-título começa com uma bela introdução e se transforma em uma balada que pode assustar aqueles que não curtem o cd "Humanos". Mas logo a distorção, o teclado que soa como uma orquestra e a bateria te levam "além do que os teus olhos podem ver".

O destaque de "A lição" fica por conta da bateria e do baixo que têm um importante papel na levada da música.

"O fim é só o começo" tem a participação de Déio Tambasco, ex-Katsbarnéia e irmão do baixista Duca. É uma música mais lenta, com frases de blues tocadas por Déio durante toda a canção.

A primeira "balada balada" do cd é "Lugar Melhor". Bonita, bem cantada por Juninho e com um refrão pesado (como não poderia deixar de ser), essa música é a que mostra mais traços da fase PG.

"Amanhã" é uma das músicas mais bonitas. Possui um belo arranjo de cordas e a participação incrível de Luiz Fernando. Excelente.

Em "Sem trégua" o disco volta a ser mais metal, como nas primeiras músicas. Furiosa, lírica e musicalmente. Destaque para a participação de Marcão (Fruto Sagrado) no vocal.

Não se assuste com o sampler em "De olhos fechados". A música é ótima, e as partes eletrônicas não roubam a cena, apenas enriquescem a faixa que está entre as melhores do disco. Um solo a lá Steve Morse mostra o talento de Juninho.

"Ver acontecer" é uma boa música com uma letra de crítica política e social. Mantém o excelente nível do disco e possui belos solos de Jean e Juninho.

A última música "Queria te dizer" é mais uma balada. É diferente das antigas baladas da banda. Tem mais elementos eletrônicos. É muito bonita e com uma letra muito profunda.

Esse é com certeza o disco que vêm de encontro àqueles fãs que esperavam um álbum do nível do incrível "Indiferença". Os três músicos estão soando muito bem, com belos solos de todos e muito entrosamento. Se você é fã do Oficina G3, compre sem medo.

Juninho Afram - Guitarra e Vocal
Jean Carllos - Teclado
Duca Tambasco - Baixo
Luiz Fernando - Bateria

NOTA: 9,5


Outras resenhas de Além do Que os Olhos Podem Ver - Oficina G3

Resenha - Além Do Que Os Olhos Podem Ver - Oficina G3




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Oficina G3"


Rock Cristão: as principais bandas nacionaisRock Cristão
As principais bandas nacionais

Oficina G3: Juninho Afram critica líderes evangélicos por ódioOficina G3
Juninho Afram critica líderes evangélicos por ódio

Oficina G3: o Brasil não é essa desgraça como todos afirmam!Oficina G3
"o Brasil não é essa desgraça como todos afirmam!"


Poeira: Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer partePoeira
Rockstars e as bandas que eles sonhavam fazer parte

Milhões: Os eventos com maior público da história da músicaMilhões
Os eventos com maior público da história da música

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Drogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astrosDrogas e Álcool
Protagonistas nos piores shows de grandes astros

Freddy Frenzzy: O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentaçãoFreddy Frenzzy
O vocal que trocou Hard Rock por forró ostentação

Musical Box: A história do órgão Hammond e das caixas LeslieMusical Box
A história do órgão Hammond e das caixas Leslie

Smashing Pumpkins: Corgan revela o que fazer com tempo que lhe restaSmashing Pumpkins
Corgan revela o que fazer com tempo que lhe resta


Sobre Carlos Marques

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

adGoo336|adClio336