Matérias Mais Lidas

imagemRegis Tadeu e os cinco grandes vocalistas que o mundo do Rock não dá valor

imagemA música do Metallica que James não queria apresentar aos outros integrantes

imagemFãs detonam produção do Knotfest após anúncio do Pantera

imagemDez músicas de outros estilos que ganharam ótimas versões rock/metal - Parte I

imagemO carinhoso jeito de Axl Rose se desculpar com sua equipe pelo seu jeito imprevisível

imagemA melhor música de heavy metal lançada a cada ano desde 1970, em lista do Loudwire

imagemJô Soares comprou uma obra de arte do Rock por causa do Regis Tadeu

imagemAngra e Shaman, Edu Falaschi fala sobre a treta que havia entre as bandas

imagemAmy Lee surpreende ao escolher os melhores cantores (e cantoras) de todos os tempos

imagemFrank Zappa surpreende ao eleger seus dez álbuns favoritos

imagemFilme que conta a história de Dio será exibido nos cinemas em setembro

imagemBruno Sutter explica semelhança problemática entre Ayrton Senna e Fausto Fanti

imagemA música do Raul Seixas com erro gramatical que parece um plágio mas é uma homenagem

imagemDiretora de escola censurada por pais por foto com camisa do Iron Maiden se arrepende

imagemLed Zeppelin: O motivo pelo qual Jimmy Page não gosta de "All My Love"


2022/08/18
Stamp

Resenha - Double Live Annihilation - Annihilator

Por Rafael Carnovale
Em 31/05/04

Nota: 9

É totalmente desnecessário dizer que meia comunidade metálica já integrou o Annihilator nestes anos que Jeff Waters leva a cabo a banda. Desde "Alice in Hell" até o prestes a ser lançado "All For You", vários músicos passaram pela banda, mas Jeff sempre permaneceu. Tanto que compôs quase todas as músicas e em alguns cd´s chegou a tocar todos os instrumentos. Mas uma das formações da banda foi talvez a mais marcante: a que gravou os excelentes "Carnival Diablos" e "Waking the Fury", composta por Jeff, Joe Corneau nos vocais (ex-Overkill), Curran Murphy na guitarra, Randy Black (hoje no Primal Fear) na bateria e Russ Bergquist no baixo. Tal formação lançou em 2003 este cd duplo ao vivo, que mostra a banda em grande fase. Pena que Joe sairia logo em seguida e novamente os fãs vivem o hiato de esperar para ver como a nova formação do Annihilator vai soar.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

"Murder", do controverso "Remains", abre o cd, e mostra uma banda afiadíssima, passando por clássicos como "Ultra Motion", "Lunatic Asylum", "Alison Hell" e "Never Neverland" com extrema habilidade. Joe se mostra um excelente e versátil vocalista, interpretando com habilidade músicas como "Phantasmagoria", "Striker", "Refresh the Demon" e a homenagem ao AC/DC na ótima "Shallow Graves".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jeff dispensa comentários, sendo um excelente guitarrista, com o grande apoio de Curran. A cozinha ficou em mãos perfeitas, pois Randy e Russ são seguros e coesos. Músicas como "King of the Kill", "Striker" e a clássica "Set the World on Fire" ficam poderosíssimas ao vivo. Uma banda que realmente detona tudo em shows. Pena que nós, brasileiros, ainda não tivemos a chance de conferir esse massacre sonoro.

Um bom cd ao vivo, servindo de encerramento de mais um capítulo na história do Annihilator. Agora resta ver o que Jeff nos reserva, se bem que, considerando o talento do mesmo, coisa boa vem por aí. Obrigatório para fãs do puro heavy metal.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Site oficial: http://www.annihilatormetal.com

Material Cedido Por:
Rock Brigade Records
Laser Company Records
Http://www.rockbrigade.com.br
Http://www.lasercompany.com.br
São Paulo (SP)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

2022/07/09


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Annihilator: guitarrista quase substituiu James Hetfield em 1992

Thrash metal: em vídeo, a evolução do estilo, de 1983 até 2021

Canadá: 10 bandas de heavy metal formadas no segundo maior país do planeta

Kiss: como foi demitir Eric Carr em seu leito de morte

O Whiplash.Net protege algumas bandas e prejudica outras?


Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale.